Consumidores pagam por azeite extra que afinal é só virgem

A associação de defesa dos consumidores Deco encontrou quatro amostras de azeite que estavam rotulados como “virgem extra”, mas que afinal eram “virgem”, significando que o consumidor está a pagar mais por um produto que vale menos.

Esta é uma das conclusões de uma avaliação feita pela Deco a 26 amostras de azeite rotulado como “virgem extra”, incluindo amostras de origem biológica e de denominação de origem protegida.

“No estudo a 26 azeites virgem extra, tal como anunciado no rótulo, detetámos quatro amostras não conformes, ou seja, que afinal pertencem à denominação “virgem”.

“Não se trata de uma questão reservada aos puristas, mas algo que se reflete na qualidade e no próprio preço”, refere a Deco, explicando que os azeite “virgem” são de categoria inferior relativamente aos “virgem extra”. .

A associação adianta que os consumidores estão a pagar a mais por produtos rotulados como azeite “virgem extra”, mas que, na realidade, são apena “virgem”.

Nesse sentido, a Deco sublinha que é “preciso ter um maior cuidado antes de proceder ao embalamento deste produto, ou seja, ter a certeza de que se trata de um azeite virgem extra que se manterá com qualidade ao longo do tempo”.

A Deco indica que já informou a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) dos resultados do estudo, que está atenta a este setor.

As análises realizadas descartam a hipótese de fraude, uma evolução face ao teste anterior, que detetou uma marca que misturou outros óleos vegetais refinados que não o originário da azeitona.

Quanto à acidez, nenhuma amostra ultrapassa o limite legal estabelecido para a categoria “virgem extra”.

O estudo da Deco detetou também que todas as marcas avaliadas estavam abaixo do limite geral estabelecido em relação à oxidação, considerando a associação que são “precisos cuidados redobrado durante a colheita e o armazenamento da azeitona”.

A Deco refere igualmente que “é preciso maior cuidado com a qualidade das azeitonas selecionadas”.

Segundo associação de defesa dos consumidores, os rótulos, em geral, estão corretos, mas “ficam-se pelo que se encontra legislado”, sendo possível implementar “grandes melhorias, incluindo informação nutricional detalhada, menção da variedade de azeitona, conselhos sobre o melhor uso do azeite e data de embalamento ou produção”.

A Deco considera que estas informações nos rótulos são úteis para os consumidores.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Vem aí um novo ecoponto (e vai ser castanho)

A partir de janeiro de 2024, todos os Estados-membros da União Europeia vão ser obrigados a ter um quarto contentor para a recolha seletiva do lixo. Desta vez, será castanho e passará a estar nas ilhas …

Federação Portuguesa de Futebol condena jogadores por viciação de resultados

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol condenou dois futebolistas e dois treinadores por manipulação de resultados no âmbito do caso "Jogo Duplo". O Público chama-lhe "uma decisão histórica". No âmbito do caso "Jogo …

Diferendo entre Galp/REN e ERSE pode custar 179 milhões de euros aos consumidores

As empresas de gás da Galp e da REN Portgás voltaram a impugnar as tarifas reguladas publicadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e avançaram com o décimo processo judicial. Caso vençam, os clientes …

Salário mínimo de 700 euros "é perfeitamente razoável", diz líder da CIP

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é "perfeitamente razoável" que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura. “Parece-me tão razoável como pode parecer outro …

Descoberto caminho de peregrinos mandado construir por Pôncio Pilatos em Jerusalém

Um caminho em pedra que terá sido usado há cerca de 2000 anos por peregrinos e mandado construir por Pôncio Pilatos foi descoberto perto do Monte do Templo, em Jerusalém, com uma centena de moedas …

Canadá. Trudeau luta por segundo mandato depois de meses de casos polémicos

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, corre o risco de perder a maioria nas legislativas de segunda-feira, tornando-se o primeiro chefe de governo canadiano apoiado por uma maioria parlamentar a falhar a reeleição desde 1935. Para …

Exumação de Francisco Franco já tem data marcada

Os restos mortais do ditador espanhol serão trasladados, esta quinta-feira, da Basílica do Vale dos Caídos, em Madrid, para o cemitério Pardo, nos subúrbios da capital espanhola. Em comunicado, o Governo espanhol adianta que, esta quinta-feira, …

"Sabe a muito pouco." Costa não tem "um Governo de combate"

No habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes disse que o novo Governo de António Costa não é novo, mas antes um "remodelação do anterior". "O primeiro erro político de António Costa" é, para …

A terceira eliminatória da Taça de Portugal deixou a sua "elite" ainda mais reduzida

Sete equipas da I Liga de futebol tombaram na terceira eliminatória da Taça de Portugal. A próxima ronda vai ter mais equipas do Campeonato de Portugal do que da "elite". A terceira eliminatória da Taça de …

Brexit volta a jogar-se no Parlamento. Presidente dos Comuns poderá travar nova votação

O Governo britânico, liderado pelo primeiro-ministro Boris Johnson, vai tentar aprovar o acordo alcançado para o Brexit no Parlamento esta segunda-feira, mas o Presidente da Câmara dos Comuns pode bloquear a nova votação. O sábado passado …