Primeiro condenado por notícias falsas na Malásia recebe uma semana de prisão

Um tribunal da Malásia impôs esta segunda-feira uma semana de prisão a um dinamarquês de origem iemenita por divulgar um vídeo crítico à polícia. Esta é a primeira condenação imposta no país desde a aprovação da lei contra as notícias falsas.

Salah Salem Saleh Sulaiman, de 46 anos, declarou-se culpado perante o juiz que também lhe impôs uma multa de 10.000 ringgit (cerca de 2 mil euros), segundo o jornal The Star.

O acusado publicou no YouTube um vídeo no qual assegurava que estava presente quando um engenheiro palestiniano vinculado ao Hamas foi assassinado este mês em Kuala Lumpur, denunciando o atraso a chegar da Polícia e ambulância apesar das suas insistentes chamadas.

A Polícia, por outro lado, assegurou que chegou ao local em 10 minutos e apresentou uma denúncia contra Salah, detendo-o a 23 de abril.

Salah chegou há três semanas ao país com um visto de visita e hospedava-se em casa de um amigo perto da habitação da vítima, que não conhecia, segundo o jornal The Sun Daily.

O Parlamento malaio aprovou a 2 de abril a controversa nova lei que castiga a criação e difusão de notícias falsas, conhecidas como fake news, com penas que podem ir até aos 10 anos de prisão.

Diversas organizações de defesa dos direitos humanos denunciaram a nova norma como instrumento de censura.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Trump admite testemunhar no inquérito para a sua destituição

O Presidente dos EUA admitiu, esta segunda-feira, "considerar seriamente" a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. "Embora não tenha feito nada de errado e não goste de …

INE espanhol está a "espiar" telemóveis para estudo estatístico

Um estudo do INE espanhol está a receber duras críticas por alegadamente infringir a privacidade de dados dos cidadãos. O gabinete irá monitorizar os telemóveis dos espanhóis. O Instituto Nacional de Estatística (INE) de Espanha deu …

Donald Tusk vai presidir o Partido Popular Europeu

O presidente do Conselho da União Europeia (UE) é o único candidato à presidência do Partido Popular Europeu (PPE) e vai suceder no cargo ao francês Joseph Daul. Esta será a primeira vez que um europeu …

EUA. Casal vegan vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses

Um casal americano, que segue uma alimentação vegan, vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses, por malnutrição. Ambos vão permanecer detidos até à data do julgamento, em dezembro. Segundo noticiou …

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …