Cientistas não conseguem explicar misterioso sinal de rádio cósmico

Jimwmurphy / wikimedia

Radiotelescópio do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Radiotelescópio do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Até hoje, os cientistas já detetaram cerca de 22 rajadas rápidas de rádio (“fast radio bursts” ou FRB), mas ainda não conseguiram descobrir o que são, o que significam, ou de onde vieram.

As Rajadas Rápidas de Rádio são impulsos de ondas muito breves, que duram milésimos de segundos, mas que são muito potentes e são milhões de vezes mais luminosas do que qualquer coisa já vista na nossa galáxia. Esses sinais misteriosos no universo já foram associados a tudo, desde micro-ondas a naves espaciais alienígenas.

Com apenas 22 FRBs confirmadas até à data, estas ondas rádio cósmicas podem parecer raras, mas os cientistas pensam que são, na verdade, bastante comuns – cerca de duas mil devem iluminar o espaço todos os dias.

No entanto, os especialistas têm tanta dificuldade em encontrá-las porque duram apenas cerca de 5 milissegundos e, até o início deste ano, os cientistas nem sequer eram capazes de confirmar que vinham do espaço, e não da Terra.

O sinal de rádio cósmico mais misterioso

O novo estudo descreve uma explosão chamada FRB 150215, detetada em tempo real pelo radiotelescópio Parkes, na Austrália, no dia 15 de fevereiro de 2015. Depois de observarem esta onda de rádio cósmica através da lente de 11 telescópios, os cientistas não estão nem perto de resolver o mistério.

“Passamos muito tempo num monte de telescópios para encontrar qualquer coisa associada a este sinal de rádio cósmico. Temos novas janelas de comprimento de onda que nunca conseguimos antes, mas ainda estamos a tentar descobrir de onde veio”, disse a principal autora do estudo, Emily Petroff, do Instituto Holandês de Radioastronomia.

Esta descoberta intrigou os cientistas porque, ao contrário de qualquer outra FRB detetada até à data, não foi possível identificar qualquer vestígio de luz deixada para trás, apesar de terem a observado através de vários telescópios em todo o mundo.

“A explosão foi acompanhada por 11 telescópios para procurar sinais de rádio, ópticos, raios-X, raios gama e emissão de neutrinos. Não foi encontrada nenhuma emissão transitória nem variável que fosse associada à explosão, e também não foi detetado nenhum impulso de repetição em 17 horas de observação”, escreveram os cientistas.

E, até agora, ninguém conseguiu descobrir como é que algo que gera tanta energia como 500 milhões de sóis não têm nenhum pós-brilho.

Para além disso, a FRB 150215 não deveria ter sido detetável a partir da Terra, devido à direção densa no espaço do caminho que percorreu. Emily Petroff mediu a polarização do misterioso sinal de rádio cósmico e através da “medida rotacional”, conseguiu observar por onde é que o sinal passou.

Numa área tão densa do espaço, deveria existir muita interferência magnética e, portanto, uma alta medida rotacional, mas os cientistas detetaram o oposto. Portanto, parece a rajada rápidas de rádio passou por algum tipo de “buraco” na Via Láctea que também tinha uma medida rotacional de zero.

De acordo com os especialistas, a chave para desvendar o mistério das FRBs parece ser o tamanho da amostra. Por enquanto, só foram detetadas 22 ondas de rádio cósmicas, e os cientistas vão precisar de encontrar muitas mais para descobrir de onde vêm.

ZAP ZAP // Hypescience

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Experimentem o Telescópio Espacial James Webb (JWST)…já está mais que operacional e necessita de ser experimentado…”só” custou 8,8 bilhões de dólares.

  2. Não percebo o espanto. Porque é que não fazem uma recirculação da chamada? O meu fixo tem essa função há mais de 20 anos. Se atenderem do outro lado é porque o Eduardo Tavares estava de serviço na central e, porque o repasto foi uma boa fajoada, resolveu fazer das suas. A propósito do buraco onde entra e/ou sai, só pode ser o do ozono. Como não tem tendência para fechar, mais fácil será entrar e/ou sair sem protestos. Assim ninguém mais se aleija. Diz-se também que existe outro buraco suspeito: o da minhoca. Eu nunca pensei numa coisa dessas! E mais longe não vou. Outra explicação simples para o não entendimento das enxurradas de informação, foi por causa da encriptação dos dados e apresentação da respetiva fatura em “bitcoins”. Não há almoços grátis.

RESPONDER

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …

Divulgados vídeos que sugerem como poderão ser os primeiros óculos de Realidade Aumentada da Samsung

A Samsung tem falado de óculos de Realidade Aumentada (RA) há anos, tendo recentemente lançado um conjunto básico de óculos de projeção de imagem no palco CES 2020. Porém, nunca tinha sido visto a empresa …