Cientistas propõem reciclar beatas de cigarro para fazer tijolos

Os cientistas afirmam que se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas as pontas de cigarro a nível global.

Um grupo de investigadores da Escola de Engenharia da Universidade RMIT, em Melbourne, na Austrália, propõe usar beatas de cigarro para fazer tijolos, conta a rede de televisão estatal russa RT.

De acordo os cientistas, os resultados do estudo publicado, a 10 de setembro, na revista científica MDPI são promissores. Se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas estas pontas de cigarro, afirmam.

Estima-se que o consumo de energia necessário para a cocção das beatas de cigarro poderia ser reduzido em cerca de 20 mil milhões de megajoules, o que equivale aproximadamente à energia utilizada por um milhão de famílias no estado australiano de Victoria em apenas um ano.

Segundo os especialistas, os custos da produção de tijolos também seriam reduzidos, uma vez que a temperatura necessária para um tijolo seria menor graças ao acetato de celulose nos filtros de cigarro, que geram um valor calorífico superior ao da argila. No entanto, observam os autores do estudo, são necessárias mais pesquisas para introduzir este método de reciclagem.

Toneladas de beatas poluem cidades, parques e oceanos em todo o mundo. E os cientistas afirmaram que, ao analisar estes resíduos, detetaram bactérias como Staphylococcus, Pseudomonas aeruginosa, Listeria monocytogenes e Bacillus subtilis.

Portanto, a equipa propõe que seja feito um controlo de reciclagem mais rigoroso do que o atual. “Considerando o risco combinado de muitas substâncias químicas altamente tóxicas e possíveis patogénicos em beatas de cigarro, deveria ser estritamente proibido descartar estes filtros nas cidades ou no ambiente, e os infratores deveriam ser multados de forma pesada”, concluem os investigadores.

Em Portugal, desde 3 de setembro, pontas de cigarros e de charutos no chão custam entre 25 e 250 euros de multa ao abrigo de uma lei publicada há um ano.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha pode falhar objetivo de doação de vacinas contra a covid-19 (e culpa fabricantes)

A Alemanha pode falhar o seu objetivo de doar 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a países mais pobres. Um funcionário do ministério da saúde alemão revelou, numa carta a Bruxelas, que a …

Alexei Navalny vence Prémio Sakharov 2021

O opositor russo Alexei Navalny é o vencedor do Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2021, anunciou o Parlamento Europeu, esta quarta-feira. Alexei Navalny foi nomeado pelos grupos políticos PPE e Renovar a Europa devido …

Extinção do SEF aprovada na especialidade no Parlamento

A proposta do PS e do Bloco de Esquerda sobre a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, esta quarta-feira. Segundo o jornal Público, …

Steve Bannon deve ser investigado por envolvimento no ataque ao Capitólio, indica Comissão responsável

Antigo conselheiro de Donald Trump foi aconselhado pelo antigo presidente e pela respetiva equipa de advogados a não colaborar com a comissão especial designada para investigar os ataque. A Comissão responsável por investigar o ataque ao …

Trânsito em Lisboa regista valores mais altos do que em pré-pandemia - e há uma razão para isso

O trânsito na capital tem registado valores que ultrapassaram os da pré-pandemia. O receio que as pessoas ainda têm de usar transportes públicos é visto como o principal fator. Se durante o período de confinamento circular …

Qualificações mais elevadas já não garantem salários altos aos jovens. Contratos a prazo triplicam face às gerações anteriores

Estudar mais anos em Portugal já não é representativo de remunerações mais elevadas. Esta é a principal conclusão de um estudo desenvolvido pela Fundação Calouste Gulbenkian, centrado nas diferenças e semelhanças entre as gerações de …

Ordem dos Médicos define equipas mínimas para urgências, mas números são "impraticáveis"

A Ordem dos Médicos (OM) decidiu avançar com uma uma proposta de regulamento que define a dimensão mínima das equipas que asseguram o funcionamento de serviços de urgência nos hospitais. Numa altura em que se prevê …

Turistas estão de volta, mas agora falta pessoal nos hotéis

Os turistas estão a voltar às cidades portugueses, nomeadamente a Lisboa, onde os hotéis se debatem agora com um novo problema, a falta de pessoal qualificado. Há responsáveis que já falam da necessidade de fazer …

Gestão do PRR faz tremer Governo dos Açores (que foi bombardeado por críticas)

O Governo dos Açores tem sido acusado de beneficiar empresas no acesso às verbas das Agendas Mobilizadores do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Esta polémica levou à marcação de um debate de urgência, que ficou …

Inédito na medicina. Rim de porco foi transplantado com sucesso num humano

Pela primeira vez na história, uma equipa médica conseguiu transplantar um rim de porco geneticamente modificado num humano. Foi uma experiência num paciente em morte cerebral, mas que abre portas à utilização de rins de …