Cocktail bebível pode abrir caminho para o tratamento do Alzheimer

Um cocktail bebível, desenvolvido por cientistas da Universidade de Yale, foi capaz de reparar ligações nervosas vitais e reverter a perda de memória típica da doença de Alzheimer.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, acredita ter descoberto uma potencial cura para a doença de Alzheimer: um cocktail de medicamentos bebível, inédito que atua ao nível da reversão da perda de memória.

Esta invenção pode mesmo vir a ser a primeira cura para aquela que é a forma mais comum de demência, admite o Diário de Notícias.

Apesar de, atualmente, a Ciência conseguir diagnosticar a doença de Alzheimer, ainda não conseguiu perceber o motivo pelo qual algumas pessoas a desenvolvem e outras não. A cura também não foi alcançada, o que faz com que a atenção do mundo se volte agora para aquele que já é considerado como o “avanço revolucionário” por várias entidades internacionais ligadas à demência.

“Queríamos descobrir moléculas que pudessem ter um efeito terapêutico na rede que acompanha a progressão do Alzheimer”, explicou o neurologista Stephen Strittmatter, diretor do Centro de Pesquisa da Doença de Alzheimer de Yale e principal autor do estudo, publicado na Cell Reports.

Na prática, a aglutinação entre peptídeos beta-amiloide – o principal constituinte das placas de amiloide observadas no cérebro de pessoas com Alzheimer – e proteína priónica – que acaba a invadir o sistema nervoso central do hospedeiro, destruindo-o – desencadeia uma sucessão de eventos devastadores, como a acumulação de placas, resposta destrutiva do sistema imunitário e lesão das sinapses.

A equipa de cientistas procurou então interferir com a degradação típica da doença decompondo antibióticos em polímeros e otimizando-os antes de passar à fase de os desenvolver de modo a administrá-los em ratos com Alzheimer.

Num mês, os especialistas notaram que o cocktail fez uma transformação significativa no cérebro das cobaias: permitiu-lhes recuperar memória perdida e reparou conexões celulares nervosas primordiais que ninguém pensava poderem ser restauradas de novo.

O próximo passo da equipa é tornar a beberagem viável também para os pacientes humanos e, assim, abrir portas para o tratamento do Alzheimer.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Magia termodinâmica. Dispositivo promete transformar água a ferver em gelo sem consumir energia

Físicos da Universidade de Zurique, na Suíça, desenvolveram um dispositivo incrivelmente simples que permite que o calor flua temporariamente de um objeto frio para outro objeto quente sem precisar de uma fonte de alimentação externa. Para …

Papagaio cúmplice de criminosos detido pelas autoridades brasileiras

No Brasil, um papagaio cúmplice de traficantes de droga foi preso pelas autoridades. O animal avisava o casal de criminosos da chegada da polícia. Na favela da cidade de Teresina, no Brasil, o papagaio dizia "a …

Há duas portuguesas desaparecidas e sete mortos após naufrágio em São Tomé e Príncipe

O número de mortos causados pelo naufrágio de um navio perto da ilha são-tomense do Príncipe subiu para sete, existindo ainda 10 desaparecidos, disse fonte do governo regional. “Mais um corpo sem vida, de uma criança, …

Casal está em risco de pena de morte por construir uma casa no mar

Um americano e a sua namorada tailandesa podem terminar os seus dias na prisão ou até serem condenados à morte. As autoridades da Tailândia acusam o casal de ter construído uma casa em águas do país …

Muitas pessoas não se conseguem localizar num mapa

Quando o mau tempo ameaça, os meteorologistas usam mapas para mostrar onde estão localizadas as tempestades e para onde vão. Mas é importante que as pessoas saibam se estão no caminho destas catástrofes. Uma percentagem substancial …

Milícia planeava assassinar Barack Obama e Hillary Clinton

O líder de uma milícia norte-americana que capturava imigrantes sem documentos na fronteira com o México, Larry Hopkins, foi detido no sábado e confessou ao FBI que o grupo planeava matar Barack Obama, Hillary Clinton …

Urina ajuda arqueólogos a acompanhar a ascensão da agricultura

Estudar os vestígios de urina de ovelhas e cabras está a fornecer aos arqueólogos um vislumbre da domesticação de animais numa aldeia turca há 10.000 anos. Uma das transições mais marcantes da História foi quando o …

Inscrição antiga revela o que aconteceu à cidade prestes a tornar-se a capital da Assíria

Cientistas decifraram um texto do Rei Sargão II da Assíria, que governou entre 722 e 705 a.C. A inscrição, mal conservada, relata a conquista da cidade de Carquemis, descobrindo os planos para transformá-la na nova …

Uma das praias mais famosas do Hawai está prestes a ficar submersa

Os legisladores estão a tomar medidas para enfrentar os efeitos da mudança climática antes que seja tarde demais numa nova tentativa de reconstruir a famosa praia de Waikiki para proteger os moradores de futuras inundações. O …

Afinal, a chita não é o animal mais rápido do mundo

A classificação dos animais mais rápidos do planeta não tem, na maioria das vezes, em conta a proporção do seu tamanho e da sua velocidade máxima. Esta classificação, que utiliza como medida a quantidade de segundos …