City campeão (perdia por 0-2 aos 75 minutos), United com pior época de sempre

Andrew Yates/EPA

Manchester City campeão 2021/22

Manchester City venceu a Premier League mas o cenário esteve muito “tremido”, na última jornada. United nunca terminou com tão poucos pontos.

O Manchester City é novamente o campeão inglês de futebol.

A equipa de Pep Guardiola conquistou a Premier League pela segunda época consecutiva – quarta nos últimos cinco anos – ao vencer o Aston Villa por 3-2, na última jornada. Mas estava a perder por 0-2 a um quarto de hora do final.

Ao intervalo do jogo deste domingo, o Aston Villa já vencia, graças ao golo de Matty Cash. Aos 68 minutos o estádio do City quase se silenciou quando Philippe Coutinho fez o 0-2.

Todos os adeptos da casa esperavam recuar uma década: em 2012, também na última jornada e também em casa, o Manchester City perdia por 1-2 contra o Queens Park Rangers aos 91 minutos; mas Džeko e Agüero marcaram nos descontos e o City foi campeão.

10 anos depois, não foi preciso marcar no período de compensação mas a reviravolta surgiu novamente.

Quase em simultâneo com o 0-2, Bernardo Silva saiu. Provavelmente houve protestos nas bancadas, por verem İlkay Gündoğan em campo no lugar do português. Mas foi precisamente o internacional alemão que reduziu aos 75 minutos e que completou a reviravolta aos 80. Entre o bis de Gündoğan, surgiu o empate, por Rodri Hernández, aos 77 minutos.

O Manchester City marcou três golos em cinco minutos, todos dentro do último quarto de hora, e foi campeão da Premier League pela oitava vez (seis delas desde 2012).

À mesma hora o Liverpool venceu em casa o Wolverhampton por 3-1, conseguindo marcar dois golos nos últimos seis minutos, mas não saiu do segundo lugar do campeonato, com menos um ponto do que o campeão.

No meio dos festejos, com direito a invasão de campo, Robin Olsen foi agredido no relvado. O Manchester City já pediu desculpas ao guarda-redes do Aston Villa e assegurou que, assim que o agressor seja identificado, esse adepto nunca mais vai entrar no estádio.

United, pior época de sempre

O Manchester United registou a sua pontuação mais baixa de sempre, desde que há Premier League (criada em 1992). Um recorde que já se tinha confirmado na jornada anterior.

Na época de regresso de Cristiano Ronaldo, 58 pontos para o “grande” inglês, depois de ter perdido novamente: 1-0 no terreno do Crystal Palace, na última jornada.

O pior registo era de 2013/14, com 64 pontos – e uma posição final pior, na altura, com o sétimo lugar. Desta vez o United ficou no sexto posto (porque o West Ham, que só estava a dois pontos, também perdeu na última jornada). Vai estar na Liga Europa, na próxima temporada.

O Manchester United só ganhou 16 vezes em 38 jornadas; é também o seu pior registo de sempre, neste contexto. E as 12 derrotas igualam a campanha de 2013/14, a pior do seu currículo na Premier League.

A turma de Old Trafford sofreu 57 golos; nunca tinha sofrido tantos golos numa edição da Premier League. Curiosamente também marcou 57 vezes.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.