Há uma “corrida brutal” por mega-centrais de energia solar (e pode aumentar a factura da luz)

David Dodge / Green Energy Futures / Flickr

A aposta do Governo português no sector das Energias Renováveis está a fomentar uma “corrida brutal” a projectos solares de grandes dimensões. Uma procura excessiva que preocupa a REN – Redes Energéticas Nacionais que avisa que a situação pode acabar por aumentar a factura da luz dos consumidores dado o investimento que requer.

Esta “corrida brutal” a mega-centrais de energia solar é reportada pelo Dinheiro Vivo que sustenta que chegaram à Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG) “cerca de 80 candidaturas” para projectos solares “muito grandes”.

Além dos grandes empresas nacionais, como a EDP e a Galp, também haverá promotores internacionais, grandes gigantes mundiais e fundos de investimento internacionais, dispostos a investirem no solar em Portugal, havendo disponibilidade destes candidatos em pagarem a ligação à rede nacional de transporte de energia eléctrica.

A estas 80 candidaturas é preciso acrescentar os 300 interessados em participarem nos leilões de energia renovável que vão decorrer em Julho, segundo os números avançados pelo secretário de Estado da Energia, João Galamba.

Esta “procura excessiva”, como aponta o Dinheiro Vivo, está a causar preocupação na REN – Redes Energéticas Nacionais. Esta entidade alerta que “um programa agressivo de aposta na energia solar”, como aquele que o Governo está a pôr em prática, pode “exigir um maior investimento da REN, o que poderá ter impacto nas tarifas” pagas pelos consumidores, conforme transcreve a publicação.

O Governo planeia ter a funcionar 19 centrais solares fotovoltaicas já neste ano. Até 2021, esse objectivo passa para 38 novas centrais solares.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. O interior já ia de mal a pior. Com os exageros “tugas”, vão acabar por destruir o resto. Nunca é nada com peso conta e medida. São sempre megalomanias. Enquanto que os “citadinos” ficam com menos problemas energéticos, os sobreiros e os animais e (as poucas pessoas) ficam a viver rodeados de “espelhos”. Fantástico. E depois digam que querem “apostar” no interior. Apostar não me parece, parece mais “delapidar” sem qualquer critério a não ser o EURO.

  2. a REN já devia ter feito o investimento há muito tempo. Desde que eram EDP que bloquearam todas as iniciativas para se aumentar muito as renováveis: agora que são a alternativa mais barata para os consumidores toca a arranjar maneira de aumentar as tarifas! Até parece que a REN não está neste ramo de negócios e nunca ouviu falar neste tema!? Seja como for, o solar+eólico previsto não duplicam sequer o que já temos em eólico…

    • Neste momento continua a ser bastante mais caro o kW-h de eletricidade gerada pelas eólicas e pelas solares do que o produzido por carvão ou fuel óleo. Foi conseguido que a diferença não esteja toda na factura da luz, como queriam há uns anos, mas é paga pelos nossos impostos. Acrescenta a isto a necessidade de construir mais barragens grandes para onde bombear água quando a produção das renováveis é alta (vento e/ou muito Sol) para guardar a energia para quando faz falta (por exemplo de noite para a solar).
      Se aumentarmos a componente solar/eólica na produção de energia a diferença de preço tem que ser paga por alguém!

  3. Já tenho chamado a atenção para o fato da energia solar contribuir com o reflexo da luz do sol, de volta para o o espaço dando um acréscimo no efeito estufa, conforme explícita a CRUEZA METEOROLÓGICA de Félix Medeiros, postado no Facebook pelo renomado Luiz Carlos Milionário…

    • O efeito de Albedo (o nome dado à luz do sol reflectida por parte da superfície terrestre, em grande parte pelos oceanos e nuvens) mal é alterado pelas grandes centrais solares.
      Devido às ondas o oceano não se comporta como um espelho pelo que se têm de ter cuidado com os cálculos, mas se a Terra está coberta na grande maioria por agua e mesmo assim o valor médio do coeficiente de reflexão é de 30% a 35%, é fácil fazer o argumento que seria necessário a construção de um numero ridículo de patineis solares para que houvesse um aumento da temperatura.
      No entanto as centrais movidas a carvão ou gás natural estão directamente ligadas ao aumento das temperaturas, sem falar nas doenças provocadas pela queima destes combustíveis ou até dos acidentes de trabalho nas plataformas de extracção de crude e mineração do carvão e todas as doenças associadas aos mineiros, doenças crónicas e que provocam mortes horríveis.

  4. Contem-se como surpresos que os 80 projectos que deram entrada na DGEG à revelia de outros são de empresas detidos por um indivíduo que tem fortes relações com o João Galamba. Espante-se também que esses projectos deram entrada 2 dias depois do anúncio dos leilões. É aqui que os jornalistas se devem concentrar, visto tudo aqui denúncia um abuso de poder e das relações pessoas como governo.

  5. A energia solar devia ficar circunscrita às coberturas de edificos, e para auto consumo, quando muito uma venda de até 20% da produção. Em vez disso delapidam paisagens e campos para construir mamarrachos…. e agora ainda sai mais caro… está bem esta!!!

    • Tens razão, só que tens gente altamente “esperta” a tratar dos assuntos… com vista ao bolso de alguém. Democracia é “sinónimo” de cleptocracia via korrupção!!!!!

  6. Correto seria a produção para auto-consumo, sendo o excedente vendido à “EDP”. Só que a assim a vida de politico deixava de ter interesse.

RESPONDER

Há enfermeiros sem treino a trabalhar nos cuidados intensivos

A presidente do Sindicato de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU), Gorete Pimentel, denuncia que há enfermeiros sem treino a trabalhar em unidades de cuidados intensivos. "São necessários três a quatro meses para que um enfermeiro seja …

Ronaldo vai tornar-se o primeiro bilionário no mundo do futebol

Cristiano Ronaldo vai faturar cerca de 90 milhões de euros este ano. Isto faz com que o futebolista português atinja os mil milhões de euros em receitas durante a sua carreira. Embora Cristiano Ronaldo tenha sido …

Tribunais adiaram mais 50 mil diligências num mês

A pandemia de covid-19 obrigou os tribunais portugueses a adiar 2.445 diligências e a anular outras 28.957, escreve o jornal Público. Ao todo, foram desmarcadas 51.402 diligências, frisa o matutino na sua edição desta segunda-feira, …

311 mortes e uma subida de 4% nos casos confirmados em Portugal. Recuperados quase duplicaram

O número de mortes em Portugal relacionadas com a Covid-19 ultrapassou a barreira das 300, situando-se nas 311 vítimas, mais 16 do que no domingo. O número de recuperados também cresceu para 140. Os casos …

"Uma vergonha para o país". Morte de ucraniano leva a "mudanças profundas" no funcionamento do SEF

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta segunda-feira que vai haver “mudanças profundas no modelo de funcionamento do Centro de Instalação Temporária do SEF no aeroporto de Lisboa, na sequência do caso da …

City abre processo a Kyle Walker por festa com prostitutas durante quarentena

Kyle Walker, futebolista do Manchester City, viu o clube instaurar-lhe um processo disciplinar, depois de este ter, alegadamente, quebrado a obrigação de confinamento devido à COVID-19 numa festa com prostituas. “Os futebolistas são modelos a seguir …

"Digam aos accionistas que não há nada para ninguém". Marcelo apela à Banca (ou deixa que o Governo suspenda os lucros)

O Presidente da República reúne-se, nesta segunda-feira, com os cinco maiores bancos a actuar em Portugal para apelar à sua "sensatez" para agilizarem os empréstimos às empresas e às famílias depois de terem recebido milhões …

FC Porto à caça em Famalicão por Uros Racic

O FC Porto está atento à possível contratação de Uros Racic. O jogador tem-se destacado ao serviço do Famalicão e pode mudar-se para o Dragão a um preço acessível. Até à interrupção das competições, o Famalicão …

Itália com menor número diário de mortes em 15 dias. Nos EUA, a crise compara-se ao 11 de setembro

No dia em que Itália registou o menor número de óbitos por covid-19 em duas semanas, os Estados Unidos registaram 1.200 mortos. O cirurgião geral do país compara a crise a Pearl Harbor e ao 11 …

Substituição de Carlos Costa em contra-relógio. E já há nomes para "render" Centeno

O jornal Público escreve esta segunda-feira que a substituição de Carlos Costa no Banco de Portugal (BdP) está a ser feita em "contra-relógio", uma vez que seu mandato como governador termina dentro de dois meses …