Condutora da Carris despedida por desviar 7,40 euros

Uma guarda-freio da Carris foi despedida por “perda de confiança” depois de revender a turistas dois bilhetes já vendidos, num desvio de 7,40 euros.

Inicialmente, o Tribunal da Relação de Lisboa considerou o despedimento desproporcional e anulou a decisão. No entanto, há dias, o Supremo Tribunal de Justiça confirmou a sanção à mulher, considerando válido o despedimento devido a “perda de confiança” da entidade empregadora na funcionária.

De acordo com o Jornal de Notícias, a condutora, com 12 anos de antiguidade, admitiu ter vendido, a 31 de março de 2017, duas tarifas de bordo do Elevador da Glória e não ter entregue os respetivos bilhetes. Menos de uma hora depois, revendeu-os a outros dois turistas. A funcionária justificou a atitude com o objetivo de cobrir parte dos 16 euros que faltavam na caixa por ter dado troco a mais num outro caso de venda de bilhetes.

Contudo, uma fiscalização de controlo de tráfego, naquele dia, levou a que o esquema fosse descoberto. Os fiscais comprovaram que os bilhetes dos turistas já tinham uma hora e, depois de os questionarem sobre se aquela seria a sua segunda viagem, perceberam que existia algum problema.

A guarda-freio admitiu que os turistas não tinham culpa. Em maio do mesmo ano, foi emitida uma nota de culpa no âmbito de um processo disciplinar e, em junho, a funcionária foi despedida por justa causa.

Depois de a trabalhadora impugnar o despedimento por justa causa, por não se conformar com a decisão, em primeira instância foi validada a decisão da empresa. Mas, após recurso da guarda-freio, a Relação de Lisboa considerou o despedimento ilícito por “não ter vislumbrado proporcionalidade entre a conduta e a sanção decretada“. Os juízes desembargadores ordenaram a sua reintegração e obrigaram ainda a empresa a pagar à funcionária os salários em falta desde o despedimento.

Mas a Carris recorreu para o Supremo, alegando “conduta desleal e desonesta” e perda de confiança. No acórdão, os juízes consideraram o despedimento adequado e “proporcional à culpabilidade do trabalhar” e a mulher perdeu o emprego.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Acho muito bem!
    Nem que fosse por 0,01€!!
    Desvio é furto e claro que a sanção mínima só podia ser o despedimento por justa causa.

    • Também acho muito bem, mas desvio não será furto quando a quantia em causa não são 7,4 euros, mas vários milhões. Aí, passa a ser qualquer coisa como “erro administrativo”e ninguém é responsabilizado.

  2. crime é sempre crime
    mas eu pergunto: quando é que despedem os administradores da carris por desviarem dinheiro (comprar carros novos sem necessidade, etc, por isso é que a carris tem prejuizos)?

  3. … desviou 7.40€ em Maio e em Junho já estava na rua…
    Agora se fossem milhões…
    Queremos funcionários da Carris no governo sff.

  4. Isto apenas ilustra o que eu sempre defendi. Os políticos não são seres especiais em Portugal. Apenas têm mais oportunidades, e de maior montante, para pôr a mão. Arrisco-me a dizer que todo o país anda a roubar. Vejam a antiga brigada de trânsito, os concursos para as bases aéreas, os leitões que entram nas repartições públicas, os concursos públicos onde o vencedor é que fez o caderno de encargos, os concursos de emprego para o estado e autarquias onde entram os amigos, familiares e partidários.
    Em síntese, o nosso país é uma merda de alto a baixo!

  5. Sempre ouvi diser que para roubar tem que ser muito, para calar e dividir algum.Quando é pouco ou se é preso ou se perde o emprego. Coitada da Senhora tinha que ter liçoes do Governo dos gestores etc etc.
    Atençao que nao estou a louvar este acto desta Senhora.

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …