Convento de Monchique só se salvou do fogo graças a dois irmãos

Patrice78500 / wikimedia

Convento de Nossa Senhora do Desterro, na Serra de Monchique

Só dois irmãos, que vivem há cerca de 40 anos no Convento de Nossa Senhora do Desterro, na Serra de Monchique, valeram ao monumento do século XVII quando o incêndio que ardeu na zona, durante vários dias, comeu tudo à volta.

O jornal Sol conta como António e Vidaúl, dois irmãos que vivem no monumento abandonado há cerca de 40 anos, enfrentaram sozinhos as chamas, salvando o Convento do fogo que não deixou nada à volta.

Apesar da coragem para enfrentarem o incêndio que lavrou durante seis dias, recusam heroísmos. “Sou só um pobre diabo que aqui ando, sempre fui. Tenho uma vida de merda”, diz António ao semanário.

Os dois irmãos viveram quase toda a vida no Convento, depois de os pais se terem revoltado contra o pouco que ganhavam a cultivarem as terras de uma família rica na Serra de Monchique, na década de 1970. A família acabou a viver no monumento, juntamente com outras pessoas de poucas posses.

Acabaram por tornar-se nos únicos ocupantes do edifício de estilo manuelino, à medida que os outros moradores foram indo embora. E chegaram a pagar renda para lá morarem.

Actualmente, só Vidaúl reside no monumento, já que António, cujos dois filhos também cresceram no Convento, se mudou recentemente para uma casa na vila de Monchique.

Fundado em 1631, por Pêro da Silva, como nota o Sol, o Convento de Nossa Senhora do Desterro está abandonado há vários anos. O facto de o edifício ter vários proprietários estará a complicar a sua eventual recuperação.

Marcelo recusa “triunfalismos” injustificados

O Presidente da República foi finalmente a Monchique, depois de dominado o fogo, para sublinhar que não é a ausência de vítimas mortais que traz “consolo” à população, recusando entrar em “triunfalismos” injustificados.

“O que eu sugeriria humildemente era o seguinte: sem triunfalismos, que não se justificam, sem juízos negativos definitivos já, mas sim preocupações, desabafos e sugestões para o futuro. Vamos terminar esta batalha, esta guerra e esta época [de incêndios]”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

O Chefe de Estado respondia assim à saída de um ‘briefing’ no posto de comando da Protecção Civil, instalado no centro da vila de Monchique, a alguns populares e a um vereador da autarquia, que o questionaram sobre a apreciação feita na sexta-feira pelo Governo à operação de combate ao incêndio, além de se queixarem de falta de coordenação, de comunicações e de meios parados, por exemplo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Há dias, o convento tinha ardido COMPLETAMENTE; agora já se “salvou graças a dois irmãos”… em que ficamos?!
    “O convento de Monchique, já em ruínas, foi completamente consumido pelas chamas”
    http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/filhas-desesperadas-a-procura-do-pai-que-desapareceu-nos-fogos-de-monchique
    Como é que não há de haver tanto disparate na opinião publica, se os media dizem uma coisa e passados alguns dias dizem o seu contrário?!
    Enfim…

  2. Esta notícia reforça a minha teoria, já aqui expressa, que a grande falha pertence à coordenação. A protecção civil, seja lá o que isso for, só atrapalhou a acção dos bombeiros, que deveriam ser os especialistas no combate aos incêndios, e a defesa do património por parte dos residentes, tendo a GNR atentado contra a liberdade das pessoas que não queriam abandonar os seus bens. Algumas pessoas tiveram que se esconder para não serem arrastadas pela GNR. Na minha opinião, é tempo de avaliar a utilidade dos serviços da ANPC e de esta ser extinta para evitar que se continuem a repetir estes atentados à natureza. Afinal, um dos países mais pequenos da Europa, teve a maior área ardida conhecida até à data. O que vai ser daqueles que viram os seus bens destruídos pelo fogo, será que os responsáveis pela coordenação dos meios de combate aos incêndios, que os abandonaram, os irão ressarcir das perdas? As casas de segunda habitação também são bens e são perdas incalculáveis para os seus donos. E os barracões, agrícolas ou oficinas, com máquinas nos seus interiores, não tiveram custos e não são necessários para os seus proprietários? Quem se responsabiliza pela incapacidade no combate aos incêndios que permitiram estas perdas?
    É só a minha opinião e vale o que vale…

    • Caro José Raúl, bom dia. Subscrevo a sua opinião. A aldeia do meu Pai, no concelho da Pamp. da Serra, escapou ao fogo algumas vezes, porque os bombeiros lá estiveram, tem o rio Ceira e ajudou muitas outras aldeias vizinhas a terem as suas chamas apagadas. No entanto, nos fatídicos dias 15/16 Out. de 2017, tal sorte não se lhes assistiu… nem bombeiros, nem luz, nem água, nem comunicações, não tinham NADA! As pessoas fecharam-se todas dentro de uma casa melhor, com animais à mistura e esperaram, em desespero, achando que iam todos morrer queimados… não morreu ninguém, mas os bens…. havia terrenos limpos, sim: o do meu Pai e outros, em redor da minha casa e de outras, mas mesmo assim…. Esta “moda” da ANPC e outras, sinceramente; eu não sou contra o progresso, mas cada vez o nosso País arde mais e cada vez há mais progresso e modernização! Não se compreende. Um bem haja a todos e as minhas palavras de alento, força e esperança.

RESPONDER

Costa diz não compreender "irritação" de Rio com PRR "bom para o país"

António Costa afirma que não compreende a irritação de Rui Rio com o Plano de Recuperação e Resiliência, frisando que é algo positivo para o país e já está contratualizado com os Açores. O secretário-geral do …

Estudo traz uma nova esperança ao tratamento do cancro dos ovários

Novo estudo traz uma nova luz para a luta contra o cancro dos ovários. Combinação de medicamentos conseguiu reduzir o tamanho do tumor. De acordo com o estudo, entre 25 pacientes que receberam uma combinação experimental …

Medina diz que abertura das discotecas tornará noite em Lisboa mais controlada

O presidente da Câmara de Lisboa e recandidato nas eleições de domingo, Fernando Medina, disse hoje ver como positiva a reabertura das discotecas a 1 de outubro, considerando que a noite na capital passará a …

Gotas quadradas e redes líquidas. Cientistas criaram o que se pensava ser impossível

Numa experiência inesperada, uma equipa de cientistas criou gotículas quadradas e redes líquidas - algo que, de acordo com a ciência, não seria possível. Quando duas substâncias se unem acabam por se estabelecer num estado estável …

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável. Uma equipa de investigadores sugere que a sua dimensão reduzida não lhe permite reter muita água. Um novo estudo sugere que o pequeno tamanho de Marte pode ser …

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …