“António Costa é um Sócrates de segunda”, diz Miguel Albuquerque

ppdpsd / Flickr

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional da Madeira e recandidato às eleições, concedeu uma entrevista ao jornal Expresso, na qual disse que “António Costa é um Sócrates de segunda”.

O PSD continua com o seu domínio na Madeira e procura a renovação, naquela que Miguel Albuquerque considera ser uma “conciliação entre história e novas gerações”. Questionado se tinha medo de perder as eleições, após ter sido acusado de “andar com as calças na mão” pelo líder do PS-Madeira, Albuquerque negou.

“Não. Eu nunca andei de calças na mão. Mas há uma evidência nestas eleições: o verdadeiro adversário do PSD na Madeira é António Costa“, atirou o presidente do Governo Regional madeirense.

Sem medo de reconhecer “a obra e a liderança de Alberto João Jardim”, Miguel Albuquerque garante que o seu regresso nada tem a ver com o medo de perder o poder. Apesar das divergências pontuais entre os dois, “só uma pessoa com excesso de arrogância pode ignorar o peso que ele teve na liderança da Madeira”.

Convidado a responder à acusação de Costa, que o chamou um Alberto João Jardim de segunda, Miguel Albuquerque retribuiu na mesma moeda: “António Costa é que é um Sócrates de segunda”.

Após os resultados menos positivos nas autárquicas de 2017, o líder social-democrata justifica que tudo se deveu a um rejuvenescimento nos quadros. “Quando o eleitorado dá um sinal, temos de perceber”, atirou.

Albuquerque falou ainda da “mexicanização” do regime, com a “arrogância de Costa” que falou na possibilidade do PS fazer o pleno na Madeira e conseguir uma vitória nas europeias, regionais e legislativas. Contudo, o PSD venceu o primeiro round, ao superar o PS na eleições europeias nesta região autónoma.

“A Madeira é a única que combate o António Costa e desmistifica as mentiras, porque a ‘geringonça’ é um logro. Anda tudo com paninhos quentes, com medo do António Costa, da extrema-esquerda e dos trotskistas reconvertidos, mas nós aqui não temos medo”, disse, ao Expresso.

Em relação ao seu adversário nas próximas eleições legislativas, disse que era “uma espécie de D. Sebastião de plástico, uma barriga de aluguer do António Costa“. O social-democrata mostra-se confiante e, se ganhar as eleições sem maioria absoluta, garante que não faz coligações à esquerda.

Sobre uma possível coligação com o CDS, Miguel Albuquerque realça que os centristas têm de se decidir. “É preciso que a liderança do CDS assuma o que quer, porque num dia o líder do CDS diz uma coisa, noutro dia há elementos da sua lista que dizem outra”, disse.

Confrontado com o boato que o dava como consumidor de drogas, disse ter sido alvo de uma “campanha organizada pelas agências de comunicação ao serviço do PS”. Albuquerque desmentiu e atirou que “uma política ignóbil não deve ter lugar numa democracia”.

Em caso de uma vitória socialista, o política defende que a liberdade dos madeirenses fica em causa. “O PS não tem fibra, não tem quadros nem coragem para defender a Madeira perante Lisboa”, justificou.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto dito por um Jardim de terceira, quando a dívida e o nível de corrupção “estatal” na Madeira é o que se conhece, é que um elogio!…

RESPONDER

Esquema de venda de droga na darkweb. Fortuna em bitcoins fica nas mãos do Estado

Pedro e Rita vendiam droga para todo o mundo na darkweb. Agora, a fortuna em bitcoins acabou por ficar nas mãos do Estado. Pedro, um engenheiro informático, e Rita, uma web designer, montaram um esquema para …

CDS e PAN querem regime protetor do denunciante no combate à corrupção

CDS e PAN vão apresentar propostas no combate à corrupção que tem sido discutido desde segunda-feira. Os partidos querem um regime protetor do denunciante. Numa iniciativa de combate à corrupção, o CDS e o PAN vão …

Morreu Marie Fredriksson, vocalista dos Roxette

A cantora sueca Marie Fredriksson, dos Roxette, morreu segunda-feira aos 61 anos, anunciou esta terça-feira a sua manager em comunicado. Marie Fredriksson, vocalista e co-fundadora da banda Roxette, faleceu esta segunda-feira, aos 61 anos. A morte …

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …