Cientistas não conseguem explicar misterioso sinal de rádio cósmico

Jimwmurphy / wikimedia

Radiotelescópio do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Radiotelescópio do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Até hoje, os cientistas já detetaram cerca de 22 rajadas rápidas de rádio (“fast radio bursts” ou FRB), mas ainda não conseguiram descobrir o que são, o que significam, ou de onde vieram.

As Rajadas Rápidas de Rádio são impulsos de ondas muito breves, que duram milésimos de segundos, mas que são muito potentes e são milhões de vezes mais luminosas do que qualquer coisa já vista na nossa galáxia. Esses sinais misteriosos no universo já foram associados a tudo, desde micro-ondas a naves espaciais alienígenas.

Com apenas 22 FRBs confirmadas até à data, estas ondas rádio cósmicas podem parecer raras, mas os cientistas pensam que são, na verdade, bastante comuns – cerca de duas mil devem iluminar o espaço todos os dias.

No entanto, os especialistas têm tanta dificuldade em encontrá-las porque duram apenas cerca de 5 milissegundos e, até o início deste ano, os cientistas nem sequer eram capazes de confirmar que vinham do espaço, e não da Terra.

O sinal de rádio cósmico mais misterioso

O novo estudo descreve uma explosão chamada FRB 150215, detetada em tempo real pelo radiotelescópio Parkes, na Austrália, no dia 15 de fevereiro de 2015. Depois de observarem esta onda de rádio cósmica através da lente de 11 telescópios, os cientistas não estão nem perto de resolver o mistério.

“Passamos muito tempo num monte de telescópios para encontrar qualquer coisa associada a este sinal de rádio cósmico. Temos novas janelas de comprimento de onda que nunca conseguimos antes, mas ainda estamos a tentar descobrir de onde veio”, disse a principal autora do estudo, Emily Petroff, do Instituto Holandês de Radioastronomia.

Esta descoberta intrigou os cientistas porque, ao contrário de qualquer outra FRB detetada até à data, não foi possível identificar qualquer vestígio de luz deixada para trás, apesar de terem a observado através de vários telescópios em todo o mundo.

“A explosão foi acompanhada por 11 telescópios para procurar sinais de rádio, ópticos, raios-X, raios gama e emissão de neutrinos. Não foi encontrada nenhuma emissão transitória nem variável que fosse associada à explosão, e também não foi detetado nenhum impulso de repetição em 17 horas de observação”, escreveram os cientistas.

E, até agora, ninguém conseguiu descobrir como é que algo que gera tanta energia como 500 milhões de sóis não têm nenhum pós-brilho.

Para além disso, a FRB 150215 não deveria ter sido detetável a partir da Terra, devido à direção densa no espaço do caminho que percorreu. Emily Petroff mediu a polarização do misterioso sinal de rádio cósmico e através da “medida rotacional”, conseguiu observar por onde é que o sinal passou.

Numa área tão densa do espaço, deveria existir muita interferência magnética e, portanto, uma alta medida rotacional, mas os cientistas detetaram o oposto. Portanto, parece a rajada rápidas de rádio passou por algum tipo de “buraco” na Via Láctea que também tinha uma medida rotacional de zero.

De acordo com os especialistas, a chave para desvendar o mistério das FRBs parece ser o tamanho da amostra. Por enquanto, só foram detetadas 22 ondas de rádio cósmicas, e os cientistas vão precisar de encontrar muitas mais para descobrir de onde vêm.

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Experimentem o Telescópio Espacial James Webb (JWST)…já está mais que operacional e necessita de ser experimentado…”só” custou 8,8 bilhões de dólares.

  2. Não percebo o espanto. Porque é que não fazem uma recirculação da chamada? O meu fixo tem essa função há mais de 20 anos. Se atenderem do outro lado é porque o Eduardo Tavares estava de serviço na central e, porque o repasto foi uma boa fajoada, resolveu fazer das suas. A propósito do buraco onde entra e/ou sai, só pode ser o do ozono. Como não tem tendência para fechar, mais fácil será entrar e/ou sair sem protestos. Assim ninguém mais se aleija. Diz-se também que existe outro buraco suspeito: o da minhoca. Eu nunca pensei numa coisa dessas! E mais longe não vou. Outra explicação simples para o não entendimento das enxurradas de informação, foi por causa da encriptação dos dados e apresentação da respetiva fatura em “bitcoins”. Não há almoços grátis.

RESPONDER

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …

Continental vai acabar com 5500 empregos em todo o mundo até 2028

A alemã Continental vai suprimir 5.500 empregos no mundo até 2028, num contexto de abrandamento conjuntural e de queda da procura por motores a combustão, anunciou esta quarta-feira o fornecedor automóvel germânico. Com o objetivo de …

Tailândia. Exploração sexual de mulheres e crianças denunciados no primeiro discurso do Papa

O Papa Francisco denunciou esta quinta-feira que "mulheres e crianças estão particularmente vulneráveis, violentados e expostos a toda a forma de exploração, escravatura, violência e abuso", na primeira intervenção proferida na Tailândia, um dos destinos …

Forças de segurança ameaçam com nova manifestação a 21 de janeiro

As associações de profissionais da PSP e da GNR que se concentraram junto ao Parlamento, esta quinta-feira, anunciaram um novo protesto para 21 de janeiro, caso o Governo não atenda às suas reivindicações. O anúncio foi feito …

Mortes por cancro do pâncreas duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos

As mortes por cancro do pâncreas mais do que duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos, correspondendo a um aumento médio anual de 3%, revela um estudo esta quinta-feira divulgado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia …

Bebé que foi encontrado no lixo já teve alta hospitalar

O bebé que foi encontrado num ecoponto, perto de Santa Apolónia, em Lisboa, já recebeu alta hospitalar e será agora entregue a uma família de acolhimento. O recém-nascido que foi encontrado num ecoponto, em Lisboa, recebeu …

Procurador-geral de Israel acusa Netanyahu em três casos de corrupção

O primeiro-ministro israelita em funções foi acusado, esta quinta-feira, de fraude, suborno e abuso de confiança em três casos de corrupção. O procurador-geral de Israel, Avichaï Mandelblit, acusou hoje o primeiro-ministro em funções, Benjamin Netanyahu, de …

Burros estão a ser dizimados a nível global (e a culpa é da medicina chinesa)

Cerca de 4,8 milhões de burros são abatidos anualmente por causa de um produto destinado à medicina chinesa: um gelatina com alegados efeitos curativos, feita a partir das peles dos animais. A denúncia é feita pela …

Governo vai apostar no aumento da agricultura biológica

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, disse na quarta-feira que o Governo vai apostar no aumento e valorização da área agrícola em modo biológico e na gestão mais eficiente de recursos. Falando em Aveiro …