Congresso da Fenprof elege Mário Nogueira pela última vez

*Bloco / Flickr

O congresso da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) que vai eleger pela última vez Mário Nogueira como secretário-geral da federação começa esta sexta-feira em Lisboa, com a avaliação da legislatura e a definição da continuidade da luta sindical em agenda.

A reeleição de Mário Nogueira para o seu último mandato à frente da federação de professores que dirige desde 2007 será um dos momentos do 13.º Congresso da Fenprof, que decorre sexta-feira e sábado no Fórum Lisboa.

O congresso conta com a presença de mais de 650 delegados, “dos quais 85% eleitos nas escolas pelos docentes sindicalizados nos sindicatos que integram a Fenprof”, de acordo com informações disponibilizadas pela estrutura sindical.

“Para além dos delegados, estarão presentes muitos convidados nacionais e estrangeiros, estando confirmada a presença de 47 convidados, de 35 organizações de 27 países, com particular destaque para a presença de delegações dos países da CPLP, Europa e América Latina. Também estará presente o Secretário-Geral da Internacional de Educação, David Edwards, e o presidente da Federação Mundial de Trabalhadores Científicos (FMTS), Jean Paul Lainé”, adianta a Fenprof em comunicado.

O 13.º Congresso terá como tema a carreira docente, que completa 30 anos, e que, segundo a Fenprof, “tem sobre si as piores intenções por parte dos que, pretendendo desvalorizar o exercício da profissão docente, querem revê-lo”.

Avaliar a legislatura e preparar a ação sindical em defesa da contagem de todo o tempo de serviço, a começar ainda durante o período de campanha eleitoral, são pontos na agenda do congresso.

“A luta vai a meio”, disse Mário Nogueira, que será reeleito secretário-geral na reunião magna, de acordo com o Público. A derrota de que se evita falar na Fenprof acabou por estar na base da decisão de Mário Nogueira se recandidatar a um novo mandato como secretário-geral da maior federação de sindicatos de professores.

O anúncio da recandidatura aconteceu logo após a votação final da apreciação parlamentar da matéria. O secretário-geral da Fenprof garante que vai para o novo mandato “com a força toda e cheio de entusiasmo”.

Há ainda momentos culturais, com atuações da Orquestra Geração e da Companhia de Dança CiM — Vo’Arte, para além da conclusão da campanha de solidariedade dos professores com Moçambique e as vítimas do ciclone Idai, com a entrega do material escolar recolhido nos sindicatos e nas escolas, que será enviado para aquele país pela organização não-governamental Helpo.

O encerramento dos trabalhos acontece ao final da tarde de sábado, com intervenções do secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, e do secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fisco quer devolução de 3,5 milhões de euros por erro em declarações de IRS de 2015

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou um erro na liquidação de declarações de IRS relativas a 2015, que implicou um novo apuramento do imposto em cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 …

Afeganistão declara derrota do Daesh no principal bastião no país

O Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, anunciou esta terça-feira a derrota do grupo extremista Daesh na província de Nangarhar, no leste, considerado um dos principais bastiões do grupo 'jihadista' no país. "Quem poderia imaginar há um …

Parlamento vota Orçamento do Estado a 10 de janeiro

O Orçamento do Estado para 2020 será discutido na generalidade em 9 e 10 de janeiro, na Assembleia da República, com votação final global marcada para 7 de fevereiro. Segundo o jornal Público, as duas primeiras …

Legionella. Fase de instrução do surto de Vila Franca de Xira começa hoje

O início desta fase facultativa, em que o Tribunal de Instrução Criminal de Loures vai decidir se o processo segue e em que termos para julgamento, está agendado para as 09h30 e decorrerá à porta …

Um dos mais influentes empresários de Malta foi detido no caso da morte de jornalista

Foi detido no seu iate o magnata Yorgen Fenech, um relevante empresário de Malta, no âmbito das investigações à morte da jornalista Daphne Caruana Galizia que estava a investigar pessoas influentes do país pelo alegado …

Presidente argentino diz que vai pagar dívida ao FMI, mas recusa mais ajustes fiscais

O Presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, assegurou na terça-feira ao Fundo Monetário Internacional (FMI) que o país vai cumprir com os compromissos em matéria de dívida, mas rejeitou aplicar mais ajustes fiscais. "Desenvolvemos um plano …

Vieira garante "reforma" de 3,8 milhões de euros com OPA do Benfica à SAD

A OPA parcial lançada pelo Benfica à sua própria SAD desportiva vai beneficiar os accionistas com um encaixe potencial de mais de 24 milhões de euros. Luís Filipe Vieira está entre esses beneficiados, podendo encaixar …

Pingo Doce

Trabalhadora do Pingo Doce terá sido impedida de ir à casa de banho (acabou por urinar na caixa)

Uma funcionária de um hipermercado Pingo Doce terá solicitado, por várias vezes, para ir à casa de banho, sem ter sido autorizada para isso, o que a levou a urinar-se no posto de trabalho. Uma …

Senado dos EUA aprova projeto de lei de apoio aos direitos humanos e democracia em Hong Kong

O Senado norte-americano aprovou, na terça-feira, por unanimidade, um projeto de lei de apoio aos direitos humanos e à democracia em Hong Kong, numa altura em que os protestos no território se tornam mais violentos. O …

Orçamento de 2% para a Cultura vai ser atingido em quatro anos

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, disse esta terça-feira que o horizonte de 2% da despesa do Orçamento do Estado, com origem nas receitas gerais para a cultura, será atingido em quatro anos, com um …