A Coca-Cola quer entrar no mercado das bebidas com canábis

Atenta ao crescente mercado das bebidas infundidas em canábis, a Coca-Cola está a planear uma possível entrada neste mercado, que expandiria as ambições da maior fabricante do mundo de refrigerantes.

A empresa norte-americano anunciou o seu interesse esta segunda-feira, afirmando estar em conversação com a empresa canadiana Aurora Cannabis Inc. para desenvolver bebidas infundidas com canabidiol (CBD) – óleo extraído das sementes de cânhamo (Cannabis sativa L.) -, substância química não psicoativa encontrada na canábis.

A partir do próximo dia 17 de outubro, a canábis vai ser legalizada no Canadá. A Coca-Cola procura juntar-se a outras empresas produtoras de cerveja e cigarros para testar este tipo de mercado no país.

Em declarações distintas, a Coca-Cola e Aurora disseram estar interessadas no mercado das bebidas infundidas com canabidiol, mas não adiantaram detalhes. Depois do anúncio, as ações da Aurora subiram 17%, já as da Cola-Cola registaram um ligeiro aumento.

As bebidas com CBD não têm efeitos psicoativos mas, provavelmente, visam aliviar a inflamação, a dor e as cólicas.

Os produtos baseados em CBD seriam diferentes dos produzidos pela indústria das bebidas alcoólicas, que visam gerar sensações através do uso do tetrahidrocanabinol (THC), o principal produto químico psicoativo presente na canábis.

As produtoras de cerveja Constellation Brands, Molson Coors e Heineken já estão presentes neste mercado. Por exemplo, a cerveja artesanal da Heineken, Lagunitas, lançou recentemente o Hi-Fi Hops, uma espécie de água tónica com sabor de cerveja infundida nas substâncias de THC e CBD.

Produtos mais saudáveis

A Coca-Cola procura um segmento de rápido crescimento que se encaixa bem na sua área de produtos funcionais de bem-estar. Recentemente, a gigante norte-americana lançou um novo sabor no Brasil, a Coca-Cola Plus Café Espresso, com 40% mais cafeína e 50% menos açúcar relativamente à Coca-Cola original.

“Provavelmente, as bebidas THC ficam melhor com os fabricantes de cerveja, e talvez a CBD se encaixe melhor com a Coca-Cola, tendo em conta as suas preocupações com a saúde e o bem-esyar”, disse o analista da Liberum, Nico von Stackelberg.

Há também um crescente interesse por parte do consumidor pelo CBD, uma vez que as suas propriedades servem perfeitamente como ingredientes para bebidas de recuperação desportiva. Aliás, produtos como a Gatorade podem também interessar-se pelo novo mercado canadiano.

Além da Aurora, as empresas de canábis Tilray e Aphria também são alvos de parcerias com grandes companhias que querem explorar esse negócio na América do Norte.

O Canadá é a primeira grande economia a legalizar a canábis para fins recreativos. Vários estados dos Estados Unidos já legalizaram a canábis, mas a substância continua a se proibida pela lei federal.

PARTILHAR

RESPONDER

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …