Afinal, a história da “civilização perdida” de Cahokia pode estar errada

Uma análise a fezes humanas concluiu que a cidade de Cahokia, que agora se localiza entre os estados norte-americanos Illinois e Saint Louis, foi abandonada apenas durante um curto período de tempo.

Situada nas margens do rio Mississippi, a cidade de Cahokia, agora esquecida, já foi uma metrópole movimentada, lar da cultura indígena desta região. Atualmente, ninguém sabe o que lhe aconteceu. Diz-se que as dezenas de milhares de habitantes simplesmente “desapareceram”.

Mas, agora, segundo o Science Alert, uma análise às fezes humanas concluiu que se trata de uma história totalmente diferente: a área foi abandonada apenas durante um curto período de tempo.

O abandono generalizado de Cahokia, entre 1450 e 1550 d.C., é uma época conhecida como “vacant quarter”. Ao longo dos anos, as investigações arqueológicas indicaram vários fatores que contribuíram para essa queda, incluindo conflitos, movimento populacional, inundações, secas, mudanças climáticas e exploração excessiva de recursos.

“Embora possam pensar que a região de Cahokia fosse uma cidade fantasma na época do contacto Europeu, a verdade é que conseguimos reunir uma presença Nativa Americana na área que durou séculos”, declara o antropólogo A.J. White, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e um dos autores do estudo publicado, em janeiro, na revista científica American Antiquity.

Certas assinaturas moleculares nas fezes humanas, chamadas estanóis, podem ser lavadas em lagos e outras bacias pela chuva, o que significa que, quanto mais destes encontrarmos em sedimentos antigos, é provável que mais pessoas morassem nas proximidades.

Não muito longe dos famosos montes de Cahokia, no estado de Illinois, os arqueólogos desenterraram dois núcleos de sedimentos de lados opostos do lago Horseshoe. Os resultados sugerem que, após atingir um ponto baixo, a população começou a ressurgir novamente em 1500 d.C. Só em 1700, bem depois da chegada dos colonos Europeus, os estanóis fecais começaram a mostrar um declínio.

De acordo com o mesmo site, este timing também é digno de nota. Durante o aumento da população, outras populações nativas nos EUA, Canadá e Caraíbas estavam a passar por um sério declínio devido à violência e doenças estrangeiras disseminadas pelos Europeus.

Longe da costa, os habitantes de Cahokia provavelmente estiveram “protegidos” dessas vicissitudes durante algum tempo, embora não tenha sido para sempre. Hoje, muitos afirmam que a tribo de Illinois já não existe, mas a equipa de investigadores argumenta que “o despovoamento e a realocação não equivalem à extinção cultural”.

Num estudo anterior que também analisou amostras antigas de fezes, publicado em 2019, White encontrou evidências de secas e inundações que poderiam ter contribuído para a população flutuante de Cahokia em 1300.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …