Cientistas russos criam medicamento revolucionário contra o cancro de pele

Edgepath / Flickr

Melanoma maligno, padrão de propagação superficial

Melanoma maligno, padrão de propagação superficial

Uma equipa de investigadores da BIOKAD, uma farmacêutica de São Petersburgo, criou um medicamento inovador na luta contra o melanoma, que estimula a destruição do tumor por parte do sistema imunitário do paciente sem afectar os tecidos saudáveis.

Os médicos consideram que o novo medicamento, o BCD-100, será um avanço na terapêutica deste tipo de cancro.

O melanoma é o mais perigoso dos cancros de pele. Apesar de ser diagnosticado só em 4% dos casos, é letal em 80% dos pacientes.

Os doentes com melanoma em fase avançada morrem meio ano após o diagnóstico. Mas graças ao novo medicamento da BIOKAD, até nestes casos é possível travar o desenvolvimento da doença e prolongar a vida dos pacientes.

A acção do medicamento passa por desbloquear o sistema imunitário do doente, para que comece desde o início a combater o tumor, contou à RVR o vice-presidente da BIOKAD, Roman Ivanov.

“Para o sistema imunitário do organismo, o tumor é um corpo estranho, como um vírus ou bactéria. Normalmente, as células malignas do organismo espalham-se e destroem o sistema imunitário. Em casos raros, elas encontram formas de ‘sair’, e desenvolve-se a doença oncológica”, explica Ivanov.

roman-ivanov / LinkedIn

Roman Ivanov, vice-presidente e director médico da BIOKAD

Roman Ivanov, vice-presidente e director médico da BIOKAD

“Um dos mecanismos fundamentais da doença é a interacção das células cancerígenas com a proteína PD- 1, que ‘desliga’ o sistema imunitário da pessoa. Se bloquearmos essa proteína, o sistema imunitário ‘acorda’, originando uma grande remissão nos doentes”.

Os medicamentos actualmente ao dispor dos cientistas não permitem uma luta eficiente contra a doença. O efeito clínico sobre o crescimento da metástase chega a apenas 10% dos casos. Mas o recurso a bloqueadores da PD-1 leva à paragem do crescimento do tumor em 40% dos pacientes.

É por esse motivo que a orientação para o sistema imunitário do doente é a orientação mais vanguardista da farmacologia actual, defende Roman Ivanov.

“O futuro está nestas terapias, porque o tumor ganha rapidamente resistência a medicamentosa. Cresce e sofre mutações, desenvolve os seus próprios mecanismos de ‘defesa’ face aos medicamentos”, explica Ivanov.

“O sistema imunitário é a melhor resposta na luta com as células cancerígenas”, conclui o cientista.

Os testes pré-clínicos do medicamento vão começar em 2015, e deverá estar disponível no mercado em 2018.

ZAP / RVR

PARTILHAR

RESPONDER

No seu último discurso, presidente do Supremo atira críticas aos megaprocessos

António Piçarra, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, centrou o seu último discurso na falta de eficácia do sistema judicial em tratar os processos especialmente complexos de corrupção. Para o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, …

Viagens não essenciais de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

Cristóvão Norte, deputado do PSD, criticou a indefinição em torno das viagens do Reino Unido para Portugal, em entrevista à BBC. Entretanto, esta manhã, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para …

PPP na saúde levou Estado a "poupar" mais de 200 milhões

As Parceiras Público-Privadas (PPP) dos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira, Loures e Cascais trouxeram ao Estado uma "poupança" de 203 milhões de euros, menos de um terço do que se esperava no arranque …

Praias podem receber mais banhistas este verão

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas. As limitações à lotação, introduzidas no …

Ritmo de vacinação da UE ultrapassa o dos EUA e China. Grécia reabre turismo

Atualmente, o ritmo de vacinação da União Europeia ultrapassa o registado nos Estados Unidos da América e na China, de acordo com os dados da plataforma Our World in Data. Os dados recolhidos pelo Público …

"Síndrome de Havana" tem sido cada vez mais reportada por militares dos EUA

Diplomatas norte-americanos, espiões e funcionários da Defesa nacional dos EUA sofreram mais de 130 casos de lesões cerebrais, conhecidos como síndrome de Havana. Segundo o jornal The New York Times, três agentes da CIA revelaram ter …

Caso Maddie. Polícia alemã tem novas provas contra Brueckner

A polícia alemã tem novas provas contra Christian Brueckner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, que desapareceu do empreendimento turístico Ocean Club, no Algarve, há 14 anos. De acordo com o procurador Hans Christian …

PSP propôs festa dos adeptos dentro de Alvalade, mas "não foi aceite"

A PSP avança que sugeriu, na reunião de preparação da festa do título, que os festejos ocorressem dentro do Estádio de Alvalade, mas que a proposta não foi aceite. Esta quinta-feira, o presidente da Câmara de …

Nuno Tavares e Rui Patrício podem juntar-se a Mourinho em Roma

Treinador português José Mourinho vai liderar a Roma e poderá contar com dois compatriotas na sua nova equipa. Mais de uma década depois, José Mourinho vai voltar ao campeonato italiano. O futuro treinador da Roma pode, …

Governo vai dar apoio de 500 euros a quem quiser completar a sua formação

O Governo quer aumentar as taxas de conclusão dos níveis de qualificação e como tal vai criar um incentivo financeiro atribuído a quem já tenha avançado no processo e esteja na fase final. O valor …