Cocktail bebível pode abrir caminho para o tratamento do Alzheimer

Um cocktail bebível, desenvolvido por cientistas da Universidade de Yale, foi capaz de reparar ligações nervosas vitais e reverter a perda de memória típica da doença de Alzheimer.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, acredita ter descoberto uma potencial cura para a doença de Alzheimer: um cocktail de medicamentos bebível, inédito que atua ao nível da reversão da perda de memória.

Esta invenção pode mesmo vir a ser a primeira cura para aquela que é a forma mais comum de demência, admite o Diário de Notícias.

Apesar de, atualmente, a Ciência conseguir diagnosticar a doença de Alzheimer, ainda não conseguiu perceber o motivo pelo qual algumas pessoas a desenvolvem e outras não. A cura também não foi alcançada, o que faz com que a atenção do mundo se volte agora para aquele que já é considerado como o “avanço revolucionário” por várias entidades internacionais ligadas à demência.

“Queríamos descobrir moléculas que pudessem ter um efeito terapêutico na rede que acompanha a progressão do Alzheimer”, explicou o neurologista Stephen Strittmatter, diretor do Centro de Pesquisa da Doença de Alzheimer de Yale e principal autor do estudo, publicado na Cell Reports.

Na prática, a aglutinação entre peptídeos beta-amiloide – o principal constituinte das placas de amiloide observadas no cérebro de pessoas com Alzheimer – e proteína priónica – que acaba a invadir o sistema nervoso central do hospedeiro, destruindo-o – desencadeia uma sucessão de eventos devastadores, como a acumulação de placas, resposta destrutiva do sistema imunitário e lesão das sinapses.

A equipa de cientistas procurou então interferir com a degradação típica da doença decompondo antibióticos em polímeros e otimizando-os antes de passar à fase de os desenvolver de modo a administrá-los em ratos com Alzheimer.

Num mês, os especialistas notaram que o cocktail fez uma transformação significativa no cérebro das cobaias: permitiu-lhes recuperar memória perdida e reparou conexões celulares nervosas primordiais que ninguém pensava poderem ser restauradas de novo.

O próximo passo da equipa é tornar a beberagem viável também para os pacientes humanos e, assim, abrir portas para o tratamento do Alzheimer.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …