Crianças votam e vão ajudar população sem-abrigo de Lisboa

CentroApoioSemAbrigo / Facebook

-

O projeto de remodelação da Casa de Abrigo de Apoio da Calçada das Lages, em Lisboa, destinado a apoiar população sem-abrigo, foi o mais votado do Orçamento Participativo (OP) Escolar, anunciou o município lisboeta.

Na quarta edição do OP Escolar, o projeto vencedor foi idealizado pela escola EB 2, 3 Patrício Prazeres, da capital, desvendou esta quarta-feira a vereadora Graça Fonseca durante a cerimónia de entrega do prémio, na Câmara de Lisboa.

Após ter sido anunciada a vitória do projeto da escola EB 2, 3 Patrício Prazeres, o aluno Rivaldo Spencer, a frequentar o 8º ano, disse à agência Lusa como surgiu a ideia: “Pensámos remodelar a casa de abrigo porque existem muitos sem-abrigo na rua”.

Para que seja possível a concretização do projeto de remodelação da Casa de Abrigo de Apoio da Calçada das Lages, o município de Lisboa disponibiliza “uma verba de 50 mil euros, à semelhança do ano passado”, referiu a autarca.

Com pelouro na educação, a autarca afirmou que o OP Escolar pretende incutir nos alunos “valores para a participação cívica na sociedade”. Para a vereadora, “é curioso que não são projetos egoístas, mas sim destinados à comunidade. Os alunos têm noção da comunidade que os envolve e das suas necessidades”.

No que diz respeito à concretização dos projetos vencedores nos anos anteriores, uma aluna do primeiro ciclo testemunhou a implementação de equipamentos no recreio da escola que frequenta, a EB Quinta dos Frades, projeto vencedor da segunda edição.

“Antes tínhamos uma caixa de areia, poucas árvores e só podíamos jogar à macaca. Agora temos baloiços e teias de aranha, é mais divertido”, disse a aluna.

Questionada sobre a situação dos projetos vencedores dos anos anteriores, a vereadora Graça Fonseca referiu que “grande parte deles já estão executados”.

Orçamento Participativo Escolar

Ao contrário do que aconteceu o ano passado, em que o projeto vencedor foi eleito por um júri, este ano foram os próprios alunos chamados a votar.

A votação, que se realizou no passado dia 20 de maio, em todas as cinco escolas participantes no OP Escolar’14, permitiu aos alunos exercerem o direito de voto entre os oito projetos a concurso.

Segundo Graça Fonseca, 1.307 alunos votaram “de forma participada e mediante o preenchimento do respectivo boletim de voto, colocado posteriormente em urna”.

O ato de voto é “uma ferramenta poderosa”, sendo necessário “cuidar da democracia para que não se tenha que fazer outra Revolução de Abril”, defendeu a autarca, relembrando que se celebra este ano os 40 anos do 25 de Abril.

“Daqui a uns anos, quando exercerem o vosso direto de voto, a partir dos 18 anos, a escolha depende de vocês”, dirigiu-se aos alunos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Santana Lopes desafia Rio e Cristas para coligação contra a "frente esquerda"

Pedro Santana Lopes considera que a única forma de derrotar a aliança de esquerda nas próximas eleições legislativas é formar uma "frente centro-direita" com PSD, CDS e Aliança juntos. Declarações efectuadas pelo presidente do Aliança em …

Igreja católica destruiu documentos sobre abusos sexuais a menores

A igreja católica destruiu os dossiês sobre abusos sexuais perpetrados no seu seio, admitiu este sábado o cardeal alemão Reinhard Marx, um assessor próximo do papa Francisco, falando na cimeira que decorre no Vaticano. Os processos …

Tomás Correia vai impugnar multa de 1,5 milhões do Banco de Portugal

O antigo presidente da Caixa Económica Montepio Geral e atual presidente da Associação Mutualista, Tomás Correia, vai impugnar a multa de 1,5 milhões de euros do Banco de Portugal. A notícia foi avançada pela TSF esta …

"O click foi a ADSE". Marcelo pressionou Costa a negociar, mas Centeno não abre a torneira

Marcelo Rebelo de Sousa puxou os cordelinhos para convencer o primeiro-ministro a negociar com professores e enfermeiros. António Costa só cedeu depois do "click" do "conflito na ADSE". Mas as negociações batem no obstáculo Mário …

Sporting pagou 1,7 milhões a empresa do sogro de Bruno de Carvalho (e 60 mil em brindes)

O presidente do Sporting revelou esta sexta-feira que o clube leonino gastou, em três anos, 1,7 milhões de euros em assuntos de advocacia, valor pago a uma empresa que tem ligações a um ex-sogro de …

Ajuda humanitária em risco. Governo da Venezuela encerra parcialmente fronteira com a Colômbia

O Governo da Venezuela vai encerrar parcialmente a fronteira com a Colômbia perante "as ameaças" contra a sua soberania, a poucas horas da esperada entrada de ajuda humanitária internacional através da cidade de Cúcuta. Numa publicação …

"Um funeral-sequestro". Filho de Arnaldo Matos acusa PCTP/MRPP de raptar corpo do pai

Um dos filhos de Arnaldo Matos, Pedro Matos, acusou este sábado o PCTP/MRPP de ter “montado” um velório e “funeral-sequestro” ao seu pai, recusando participar nas cerimónias fúnebres do político. Numa nota enviada à Lusa, Pedro …

Donativos "escondidos" em Pedrógão são "mentiras orquestradas"

O presidente da Câmara de Pedrogão Grande reagiu à reportagem da TVI, que dava conta de donativos "escondidos" em armazéns na câmara que seriam desviados para familiares ou amigos dos autarcas. Valdemar Alves repudia aquilo …

Adolescente acorda de um coma de quatro dias e descobre que deu à luz sem saber que estava grávida

Uma adolescente desmaiou em casa e foi levada para o hospital, em Oldham, no Reino Unido, depois de uma noite de convulsões. Já internada e num coma que durou quatro dias, os médicos descobriram que …

França pode ter a peça-chave para resolver o mistério do MH370

Peter Foley, especialista em aviação que fez parte da equipa do Departamento de Segurança no Transporte da Austrália nas buscas pelo avião do voo MH370, disse que a chave para revelar o local onde caiu …