Cientistas descobriram o ancestral comum de todos os seres vivos

Bob Embley / NOAA

Um retrato surpreendentemente específico do ancestral de todas as coisas vivas foi criado por cientistas.

Batizado de LUCA (Last Universal Common Ancestor, o último ancestral comum universal), este ser provavelmente viveu há quatro mil milhões de anos, quando a Terra era uma jovem de 560 milhões de anos.

A pesquisa foi publicada esta segunda-feira na revista Nature Microbiology.

A natureza do ancestral mais antigo das coisas vivas sempre foi incerta, já que os três domínios da vida – bactérias, arquea e eucariotas – parecem não ter um ponto comum de origem.

Os arqueas são organismos parecidos com as bactérias, mas com um metabolismo diferente, e os eucariotas incluem todas as plantas e animais.

Recentemente, os investigadores passaram a acreditar que as bactérias e arqueas são os domínios mais antigos, com os eucariotas a surgir mais tarde.

Isto abriu caminho para que um grupo de biólogos evolucionistas, liderados por William F. Martin, da Universidade Heinrich Heine, em Dusseldorf (Alemanha), tentassem definir a natureza do organismo que originou bactérias e arqueas.

Os investigadores começaram a pesquisar os genes que codificam as proteínas das bactérias e arqueas, analisando mais de seis milhões desse tipo de genes.

Árvores genealógicas

Genes com a mesma função em humanos e em ratos, por exemplo, normalmente descendem de um ancestral genético em comum, do primeiro mamífero.

Ao comparar as sequências de ADN, os genes podem ser agrupados em árvores genealógicas evolutivas, o que permitiu que Martin e a sua equipa distribuíssem os seis milhões de genes em poucas árvores genealógicas. Destas, apenas 355 têm as características necessárias para serem descendentes do LUCA.

Ao conseguir determinar que genes provavelmente estariam presentes no LUCA, a equipa de Martin conseguiu descobrir onde este vivia.

Estas 355 famílias de proteínas apontam com muita precisão para um organismo que viveu em condições encontradas em fontes hidrotermais profundas, um ambiente intensamente quente e saturado de metais, causado pela interação da água com o magma que surge do fundo do mar.

Entre esses genes, alguns metabolizam o hidrogénio como uma fonte de energia, e outros são responsáveis por uma enzima chamada girase, encontrada apenas em micróbios que vivem em temperaturas extremamente altas.

A descoberta tem “avançado significativamente a nossa compreensão sobre como LUCA viveu”, comentou James McInerney, da Universidade de Manchester (Reino Unido). “É uma visão intrigante sobre a vida há quatro mil milhões de anos”.

Afirmação ousada

William Martin não parou por aqui. O investigador sugere ainda que o LUCA pode estar muito próximo da origem da vida na Terra, já que não tem muitos genes necessários à vida, e que por isso estaria apenas “meio-vivo”.

A declaração gerou controvérsias no meio científico. Outros investigadores acreditam que o LUCA já era um organismo muito sofisticado, muito evoluído em relação ao início da vida. “O LUCA e a origem da vida são eventos separados por uma vasta distância evolutiva”, considera Jack Szostak, investigador especializado nas primeiras membranas celulares.

Outros cientistas concordam que o LUCA provavelmente viveu nas fendas do fundo do mar, mas discordam sobre este ser o local onde a vida se originou.

Para eles, é possível que a vida tenha começado em qualquer outro lugar e depois tenha ficado confinada a este local devido a algum evento catastrófico, como o Intenso Bombardeio Tardio, que aconteceu entre 3,8 e quatro mil milhões de anos atrás. Neste evento, um número imenso de asteróides atingiu o nosso Sistema Solar.

Este assunto ainda está longe de ser esgotado, mas a descoberta desde ancestral em comum já é um grande passo no estudo da origem da vida na Terra.

HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a plr Cancelar resposta

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …

Norueguês empregou 70 imigrantes ilegais e foi a tribunal "muito, muito feliz"

Aharne Viste acha que a Constituição norueguesa reconhece o direito mesmo a quem não consegue obter asilo e tenciona ir em frente com a sua campanha. Aharne Viste contratou cerca de 70 imigrantes legalmente impedidos de …

Netanyahu não consegue formar Governo e devolve mandato ao presidente israelita

O primeiro-ministro israelita em funções, Benjamin Netanyahu, admitiu hoje ao Presidente de Israel, Reuven Rivlin, não ter reunido as condições necessárias para formar Governo e devolveu o processo ao chefe de Estado. Numa nota informativa, a …

Ronaldo, Bernardo e Félix estão entre os finalistas para a Bola de Ouro

Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva e João Félix estão entre os 30 finalistas para vencer a Bola de Ouro de 2019. Esta é a primeira vez que Bernardo e Félix são nomeados para o prémio da …

Encontrados dois míticos porta-aviões japoneses afundados na batalha de Midway

Cientistas e exploradores descobriram dois navios japoneses naufragados durante a histórica batalha de Midway, durante a II Guerra Mundial, no Oceano o Pacífico, noticia esta semana a agência noticiosa AP. A equipa, que conta também …

MP pede que autarca de Torres Vedras vá a julgamento por plágio na tese de doutoramento

Em abril deste ano, o MP acusou o autarca de um crime de contrafação, por alegado plágio de 40 textos originais na sua tese de doutoramento “As linhas de Torres, um destino turístico estratégico para …