Covid-19 já matou mais nos Estados Unidos do que a guerra do Vietname

Justin Lane / EPA

Nova Iorque é o epicentro da pandemia de covid-19 nos Estados Unidos

Mais de 58 mil pessoas morreram nos Estados Unidos devido à pandemia de covid-19, um número que já ultrapassa os óbitos registados nos 20 anos da guerra do Vietname.

Os Estados Unidos registaram 2207 mortos nas últimas 24 horas devido à pandemia de covid-19, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. No total, 58.351 pessoas morreram nos Estados Unidos.

Os mortos registados em dois meses no país devido à covid-19 já ultrapassaram os soldados norte-americanos mortos na guerra do Vietname em duas décadas (58.220), segundo o balanço oficial publicado pelo Arquivo Nacional.

Embora estes dois acontecimentos não tenham nada a ver um com o outro, este é o “limiar simbólico”, pois a guerra do Vietname continua a ser “um dos maiores traumas” vividos pelos norte-americanos no século XX, realça o estabelecimento de Ensino Superior.

Esta terça-feira, os Estados Unidos ultrapassaram outra “barreira simbólica”, tendo contabilizado mais de um milhão de casos diagnosticados com o novo coronavírus. O número de infetados subiu para 1.012.399, com cerca de 115 mil pessoas a serem dadas como recuperadas.

Este número de infetados pelo novo coronavírus representa cerca de um terço do total de casos registados em todo o mundo, segundo os dados divulgados pela mesma universidade.

Os Estados Unidos continuam a ser o país com registo de mais mortos e de casos confirmados.

O Presidente, Donald Trump, disse que está a ponderar a imposição de testes sistemáticos de despistagem do novo coronavírus para passageiros que aterrem nos Estados Unidos provenientes de zonas de risco, segundo o Diário de Notícias.

“Provavelmente faremos isso. A pandemia é bastante virulenta no Brasil”, exemplificou o chefe de Estado.

Mike Pence sem máscara durante visita a clínica

O vice-Presidente dos EUA visitou uma clínica em Rochester, no estado do Minnesota, e não usou máscara para falar com profissionais de saúde infetados e recuperados, nem quando visitou um laboratório onde se realizam testes, nem durante uma mesa redonda sobre o vírus.

Isto apesar de o regulamento desta unidade de saúde estabelecer que “todos os doentes, visitantes e funcionários devem usar máscara como forma de prevenir a transmissão da covid-19″. Segundo a agência Associated Press, todos os outros participantes que acompanharam Pence, incluindo representantes de autoridades, usaram máscara.

Numa publicação no Twitter, a clínica assegurou ter informado previamente o gabinete do vice-Presidente sobre a sua política de máscaras, mas essa mensagem foi depois eliminada. Questionado sobre isso pela agência, o estabelecimento não esclareceu a razão da retirada da publicação, mas confirmou ter partilhado informação com o gabinete.

Questionado sobre a sua decisão, Mike Pence disse que não havia necessidade de usar máscara por estar a ser regularmente testado, bem como toda a sua comitiva.

“Como eu não estou infetado com o coronavírus, pensei que era uma boa ocasião para estar lá, falar com os investigadores, os fantásticos profissionais de saúde, olhá-los nos olhos e agradecer-lhes”, justificou o número dois da Administração dos Estados Unidos.

Os Centros de Prevenção Contra as Doenças norte-americanos recomendam a cobertura do rosto em espaços públicos onde é difícil assegurar o distanciamento social, como farmácias e supermercados. Ainda assim, quando comunicou as recomendações federais sobre o uso de máscaras, Trump disse que optaria por não o fazer.

Governadores aliam-se contra a pandemia

À medida que a pandemia alastra, a maioria dos estados emitiu legislação para a população ficar em casa, embora nos últimos dias alguns tenham começado a retomar as suas atividades.

Especificamente, na segunda-feira, nove estados reabriram em parte as suas atividades (Alasca, Colorado, Geórgia, Minnesota, Mississípi, Montana, Oklahoma, Carolina do Sul e Tennessee) e espera-se que, na próxima semana, outros oito aliviem as medidas de confinamento e de encerramento das atividades sociais e económicas, embora mantenham o distanciamento social.

Apesar de alguns estados estarem a reabrir as suas atividades, as medidas de distanciamento social nos Estados Unidos vão manter-se durante o verão, avisou Deborah Birch, médica coordenadora do grupo de trabalho sobre a pandemia da Casa Branca.

Segundo o Diário de Notícias, os governadores do Nevada e do Colorado juntaram-se aos homólogos de Washington, Oregon e Califórnia para trabalharem em conjunto na estratégia de combate à pandemia, colocando a ciência à frente da política.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …