Cientistas desmentem mistério de bactéria agarrada à Estação Espacial Internacional

Michael Edward Fossum / NASA

Piers Sellers em uma caminhada no espaço durante a missão STS-121 da EEI, em 2006

Afinal, a bactéria viva encontrada na superfície da Estação Espacial Internacional é de origem terrestre e não contem nada de novo para os especialistas da NASA.

Depois de se ter noticiado que tinha sido encontrada agarrada à superfície da Estação Espacial Internacional (EEI) uma bactéria viva que poderia ter origem extraterrestre, Craig Kundrot, chefe do departamento da NASA, já veio desmentir a origem desta, confirmando que se tratava de uma bactéria de origem terrestre.

A bactéria tinha sido encontrada por cosmonautas russos que recolhiam lixo do revestimento exterior da Estação Espacial Internacional.

O russo Aleksandr Misurkin apressou-se a apontar que este poderia ser um indício da existência de vida extraterrestre, mas essa informação já se revelou falsa.

“Já há muito tempo que sabemos que as bactérias terrestres podem frequentemente viver na superfície da Estação Espacial Internacional. Podem ter ido lá parar a partir de gases emitidos pela estação, bem como a partir da atmosfera terrestre“, explicou Kundrot.

Segundo acrescentou o cientistas, os micróbios têm origem terrestre e não são “provenientes do espaço”. Com Kundrot concorda Vladimir Sychev, chefe de projetos dos satélites russos Bion-M e Bion-M2.

“Há vários anos que a TSNIIMASH e os cosmonautas recolhem amostras do exterior da EEI nas partes onde não chegam os raios do Sol, e é natural que sejam frequentemente descobertos micróbios lá. Por regra, estes surgem na EEI vindos da atmosfera exterior – uma parte deles instala-se e sobrevive aí, o que não é, de todo, surpreendente, porque o espaço sem ar é menos agressivo para alguns organismos do que a atmosfera com oxigénio”, explica o cientista.

Na presença de oxigénio, segundo Sychev, até os produtos congelados se decompõem e oxidam gradualmente. No vácuo do espaço, os espórios – as células capazes de reproduzir – das bactérias podem existir durante um longo período de tempo se não forem expostos a radiação ultravioleta ou de partículas de alta energia e não forem aquecidos a temperaturas extremamente altas.

Por isso, o facto de os micróbios conseguirem sobreviver nas partes exteriores da EEI não tem nada de extraordinário.

PARTILHAR

RESPONDER

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …

"Neve sangrenta" está a cair do céu na Antártida

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de "neve de framboesa". Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência …

Face Oculta: Sobrinho de Manuel Godinho diz que não se orgulha do que fez

O sobrinho do sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, disse hoje estar arrependido do que fez quando trabalhava para o tio nos negócios da gestão de resíduos. “Não me orgulho nada daquilo que …

Há uma "Greta" que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis. Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que …

Alcochete. Mustafá sai em liberdade e Bruno de Carvalho conta a sua versão

O líder da claque sportinguista Juventude Leonina, Nuno 'Mustafá' Mendes saiu em liberdade e Bruno de Carvalho diz que o "colocaram do lado errado da barricada". O coletivo de juízes que está a julgar o caso …

Ángel ajudou a esposa a morrer. Agora, doou toda a sua herança à investigação

Ángel Hernández, o homem que ajudou a sua mulher a pôr fim à vida há dez meses, em Espanha, decidiu doar a herança da sua esposa (300.000 euros) para o estudo da esclerose múltipla progressiva, …