Em cinco anos, o preço das casas em Portugal subiu o dobro da União Europeia

Entre 2013 e 2018 o preço das casas em Portugal subiu quase 40%, ficando o país no topo da tabela europeia no aumento do custo da habitação, segundo dados do Eurostat. Na União Europeia (UE), o aumento médio rondou os 20%.

Em Berlim discute-se o congelamento das rendas. Amesterdão reclama o título de cidade menos acessível da Europa no que toca à habitação. Em Lisboa e Porto, apesar de já se sentir um abrandamento na escalada do preços das casas, que bateu à porta dos portugueses desde que a crise acabou, o ritmo da subida ainda ronda os 10% por trimestre, noticiou esta segunda-feira o Dinheiro Vivo.

Esta semana, o instituto europeu de estatísticas revelou que Portugal foi o país da UE onde os preços das casas mais subiram em 2018, com uma variação de 10,3%. Um valor que representa mais do dobro do registado no conjunto, onde o aumento foi de 4,4%.

Mas não foi só em 2018 que os preços das casas dos portugueses subiram duas vezes mais face à média registada na União a 28. Em toda a Europa, o aumento começou a ser visível em 2013, um ano antes da saída da troika. Entre 2013 e 2018, os imóveis em Portugal ficaram 38,6% mais caros, revela uma análise do DV aos números do Eurostat.

No conjunto da UE, o aumento médio foi de 18,6%, menos de metade do registado em Portugal. E na zona euro a subida dos preços foi ainda menor: 14,2%.

Na UE, e no período em análise, só cinco países ficam à frente de Portugal na tabela. A Irlanda, onde em cinco anos os preços aumentaram 70%, lidera a lista. Seguem-se a Islândia, a Hungria, a Estónia e a Suécia.

Há apenas um país europeu a contrariar a tendência de subida dos preços: em Itália as casas ficaram quase 10% mais baratas entre 2013 e 2018.

Uma análise da Confidencial Imobiliário, plataforma especializada em preços de imóveis, comprova que a tendência de subida dos preços veio para ficar. Entre janeiro e março os valores subiram 15,9% em comparação com o mesmo período de 2018, tendo esta sido a maior escalada dos últimos quatro trimestres.

Há mais de um ano que a subida dos preços a nível nacional não é inferior a 15%. Só em Lisboa e no Porto, que nos últimos cinco sofreram das maiores acelerações da Europa, é que já se começa a nota um aumento mais comedido do preço do metro quadrado.

Ainda assim, uma análise da Moody’s do final do ano passado mostrava que Portugal deverá continuar a liderar a tabela europeia dos aumentos pelo menos até ao próximo ano.

TP, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Só um louco mete uma casa para alugar em Portugal. Contratos compulsivos de 1 ano no minimo, e se não pagam para tirar a pessoa demora quase 1 ano e meio.
    Se o Estado não fosse ideologicamente de extrema esquerda, o mercado funcionaria e os preços estariam mais baixos

  2. Alugar ou comprar imóveis em Portugal é um grande risco. Muitos desconhecem o grande SISMO de 1755 que devastou Lisboa e arredores. A grande maioria das construções portuguesas não estão preparadas para um terremoto da magnitude do que ocorreu em 1755.. Especialistas portuguesas afirmam que a qualquer momento haverá um terramoto Mais devastador que o de 1755!

  3. Hahahaaa….
    Exacto, até porque Portugal é só Lisboa!…
    .
    “A grande maioria das construções portuguesas não estão preparadas para um terremoto da magnitude do que ocorreu em 1755.”
    Verdade. Nem as portuguesas, nem a grande maioria das construções do mundo!
    Na Califórnia o risco é muito maior; será que já não mora lá ninguém?!
    Pois…

Responder a Eu! Cancelar resposta

Elisa Ferreira vai tutelar fundos distribuídos pelo marido. PE reunido para analisar "conflito de interesses"

A comissária portuguesa vai gerir a pasta que integra os fundos distribuídos pelo marido, presidente da CCDRN. Eurodeputados falam em conflito de interesses. A Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu (PE) está reunida em Estrasburgo, …

​ERSE diz que "não tem capacidade" para analisar preço dos combustíveis

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) admitiu que não tem capacidade para analisar o preço dos combustíveis, afirmou a presidente do regulador, Cristina Portugal, em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e …

Autarca de Amarante nega ter participado em viagem à Turquia

A Câmara de Amarante informou hoje que "nenhum autarca" do município participou numa viagem à Turquia, paga por uma empresa investigada pelo Ministério Público (MP). Em comunicado enviado ao ZAP, a câmara refere que o presidente …

Primeiros humanos talhavam elefantes com ferramenta de 5 centímetros

Retirar o máximo de carne possível de uma carcaça era algo importante há milhares de anos atrás. Para um melhor aproveitamento, eram usadas lâminas de apenas cinco centímetros, que os arqueólogos ignoraram até agora. Normalmente, ao …

Trudeau pediu desculpa por ter escurecido tom de pele em festa em 2001

Em 2001, Justin Trudeau escureceu o tom de pele para um baile de máscaras. Agora, o primeiro-ministro do Canadá reconhece que não o devia ter feito. O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, disse esta quinta-feira que "lamenta …

Práticas da EDP Produção custaram 140 milhões de euros aos consumidores

As práticas da EDP Produção no mercado que levaram a Autoridade da Concorrência a aplicar uma multa de 48 milhões de euros terão custado 140 milhões de euros aos consumidores, adiantou o regulador. "Estima-se que a …

Dragões de Komodo têm uma "armadura" debaixo da pele

Um novo estudo mostra que debaixo da sua pele escamosa, os dragões de Komodo estão quase todos cobertos por uma armadura de pequenos ossos. Os dragões de Komodo (Varanus komodoensis) são conhecidos por serem fortes, rápidos …

Venda de João Félix vai ter impacto de 100 milhões de euros nas contas do Benfica em 2020

A venda de João Félix ao Atlético Madrid vai ter um impacto na ordem dos 100 milhões nos resultados do Benfica no próximo exercício (2019/20). "A venda do João Félix vai ter influência no exercício 2019/20, …

Pelo menos 15 mortos e 70 feridos em atentado no sul do Afeganistão

Pelo menos 15 pessoas morreram e 70 ficaram feridas, esta quinta-feira, num atentado ao lado de um hospital na cidade de Qalat, no sul do Afeganistão. O ataque ocorreu cerca das 06h00 desta quinta-feira (03h00 em Lisboa), …

Justiça absolve ex-responsáveis da operadora da central nuclear de Fukushima

Um tribunal japonês absolveu, esta quinta-feira, três antigos responsáveis da operadora da central japonesa de Fukushima, que estavam acusados de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear. O tribunal distrital de Tóquio …