A Coreia do Norte voltou ao lançamento de mísseis (num aviso a Trump)

Rodong Sinmun / YONHAP

A Coreia do Norte lançou, neste sábado, vários mísseis de curto alcance. Trata-se do segundo teste com armas tácticas em menos de um mês, conforme informam fontes militares sul-coreanas.

O regime de Pyongyang “disparou vários mísseis” da cidade de Wonsan, na costa leste da Coreia do Norte, de acordo com o comunicado oficial do chefe do Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul, divulgado pela agência noticiosa sul-coreana Yonhap.

Foram registados vários mísseis que viajaram entre 70 e 100 quilómetros/hora, segundo a nota oficial.

“Os nossos militares estão a acompanhar de perto os movimentos da Coreia do Norte” em “estreita coordenação com os Estados Unidos“, acrescenta o comunicado.

O regime de Pyongyang anunciou a 18 de Abril que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, tinha supervisionado um teste de uma nova arma táctica no dia anterior. Um porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano referiu, mais tarde, que se tratou de um teste com um sistema de mísseis para combate terrestre.

São os primeiros lançamentos de mísseis da Coreia do Norte desde que, em Novembro de 2017, testou um míssil balístico intercontinental, e desde que se iniciaram os encontros entre Kim e Donald Trum, o Presidente dos EUA.

Apesar de não se tratar de uma violação do compromisso assumido por Kim com Trump, de não lançar mísseis nucleares ou de longo alcance, reflecte um mal-estar crescente na Coreia do Norte.

Durante a cimeira com o presidente russo, em Vladivostok, Kim terá confessado a Vladimir Putin que “os Estados Unidos adoptaram uma atitude de má-fé” na cimeira de Fevereiro passado, segundo reporta a KCNA.

A Coreia do Norte tem exigido que cessem “totalmente” as sanções que a ONU impôs ao regime devido aos testes nucleares e balísticos iniciados em 2006. Todavia, a Casa Branca mantém a posição de não ceder a essa pressão enquanto Pyongyang não tomar medidas concretas para desmantelar o seu arsenal nuclear.

Imagens de satélite da Coreia do Norte mostram que “o principal local nuclear” do país revelava “movimento no mês passado”, como salienta a BBC. Isto pode ser um sinal de que o regime de Pyongyang continua empenhado no seu programa nuclear.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A coreia tem todo o direito de fazer lançamentos de teste de misseis balisticos e nucleares, e porque nao teria esse direito??? Só os eua é que podem fazer esses lançamentos??? Há coisa de 2 ou 3 dias os eua fizeram o lançamento de um missil nuclear minuteman III. Quer dizer, os eua podem fazer os lançamentos que quiserem e entenderem, os outros,sejam a coreia norte, o irão e outros nao podem, é isso??? E a nivel de me sentir ameaçado, sinto-me mais amealado pelos eua do que pela coreia. Nao esqueçam que os eua já assassinaram em 1945 o povo japonês com bombas nucleares. A diferença é que os eua nao hisitam em fazer esses ataques, a coreia, o irao e outros são para defesa em caso de ataque, há uma grande diferença. E depois há uma nuance que é muito importante os eua estão na lista de perigosos terroristas, a par da al qaeda, do EI e outras organizações terroristas, e se essa lista permite dar caça a grupos terroristas, estando os eua nessa lista, é licito dar caça aos militares americanos.

  2. Primeira coisa: o Japão foi quem começou a guerra contra os EUA atacando Pearl Harbor e se aliando aos nazistas. Mesmo depois da vitória dos aliados na Europa o Japão continuou a guerra e não quis se render, portando as bombas atômicas foram um mal necessário e nem o povo japonês lamenta as bombas, inclusive são os maiores aliados dos americanos. Segundo: vários outros países que não os EUA têm arsenal nuclear e nem por isso ficam fazendo lançamentos e testes aleatoriamente só pra mostrar força. Terceiro: uma pessoa que defende qualquer atitude de um ditador como o da Coreia do Norte deveria antes se mudar para um país como esse para experimentar um pouco de comunismo ao invés de vir aqui defecar pelos dedos, sentado em uma poltrona confortável dento de sua casa também confortável em um país europeu que lhe garante todas as liberdades que um ser humano tem direito. Você é o típico comunista de iPhone, integrante da esquerda caviar, lixo hipócrita.

"Janelas de Vinho". Itália ressuscita tradição do tempo da peste

Centenas de bares e restaurantes italianos "ressuscitaram" a tradição antiga das chamadas "Janelas de Vinho" durante a pandemia de covid-19, tentando assim servir os seus clientes com o mínimo contacto pessoal. A tradição remonta aos …

Um dos maiores telescópios do mundo ficou gravemente danificado devido a um cabo partido

O radiotelescópio de Arecibo, um ícone da busca para entender o Universo, sofreu graves danos como resultado do rompimento de um cabo. A causa da quebra e quanto tempo o telescópio demorará a ser consertado …

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …

Com apenas 4 dólares é possível dormir na última Blockbuster. E ainda participa na festa pijama

Já sente saudades de sair de casa para ir alugar um filme e comprar umas pipocas? A última loja da icónica Blockbuster está agora disponível no Airbnb. A antiga loja da cadeia americana pode ser …

Espanha com quase mais 3.000 novos casos. É o maior aumento desde maio

Espanha registou o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid …