Condenação de polícias por “excessos” cometidos em serviço é “absurdo”, diz Bolsonaro

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na quinta-feira que é um “absurdo” a condenação de polícias por “excessos” cometidos em serviço, acrescentando que existem prisões com “muitos inocentes”.

“Ao conversar com eles [polícias e bombeiros militares numa prisão], mais do que o sentimento, [tinha] a certeza de que lá dentro tinha muitos inocentes. Tinha culpados? Tinha, mas também tinha muito inocente. Basicamente por causa de quê? Do excesso”, declarou Jair Bolsonaro, ao referir-se a visitas que realizou à prisão da Polícia Militar em Benfica, no Rio de Janeiro, segundo noticiou o G1, citado pela agência Lusa.

“Na madrugada, na troca de tiros com marginais, se o polícia dá mais de dois tiros, faz sentido que seja condenado por excesso? Isso é um absurdo”, frisou o chefe de Estado.

O mandatário falou ainda sobre o chamado auto de resistência, que é quando o alegado criminoso resiste à investida policial e é morto em seguida. Para Jair Bolsonaro, autos de resistência são um “sinal” de que o agente está a “fazer a sua parte”.

“Muitas vezes vemos um polícia militar, que é mais conhecido, a ser alçado para uma função, e vem a imprensa dizer que ele tem 20 autos de resistência. Tinha que ter era 50. É sinal que ele trabalha, que ele faz sua parte e que ele não morreu. Ou queriam que nós providenciássemos empregos para a viúva?”, questionou, ironizando.

As declarações de Jair Bolsonaro foram prestadas durante uma cerimónia no Palácio do Planalto, em Brasília, para o lançamento de uma campanha publicitária a favor do pacote anticrime, proposto ao Congresso em fevereiro deste ano pelo ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Marcelo Camargo / Abr

Sérgio Moro

“Pacote Anticrime. A lei tem que estar acima da impunidade” é o slogan da campanha, que será publicitada até ao final deste mês, e será difundida nos meios de rádio, televisão, internet, cinema, além de outdoors.

Elaborada pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, “a estratégia pretende mostrar à sociedade brasileira a importância da revisão do arcabouço jurídico da segurança pública e da adequação das leis da área à realidade atual do país”, diz o Ministério da Justiça no seu site.

“Precisamos de mandar uma mensagem clara para a sociedade, de que os tempos do Brasil sem lei e sem justiça chegaram ao final. Que o crime não compensa e que não seremos mais um paraíso para a prática de crimes ou para criminosos“, disse Sérgio Moro no seu discurso.

Norteado pelo combate à corrupção, ao crime organizado e aos crimes violentos, o Pacote Anticrime foi uma das ações prioritárias dos primeiros 100 dias de Governo de Bolsonaro.

“Sessenta mil homicídios por ano não é um número normal e aceitável. A impunidade da grande corrupção não é moralmente aceitável. Não podemos ter uma política de convivência pacífica com essas grandes organizações criminosas e a mensagem mais forte é aquela mensagem que pode vir do Governo e do parlamento, com a aprovação de leis rigorosas em relação a essa criminalidade”, defendeu ainda o ministro.

ZAP // //

PARTILHAR

RESPONDER

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …