O colesterol “bom” afinal não é nada bom

Foi aceite durante muitos anos que, quanto mais colesterol “bom” as pessoas tivessem no sangue, melhor. Mas o colesterol bom, também conhecido como HDL, pode não ser assim tão bom quanto pensávamos.

Os resultados de um novo estudo da Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, contradizem seriamente o pressuposto de que níveis elevados de HDL no sangue são apenas uma coisa boa.

Os investigadores mostraram que as pessoas com níveis extremamente elevados de colesterol “bom” apresentam maior taxa de mortalidade do que as pessoas com níveis normais. Para homens com níveis extremamente elevados, a taxa de mortalidade foi 106% maior do que para o grupo normal. No caso das mulheres com níveis extremamente elevados, a taxa de mortalidade foi 68% maior.

“Estes resultados mudam radicalmente a forma como vemos o “bom” colesterol. Os médicos, tal como eu, habituaram-se a felicitar os pacientes que tinham um nível muito alto de HDL no sangue. Mas não devemos fazê-lo, porque este estudo mostra um aumento dramático da taxa de mortalidade“, diz Børge Nordestgaard, professor do Departamento de Medicina Clínica e um dos autores do estudo.

Os investigadores analisaram dados de 116 mil indivíduos do Estudo do Coração da Cidade de Copenhaga e do Estudo de População Geral de Copenhaga, em combinação com dados de mortalidade do Sistema Dinamarquês de Registo Civil. Seguiram este grupo durante uma média de seis anos e basearam o estudo em pouco mais de 10.500 mortes.

A equipa conseguiu calcular a taxa de mortalidade com base nessas mortes e nas informações médicas sobre os participantes. 0,4% dos homens e 0,3% das mulheres abrangidas pelo estudo apresentaram um nível extremamente alto de HDL no sangue e 1,9% dos homens tiveram um nível muito alto.

O estudo também encontrou mortalidade excessiva em pessoas com níveis extremamente baixos de HDL no sangue. As pessoas com níveis médios de HDL no sangue tiveram a menor mortalidade. Para os homens, esse nível foi de 1,9 mmol / L. Para as mulheres, era de 2,4 mmol / L.

Estudos anteriores realizados nos EUA mostraram correlações semelhantes entre colesterol “bom” e a mortalidade excessiva entre grupos populacionais específicos, mas esta é a primeira vez que a mortalidade excessiva foi demonstrada na população em geral.

Nordestgaard, que também trabalha como consultor médico no Departamento de Bioquímica Clínica do Hospital Herlev e Gentofte, espera que os resultados possam mudar a nossa percepção sobre o HDL.

“Parece que precisamos de remover o foco do HDL como um importante indicador de saúde na pesquisa, nos hospitais e na clínica geral. Estes são as menores lipoproteínas do sangue e talvez devêssemos examinar algumas das maiores em vez disso. Por exemplo, observar os níveis sanguíneos de triglicerídeos e LDL, o colesterol “mau”, provavelmente são melhores indicadores de saúde”, observa.

Porém, o novo estudo examina apenas a correlação estatística entre a mortalidade e os níveis de HDL. Portanto, não é possível explicar porque é que as pessoas com níveis de HDL extremamente altos ou baixos têm maior mortalidade.

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Claro que sim! Por este artigo se vê que o jornalismo se faz sem saber nada do assunto …lamento que estas notícias sejam divulgadas com tanta leviandade. As HDL são “ligeiramente” protetoras em casos de certos indivíduos que apresentem uma relação maior do que 1 ( mas nunca muito maior o que 2) para o quociente concentração de HDL por concentração de LDL. Há ainda a saber que quer as HDL (“colesterol bom”) e as LDL (“colesterol mau”) são lipoproteínas e como tal são lípidos (gorduras que circulam na corrente sanguínea). Há ainda mais as HDL são as percursoras das LDL, portanto não compreendo qual o contributo desta notícia para o público em geral. Há anda a acrescentar que uma taxa de mortalidade nunca pode ser superior a 100%, como é afirmado nesta notícia. Ass. Mestre em Bioquímica Clínica pré Bolonha!

  2. Façam lá os estudos todos e depois digam os resultados…
    Andamos sempre a ouvir cientistas/investigadores que dizem e depois desdizem, em que ficamos ?
    Na minha família, as pessoas com o colesterol mais elevado (acima dos 250), não ligam a esses estudos, não tomam nem nunca tomaram qualquer medicação (que também já vieram dizer que é prejudicial), e vão tendo 92, 91, 85, 77 e eu, 54 anos e até à data… está-se bem !!

  3. dêem as voltas que lhe derem estatinas é que eles não me fazem engulir. é um pouco aquela máxima que diz: tussas ou não estatinas não tomas.

  4. Afinal lendo esta noticia até ao final, fez com que não mudasse de opinião em relação ao “Colesterol Bom”, pois se se fala em excesso de “colesterol bom”, não sei se alguém pensaria que ter excesso de colesterol no sangue do “bom” ou do “mau” fosse benéfico para a saúde, é o mesmo que acreditar que se um comprimido de um qualquer medicamento tomado de 8H e 8H é benéfico para o paciente, então tomar uma caixa por hora trará melhores resultados (Só se for para o dono da agência funerária).

  5. Falta um estudo essencial e que eu posso já adiantar, a taxa de mortalidade dos seres vivos é de 100%, não fica cá nenhum… Fora de brincadeiras, este tipo de notícias é muito bom para incrementar a venda de medicamentos, a indústria farmacêutica agradece. E o povo, aterrorizado com estes estudos, corre logo ao médico a pedir medicamentos para o seu “grande mal”, médicos esses que nem precisam do incentivo do povo para receitarem medicamentos que os utentes não precisam, tudo para alimentar a indústria farmacêutica.
    É apenas a minha opinião e o que eu tenho observado por experiência própria.

  6. Vejam o documentário que passou na RTP1, “Colesterol – A grande farsa” – youtube.com/watch?v=0WGFS881ULE

    Mais uma vez chego a esta conclusão: o que move a indústria farmacêutica é apenas uma coisa: $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ CIFRÕES $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

RESPONDER

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …