Cinco dicas para sobreviver aos Santos Populares

p_v a l d i v i e s o / Flickr

Convertendo a música de Lenita Gentil: o Santo António está a chegar; o São Pedro ainda vai começar; São João, São João, dá cá um guia de sobrevivência para nos Santos eu brincar. O Espalha-Factos dá-te cinco dicas para sobreviver nas festas dos Santos Populares.

A noite do dia 12 de junho em Lisboa é o auge da celebração do Santo António, mas também da confusão. Mais tarde, na noite de 23 de junho, o caos instala-se no Porto e além de rezar a São Pedro o melhor é prevenir.

1. Traçar o percurso

Andar de bairro em bairro pode não ser o programa ideal. A confusão das ruas faz com que o percurso entre bairros, que demoraria minutos num dia normal, acabe por demorar horas nas noites que antecedem o dia dos Santos padroeiros da cidade de Lisboa e Porto.

O melhor é guardar a energia para dançar num só bairro e traçar desde inicio com o grupo de amigos: onde apanhar os transportes (o carro é melhor esquecer em noite de Santos Populares), onde comer e o arraial onde ficar a dançar a noite toda.

2. Chegar cedo

Esta pode ser uma das dicas essenciais para começar a noite de uma forma tranquila. É a melhor forma de encontrar mesa – especialmente se for um grupo grande – e de aproveitar o bailarico.

3. Escolher onde comer e beber para poupar na carteira

O melhor nestes dias é sempre comparar preços. Seja o caldo verde, a sardinha assada, a bifana ou o chouriço assado, os preços diferem entre barraquinhas. Quanto ao vinho, cerveja ou até a ginjinha também podem diferir.

Seja para aquilo que fores comprar, o melhor é levar dinheiro, porque os multibancos fazem filas ou ficam mesmo sem dinheiro e os donos das barraquinhas agradecem os trocos.

4. Calçado

Confortável e fechado. São estes os principais requisitos. Se já não é agradável levar com pisadelas ou copos de cerveja entornados, o cenário piora se o calçado for aberto.

Para quem gosta de dançar e vai percorrer a calçada portuguesa e as colinas inclinadas dos bairros lisboetas, o melhor é esquecer os saltos altos e os ténis que fazem bolhas. Escolhe o calçado mais confortável.

5. Entrar no espírito dos Santos Populares

Apesar das dicas, é inevitável celebrar no meio da confusão. O melhor é ignorar os empurrões ou os desequilíbrios fruto de um copo de vinho a mais e aproveitar a fila de espera nas barraquinhas de comes e bebes (ou mesmo para as casas de banho públicas) para continuar a dançar ao som das músicas pimba.

Leva o essencial na carteira, a bateria 100% carregada – para ligar a um amigo sempre que o percas no meio da confusão, ou para chamar transporte para casa – e acima de tudo leva boa disposição.

PARTILHAR

RESPONDER

A longo prazo, o distanciamento social pode até ser melhor para a economia

O isolamento social durante uma pandemia, como é o caso da covid-19, que já fez mais de 48.000 vítimas mortais por tudo o mundo, pode revelar-se melhor para a economia a longo prazo, revelou uma …

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …