Cientistas estão a jogar Fortnite para explicar as alterações climáticas

O Fortnite é um verdadeiro fenómeno dos videojogos, um jogo no qual o objetivo é ser a última pessoa a resistir a uma batalha numa ilha mágica. Agora, os cientistas estão a aproveitar a popularidade deste jogo virtual para tentar ensinar às crianças questões relacionadas com as alterações climáticas.

O novo canal ClimateFortnite no Twitch divulga transmissões em direto de jogos de Fortnite. No entanto, o áudio que acompanha a transmissão não contém apenas dicas e estratégias do Fortnite, mas também as consequências relativas à mudança de que o nosso planeta está a ser alvo.

A ideia é de Katharine Hayhoe, cientista da Texas Tech University, que escreveu no Twitter sobre a disparidade de visualizações entre o seu seminário sobre mudanças climáticas no YouTube e o fluxo de visualizações de transmissões em direto de jogos de Fortnite no Twitch. Henri Drake, estudante de pós-graduação do MIT, aceitou o desafio e assim nasceu o ClimateFortnite.

“Construímos uma comunidade onde as pessoas podem fazer perguntas difíceis diretamente a um especialista. Para um tópico como as alterações climáticas, impregnado em desinformação, o acesso direto a especialistas é crucial“, defende Drake.

O canal, que conta atualmente com 17 vídeos, tem transmissões de Drake e outros cientistas a discutir os melhores tópicos das alterações climáticas com outros jogadores online. Das emissões de gás metano à energia renovável, há muito terreno coberto – tanto virtualmente, na ilha Fortnite, como no que diz respeito aos tópicos discutidos.

Por enquanto, os números de visualizações são muito baixos. Apesar disso, Drake e outros cientistas esperam atrair um público mais abrangente com o tempo. O canal está também disponível no YouTube.

Além de informativo, o canal é também interativo: os telespectadores podem fazer perguntas, através de um chat em tempo real no Twitch, perguntas essas que Drake pode colocar a qualquer especialista com quem esteja a conversar.

Além de usarem o Fortnite como meio para discutir os desafios e os perigos das alterações climáticas, os cientistas debatem também algumas formas que nos poderiam ajudar a contornar este problema, a mitigá-lo de forma a assegurar um futuro estável ao nosso planeta.

Nem todas as pessoas ouvem os políticos ou leem artigos de opinião. O ClimateFortnite é uma ótima maneira de alcançar pessoas que não recebem notícias de fontes tradicionais”, disse o cientista atmosférico Andrew Dessler, da Texas A & M University, à Wired.

PARTILHAR

RESPONDER

Televisão pública do Alabama censura casamento homossexual em desenhos animados

A Alabama Public Television (APT), nos Estados Unidos, recusou transmitir um episódio de uma série de desenhos animados, no qual é representando um casamento homossexual, informa a BBC nesta terça-feira. Em causa está o primeiro episódio …

Johnny Depp acusa ex-mulher Amber Heard de ter pintado nódoas negras

O ator Johnny Depp acusou a ex-mulher, a atriz Amber Heard, de ter pintado nódoas negras com o objetivo de simular agressões físicas. O norte-americano frisa que nunca abusou de nenhuma mulher, prometendo negar as …

Dietas ricas em gordura causam sintomas de depressão

Dietas ricas em gordura podem causar sintomas de pressão. Isto pode explicar o porquê de pessoas obesas ou com excesso de peso não responderem tão bem aos antidepressivos como pessoas magras. Um novo estudo conduzido por …

Encontrados três testamentos de Aretha Franklin. Um estava escondido sob as almofadas da sala

Foram encontrados três testamentos de Aretha Franklin na sua casa em Detroit, meses depois da morte da rainha do soul. A cantora norte-americana faleceu em agosto de 2018 aos 76 anos. Franklin tinha 76 anos quando …

Ambulância envolvida em acidente mortal em Moura não tinha certificação do INEM

A ambulância da Cruz Vermelha Portuguesa envolvida num acidente durante um serviço de emergência em Moura que provocou dois mortos não estava certificada pelo INEM e foi usada em substituição de outra que estava em …

Joana Ribeiro e Ana Padrão entram na série de Stephen King para a Amazon

As atrizes portuguesas Joana Ribeiro e Ana Padrão vão entrar na nova série baseada nos livros de Stephen King para a Amazon. De acordo com o Público, que avança com a notícia nesta terça-feira, a …

Chico Buarque é o Prémio Camões de 2019

O músico e escritor Chico Buarque é o vencedor do Prémio Camões 2019, foi esta terça-feira anunciado na Biblioteca Nacional do Brasil, no Rio de Janeiro. A ministra portuguesa da Cultura, Graça Fonseca, felicitou o músico …

Multimilionário norte-americano vai pagar empréstimos estudantis a 400 finalistas

O multimilionário Robert F. Smith anunciou no domingo passado durante a cerimónia de formatura na Univerisde de Morehouse, na cidade norte-americana de Atlanta, que vai pagar na totalidade os empréstimos estudantis dos 396 estudantes que completaram …

CDS usou símbolo do PS no Twitter. MP está a investigar "indícios de violação" da lei

O CDS-PP está a ser investigado pelo Ministério Público (MP) depois de ter usado a sigla e o símbolo do PS numa publicação no Twitter. Em causa estão "indícios de violação" da lei eleitoral, conforme …

Muhlaysia foi espancada há um mês. Há dias mataram-na

Muhlaysia Booker, a mulher transgénero de 23 anos que foi espancada há um mês, foi morta a tiro. Para já, as autoridades descartam a possibilidade de o primeiro ataque e o homicídio estarem relacionados. A mulher …