Cientistas estão a jogar Fortnite para explicar as alterações climáticas

O Fortnite é um verdadeiro fenómeno dos videojogos, um jogo no qual o objetivo é ser a última pessoa a resistir a uma batalha numa ilha mágica. Agora, os cientistas estão a aproveitar a popularidade deste jogo virtual para tentar ensinar às crianças questões relacionadas com as alterações climáticas.

O novo canal ClimateFortnite no Twitch divulga transmissões em direto de jogos de Fortnite. No entanto, o áudio que acompanha a transmissão não contém apenas dicas e estratégias do Fortnite, mas também as consequências relativas à mudança de que o nosso planeta está a ser alvo.

A ideia é de Katharine Hayhoe, cientista da Texas Tech University, que escreveu no Twitter sobre a disparidade de visualizações entre o seu seminário sobre mudanças climáticas no YouTube e o fluxo de visualizações de transmissões em direto de jogos de Fortnite no Twitch. Henri Drake, estudante de pós-graduação do MIT, aceitou o desafio e assim nasceu o ClimateFortnite.

“Construímos uma comunidade onde as pessoas podem fazer perguntas difíceis diretamente a um especialista. Para um tópico como as alterações climáticas, impregnado em desinformação, o acesso direto a especialistas é crucial“, defende Drake.

O canal, que conta atualmente com 17 vídeos, tem transmissões de Drake e outros cientistas a discutir os melhores tópicos das alterações climáticas com outros jogadores online. Das emissões de gás metano à energia renovável, há muito terreno coberto – tanto virtualmente, na ilha Fortnite, como no que diz respeito aos tópicos discutidos.

Por enquanto, os números de visualizações são muito baixos. Apesar disso, Drake e outros cientistas esperam atrair um público mais abrangente com o tempo. O canal está também disponível no YouTube.

Além de informativo, o canal é também interativo: os telespectadores podem fazer perguntas, através de um chat em tempo real no Twitch, perguntas essas que Drake pode colocar a qualquer especialista com quem esteja a conversar.

Além de usarem o Fortnite como meio para discutir os desafios e os perigos das alterações climáticas, os cientistas debatem também algumas formas que nos poderiam ajudar a contornar este problema, a mitigá-lo de forma a assegurar um futuro estável ao nosso planeta.

Nem todas as pessoas ouvem os políticos ou leem artigos de opinião. O ClimateFortnite é uma ótima maneira de alcançar pessoas que não recebem notícias de fontes tradicionais”, disse o cientista atmosférico Andrew Dessler, da Texas A & M University, à Wired.

ZAP // ScienceAlert

PARTILHAR

RESPONDER

Pfizer diz que vacina é "segura" para crianças dos cinco aos 11 anos

A Pfizer/BioNTech anunciaram, esta segunda-feira, que a vacina é segura e parece gerar uma resposta imunitária robusta nas crianças dos cinco aos 11 anos. Depois de um estudo com 2.268 participantes, a Pfizer/BioNTech anunciaram que a …

PS e CDS na Madeira desencontrados, PSD e Bloco continuam no Norte

No arranque da segunda semana de campanha para as autárquicas, os líderes do PS e do CDS-PP apostam na Madeira mas com horários desencontrados, enquanto BE e PSD continuam a norte, e PAN e PCP …

Confronto entre EUA e China é "perigoso para o mundo", alerta Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou no domingo que um confronto entre os Estados Unidos (EUA) e a China é "perigoso para o mundo" e que, apesar das diferenças, há áreas onde …

Portugal recebeu no domingo grupo de 80 afegãos

Portugal recebeu no domingo 80 afegãos, na maioria atletas da equipa de futebol feminino e seus agregados familiares, elevando para 178 o total de cidadãos acolhidos após a emergência humanitária no Afeganistão, anunciou esta segunda-feira …

Inspeção obrigatória das motas começa em janeiro de 2022

Quase dez anos depois de a medida ter sido aprovada pelo Governo, a inspeção obrigatória de motas com mais de 125 cc vai arrancar em janeiro de 2022. Jorge Delgado, secretário de Estado das Infraestruturas, referiu …

André Ventura - Chega

Ventura diz que PSD está "igual" ao PS - e desafia Rio a justificar atraso no interior

O líder do Chega, André Ventura, manifestou-se hoje preocupado com o panorama político à direita, observando que o PSD está “igual” ao PS e acusando ambos os partidos de terem abandonado o interior do país. “Estou …

Sem Cristiano, o que se passa com a Juventus?

Nenhum triunfo em quatro jornadas do campeonato. Não acontecia há 60 anos. E o problema maior não estará no ataque, apesar da saída de Cristiano Ronaldo. Estreia na temporada: 2-2 no terreno da Udinese. Receber o …

Pacto AUKUS. Nova aliança dos EUA na Ásia-Pacífico pode levar a "corrida às armas nucleares"

A nova aliança dos Estados Unidos (EUA) na região da Ásia-Pacífico e a recente compra de submarinos norte-americanos por parte da Austrália pode desencadear uma "corrida às armas nucleares" na região, avisou esta segunda-feira a …

Costa foi omnipresente, agradeceu a regueifa e recarregou a "bazuca" como arma política

António Costa correu oito concelhos do Norte, em missão de campanha eleitoral. A "bazuca" europeia é usada como arma política, assim como a gestão da pandemia. A pandemia era um ponto de inflexão para as eleições …

"Queremos justiça", exigem famílias de vítimas do ataque em Cabul. CIA alertou para a presença de civis

A família das 10 vítimas mortais do ataque com drone dos EUA a um veículo em Cabul exigem que os operadores sejam julgados em tribunal. A CIA terá alertado para a presença de civis segundos …