Crianças votam e vão ajudar população sem-abrigo de Lisboa

CentroApoioSemAbrigo / Facebook

-

O projeto de remodelação da Casa de Abrigo de Apoio da Calçada das Lages, em Lisboa, destinado a apoiar população sem-abrigo, foi o mais votado do Orçamento Participativo (OP) Escolar, anunciou o município lisboeta.

Na quarta edição do OP Escolar, o projeto vencedor foi idealizado pela escola EB 2, 3 Patrício Prazeres, da capital, desvendou esta quarta-feira a vereadora Graça Fonseca durante a cerimónia de entrega do prémio, na Câmara de Lisboa.

Após ter sido anunciada a vitória do projeto da escola EB 2, 3 Patrício Prazeres, o aluno Rivaldo Spencer, a frequentar o 8º ano, disse à agência Lusa como surgiu a ideia: “Pensámos remodelar a casa de abrigo porque existem muitos sem-abrigo na rua”.

Para que seja possível a concretização do projeto de remodelação da Casa de Abrigo de Apoio da Calçada das Lages, o município de Lisboa disponibiliza “uma verba de 50 mil euros, à semelhança do ano passado”, referiu a autarca.

Com pelouro na educação, a autarca afirmou que o OP Escolar pretende incutir nos alunos “valores para a participação cívica na sociedade”. Para a vereadora, “é curioso que não são projetos egoístas, mas sim destinados à comunidade. Os alunos têm noção da comunidade que os envolve e das suas necessidades”.

No que diz respeito à concretização dos projetos vencedores nos anos anteriores, uma aluna do primeiro ciclo testemunhou a implementação de equipamentos no recreio da escola que frequenta, a EB Quinta dos Frades, projeto vencedor da segunda edição.

“Antes tínhamos uma caixa de areia, poucas árvores e só podíamos jogar à macaca. Agora temos baloiços e teias de aranha, é mais divertido”, disse a aluna.

Questionada sobre a situação dos projetos vencedores dos anos anteriores, a vereadora Graça Fonseca referiu que “grande parte deles já estão executados”.

Orçamento Participativo Escolar

Ao contrário do que aconteceu o ano passado, em que o projeto vencedor foi eleito por um júri, este ano foram os próprios alunos chamados a votar.

A votação, que se realizou no passado dia 20 de maio, em todas as cinco escolas participantes no OP Escolar’14, permitiu aos alunos exercerem o direito de voto entre os oito projetos a concurso.

Segundo Graça Fonseca, 1.307 alunos votaram “de forma participada e mediante o preenchimento do respectivo boletim de voto, colocado posteriormente em urna”.

O ato de voto é “uma ferramenta poderosa”, sendo necessário “cuidar da democracia para que não se tenha que fazer outra Revolução de Abril”, defendeu a autarca, relembrando que se celebra este ano os 40 anos do 25 de Abril.

“Daqui a uns anos, quando exercerem o vosso direto de voto, a partir dos 18 anos, a escolha depende de vocês”, dirigiu-se aos alunos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …