Consumo excessivo de antibióticos pode provocar cancro intestinal

As pessoas que tomam antibióticos de forma prolongada apresentam mais frequentemente pólipos na parede dos intestinos, lesões benignas que podem a longo prazo evoluir para cancro, revela um estudo publicado esta quarta-feira.

Esta investigação vem juntar-se a outros estudos recentes sobre o papel desempenhado pela flora intestinal no aparecimento de cancros digestivos.

O estudo analisou cerca de 16.600 mulheres americanas de mais de 60 anos que tinham feito pelo menos uma colonoscopia. Em 1.195 foram detetados pólipos ou adenomas colorretais.

Os autores do estudo, citados num artigo publicado na revista médica Gut do British Medical Journal observaram que as mulheres que tinham sido tratadas com antibióticos durante pelo menos dois meses cumulativos entre os 20 e os 39 anos tinham mais 36% de probabilidade de ter pólipos no colon ou reto comparativamente com as que tinham tomado menos antibióticos.

Entre as mulheres que tinham tomado antibióticos durante pelo menos dois meses entre os 40 e os 59 anos, a frequência de aparecimento de pólipos é 69% mais elevada.

Esta investigação constata uma probabilidade estatística, mas não estabelece ligação direta causa/efeito entre o consumo de antibióticos e o aparecimento de pólipos, advertem os autores.

Contudo, tal ligação terá “uma explicação biológica plausível”, sublinham, lembrado que se sabe que os antibióticos alteram a flora intestinal, diminuindo o número e a diversidade de bactérias presentes, e reduzem a resistência a infeções.

Os estudos observaram igualmente uma rarefação de algumas bactérias e a proliferação de outras naqueles pacientes que apresentam cancro colorretal.

“Estes dados juntam-se, assim, aos que já eram conhecidos sobre à importância da flora intestinal para a nossa saúde”, comentou Sheena Cruickshank, imunologista da Universidade de Manchester.

Contudo, prosseguiu, os antibióticos “são medicamentos essenciais para tratar infeções bacterianas e, quando prescritos pelos médicos e utilizados corretamente, podem salvar vidas”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A maior parte das pessoas não sabe o que são “probióticos”. Nem sequer são mencionados na notícia, como é possível!… Deveriam os médicos ser os primeiros a prescrever probióticos, para repor a flora intestinal, depois de ter sido destruída pelos antibióticos que receitaram. Pelos vistos, não estão a fazer bem o seu trabalho.

RESPONDER

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …