Perda auditiva súbita pode ser um sintoma de infeção de covid-19

A perda auditiva súbita e permanente, pode estar associada à covid-19 em alguns doentes, alertaram os médicos na terça-feira, relatando um “primeiro caso” no Reino Unido. Contudo, este sintoma é muito raro de ocorrer.

O primeiro caso a apresentar o sintoma de perda auditiva foi relatado ontem num artigo do jornal científico BMJ Case Reports, e pode clarificar a existência de um novo sintoma causado pelo novo coronavírus, por ser um possível efeito colateral da infeção.

“Apesar da considerável literatura sobre a covid-19 e os vários sintomas associados ao vírus, faltam discussões sobre a relação entre a covid-19 e a audição”, pode ler-se no artigo.

Os médicos consideram que deve ser feita uma triagem para perda auditiva em ambiente hospitalar, incluindo nos cuidados intensivos, onde esta pode ser facilmente perdida, como forma de permitir um tratamento rápido com esteroides e aumentar as probabilidades de recuperação. Até ao momento, apenas alguns casos associados à covid-19 foram relatados e ainda nenhum tinha sido associado ao Reino Unido.

Os autores da publicação descrevem o caso de um homem de 45 anos, com asma, e que esteve em tratamento à covid-19 no seu hospital. Com dificuldades respiratórios, o britânico foi ligado a um ventilador e começou a sofrer melhorias após ter recebido tratamentos como remdesivir, esteroides intravenosos, e a troca terapêutica de plasma sanguíneo.

Depois de uma semana da remoção do tubo respiratório, o paciente notou uma sensação de zumbido anormal na orelha esquerda, seguida de uma perda auditiva súbita. De acordo com os exames realizados, os canais auditivos não estavam bloqueados ou inflamados e os seus tímpanos estavam intactos, diz o Observador.

Um teste de audição confirmou a perda auditiva na orelha esquerda, que depois acabou por recuperar parcialmente após o tratamento com corticoides. Descartadas outras possíveis causas como a gripe, HIV ou artrite reumatoide, os profissionais de saúde concluíram que a perda auditiva estava associada ao SARS-CoV-2, revelam os cientistas que elaboraram o relatório.

O vírus liga-se a um determinado tipo de células que revestem os pulmões e foi recentemente encontrado em células semelhantes no ouvido. Este vírus também gera uma reação inflamatória e um aumento de substâncias que têm sido associadas à perda auditiva, explicam os autores.

As causas não são claras, mas este défice sensorial pode estar associado, por exemplo, a um vaso sanguíneo bloqueado, ou também a uma infeção viral.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …