Credores não aceitaram propostas da Grécia

FrangiscoDer / Wikimedia

Alexis Tsipras, Primeiro-ministro da Grécia

Alexis Tsipras, Primeiro-ministro da Grécia

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, criticou hoje a posição de “determinadas instituições”, visando o Fundo Monetário Internacional, que não aceita as “medidas compensatórias” que a Grécia tinha proposto, diz uma fonte governamental grega.

Dirigindo-se aos seus colaboradores antes de deixar Atenas com destino a Bruxelas, onde deve encontrar-se com os dirigentes dos credores (União Europeia, Banco Central Europeu e FMI), o primeiro-ministro grego Alexis Tsipras queixou-se “da insistência de certas instituições credoras que não aceitam medidas compensatórias”, indicou esta fonte citada pela AFP.

Tsipras referia-se ao FMI, que, segundo o Governo grego, não aceita algumas das propostas apresentadas, indicou uma outra fonte governamental à AFP.

“Esta recusa repetida de medidas compensatórias nunca aconteceu antes – nem no caso da Irlanda, nem no caso de Portugal“, diz Tsipras num post no seu Twitter.

A Grécia está a cerca de uma semana de ter de pagar 1,6 mil milhões de euros ao FMI, a 30 de Junho, e, sem um acordo, continua sem ter acesso à última tranche do programa de resgate – de 7,2 mil milhões de euros.

Esta segunda-feira, a Grécia apresentou um conjunto de propostas que incluem restrições imediatas nas reformas antecipadas e aumentos de impostos e das contribuições das pensões.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou na altura que “as propostas de Atenas chegaram com atraso, mas são um passo importante”, e disse esperar que a reunião do Eurogrupo desta quarta-feira consiga alcançar um resultado para ser apresentado na sexta-feira ao Conselho Europeu.

Caso as propostas apresentadas não sejam aceites pelos credores, a Grécia corre o risco de não receber financiamento para pagar as dívidas de curto prazo e entrar em incumprimento.

Entretanto, o governo grego rejeitou já hoje uma contraproposta apresentada pelos credores a Atenas, incluindo sobretudo exigências do Fundo Monetário Internacional (FMI), indicou à France Presse fonte governamental grega.

Segundo Atenas, “esta contraproposta insiste num aumento das receitas do IVA e em cortes mais significativos na despesa pública.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Vai para 5 meses e a montanha acabou por parir um rato…
    As medidas não serão ratificadas em sede parlamentar e ainda que venham a ser não pronunciam a tardia organização das contas públicas, tão pouco gerar confiança para que os próprios gregos recoloquem as suas economias nos bancos…
    Aquilo tem sido mais conversa de “intruja” daquelas no botequim lá por trás das moitas… Os outros é que têem sido “tansos”…
    Tal como os gregos são descendentes do berço da democracia, também um bebé tem os seus encantos mas ao longo da vida pode vir a tornar-se um parceiro pouco recomendável!

  2. Mantêm a dignidade, Grécia. Vira costas a estes chulos e vai mas é ter com a Rússia. Sinceramente começo a duvidar de que seja pior… E mal por mal, ao menos varias de veneno. Firmeza!

  3. Russia? Vai de cavalo para burro, a russia de Putin não passa de um bando de mafiosos. O Putin não vai dar um cêntimo aos Gregos e sim, vai-lhes tirar o pouco que ainda têm.

    Se quer sair que saia, se calhar é o melhor, mas que faça como a Islândia, que siga sozinha o seu próprio caminho.

RESPONDER

Elisa Ferreira vai tutelar fundos distribuídos pelo marido. PE reunido para analisar "conflito de interesses"

A comissária portuguesa vai gerir a pasta que integra os fundos distribuídos pelo marido, presidente da CCDRN. Eurodeputados falam em conflito de interesses. A Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu (PE) está reunida em Estrasburgo, …

​ERSE diz que "não tem capacidade" para analisar preço dos combustíveis

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) admitiu que não tem capacidade para analisar o preço dos combustíveis, afirmou a presidente do regulador, Cristina Portugal, em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e …

Autarca de Amarante nega ter participado em viagem à Turquia

A Câmara de Amarante informou hoje que "nenhum autarca" do município participou numa viagem à Turquia, paga por uma empresa investigada pelo Ministério Público (MP). Em comunicado enviado ao ZAP, a câmara refere que o presidente …

Primeiros humanos talhavam elefantes com ferramenta de 5 centímetros

Retirar o máximo de carne possível de uma carcaça era algo importante há milhares de anos atrás. Para um melhor aproveitamento, eram usadas lâminas de apenas cinco centímetros, que os arqueólogos ignoraram até agora. Normalmente, ao …

Trudeau pediu desculpa por ter escurecido tom de pele em festa em 2001

Em 2001, Justin Trudeau escureceu o tom de pele para um baile de máscaras. Agora, o primeiro-ministro do Canadá reconhece que não o devia ter feito. O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, disse esta quinta-feira que "lamenta …

Práticas da EDP Produção custaram 140 milhões de euros aos consumidores

As práticas da EDP Produção no mercado que levaram a Autoridade da Concorrência a aplicar uma multa de 48 milhões de euros terão custado 140 milhões de euros aos consumidores, adiantou o regulador. "Estima-se que a …

Dragões de Komodo têm uma "armadura" debaixo da pele

Um novo estudo mostra que debaixo da sua pele escamosa, os dragões de Komodo estão quase todos cobertos por uma armadura de pequenos ossos. Os dragões de Komodo (Varanus komodoensis) são conhecidos por serem fortes, rápidos …

Venda de João Félix vai ter impacto de 100 milhões de euros nas contas do Benfica em 2020

A venda de João Félix ao Atlético Madrid vai ter um impacto na ordem dos 100 milhões nos resultados do Benfica no próximo exercício (2019/20). "A venda do João Félix vai ter influência no exercício 2019/20, …

Pelo menos 15 mortos e 70 feridos em atentado no sul do Afeganistão

Pelo menos 15 pessoas morreram e 70 ficaram feridas, esta quinta-feira, num atentado ao lado de um hospital na cidade de Qalat, no sul do Afeganistão. O ataque ocorreu cerca das 06h00 desta quinta-feira (03h00 em Lisboa), …

Justiça absolve ex-responsáveis da operadora da central nuclear de Fukushima

Um tribunal japonês absolveu, esta quinta-feira, três antigos responsáveis da operadora da central japonesa de Fukushima, que estavam acusados de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear. O tribunal distrital de Tóquio …