Cientistas descobriram centenas de pegadas pré-históricas de mulheres e crianças

Liutkus-Pierce et al., 2016

Pegadas humanas pré-históricas em Engare Sero, Tanzânia

Um “sítio incrível” com centenas de pegadas humanas, de mulheres e de crianças, com milhares de anos, está a entusiasmar os cientistas responsáveis pela descoberta.

Detectadas no sopé do vulcão Ol Doinyo Lengai, na terra lamacenta de Engare Sero, na Tanzânia, as primeiras pegadas foram ocasionalmente descobertas por um residente há cerca de uma década.

No entanto, só agora a equipa de investigação liderada pela geóloga Cynthia Liutkus-Pierce, da Universidade estatal Appalachian, na Carolina do Norte (EUA), conseguiu investigá-las devidamente.

Quando a informaram da descoberta das pegadas, a investigadora pensou que era “partida de 1 de Abril”, porque foi exactamente nesse dia que teve conhecimento delas, conta à National Geographic. E depois, achou que fossem relativamente recentes.

Contudo, as análises de datação por carbono realizadas indicam que as pegadas terão entre cerca de cinco mil e 19 mil anos de antiguidade, explica a investigadora no artigo publicado na Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology.

Liutkus-Pierce afirma à BBC que acredita que é mais provável que tenham 19 mil anos do que cinco mil, devido aos minerais que contêm.

“Percebemos que reagem com água salina alcalina. E a única zona salgada próxima é o lago [Natron], que há mais de 10 mil anos era maior e pode ter inundado esta área“, diz a investigadora à BBC.

“Uma oportunidade incrível”

Estamos a falar de “mais de 400” pegadas e “há muitas mais que não se escavaram”, explica Liutkus-Pierce, considerando que se trata de “uma oportunidade incrível de ver o comportamento dos nossos antepassados”.

A paleo-antropologista Briana Pobiner, do Museu Nacional de História Natural, também envolvida na pesquisa, acrescenta à National Geographic que “as pegadas humanas são tão raras” que esta é uma possibilidade privilegiada para “investigar directamente os aspectos sociais das vidas destes antigos humanos”.

As marcas resistiram durante milénios por causa das particularidades do vulcão a que a tribo africana Masai chama de “Montanha de Deus”, permitindo que este seja “o local de pegadas mais abundante e melhor preservado, actualmente conhecido em África, de Homo sapiens anatomicamente modernos”, refere-se no artigo científico sobre a pesquisa.

Mulheres e crianças e um homem com o pé partido

Liutkus-Pierce diz que se concluiu que as pegadas pertencem a mulheres e crianças por causa do tamanho.

Contudo, também haverá uma pegada que parece indiciar a passagem de um homem que teria o dedo grande do pé partido, constata a BBC.

Quanto ao motivo que as levou a passarem por ali, Liutkus-Pierce avança a possibilidade de que estivessem à procura de “alguma fonte de água fresca”, uma tarefa que era incumbida a mulheres e crianças, tal como a recolha de fruta, enquanto os homens iam caçar.

“É fácil de imaginar que saíram em grandes grupos. Especulamos que tenham sido umas 18 pessoas que, numa questão de horas, se moveram em direcções distintas”, conclui a investigadora.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Neutralidade carbónica até 2050. Lei Europeia do Clima é "mais um compromisso concretizado", diz Costa

O primeiro-ministro António Costa saudou, nesta quarta-feira, o acordo político provisório sobre as emissões de gases com efeito de estufa, dizendo que se trata de "um sinal inequívoco da determinação da [União Europeia] UE no …

Pai de Valentina condenado a 25 anos de prisão. Madrasta condenada a 18 anos e 9 meses

O pai da criança que foi encontrada morta, em maio do ano passado, em Peniche, foi condenado a 25 anos de prisão. A madrasta foi condenada a 18 anos e nove meses. De acordo com o …

Luís Correia deixa PS. Vai recandidatar-se a Castelo Branco como independente

O ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, deixou o PS e vai recandidatar-se como independente à presidência da autarquia este ano. De acordo com o jornal Público, o ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, …

DGS atualiza regras para partos. Hospitais têm de assegurar condições para acompanhantes

A Direção-Geral da Saúde fez uma revisão nas orientações de modo a facilitar o acesso dos acompanhantes e para deixar exclusivamente ao critério da mãe o contacto pele a pele com o bebé e a …

Portugal com mais uma morte por covid-19 e 610 novos casos de infeção

Portugal registou, esta quarta-feira, mais uma morte e 610 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 610 …

Quartos para arrendar estão mais baratos em Lisboa. A culpa é da pandemia

A pandemia provocou uma quebra de preços mas a capital ainda é a cidade onde fica mais caro arrendar um quarto. Ao longo do último ano foi na cidade de Lisboa que se registou a …

MP acusa ativista que interrompeu António Costa de desobediência qualificada. Arrisca 2 anos de prisão

Em 2019, um ativista do movimento Extinction Rebellion Portugal interrompeu e tirou o microfone ao primeiro-ministro António Costa no jantar de aniversário do Partido Socialista. Agora, está a ser acusado de desobediência qualificada. De acordo com …

Jerónimo de Sousa lança críticas ao PS no arranque das autárquicas

Jerónimo de Sousa focou as suas críticas no PS no dia em que a CDU apresentou o compromisso da coligação parar as eleições autárquicas. A CDU promoveu, esta terça-feira, um "ato público" para apresentar o compromisso …

Cabrita vai explicar contrato do SIRESP ao Parlamento

O Parlamento vai ouvir o ministro da Administração Interna para explicar o problema da rede de comunicações de emergência do Estado, SIRESP, cujo contrato termina ainda este ano. A audição de Eduardo Cabrita foi aprovada por …

Falha de luz estraga 2400 vacinas em Famalicão. Almirante desvaloriza e Graça Freitas prevê "abundância"

Uma falha de energia eléctrica no Centro de Vacinação de São Cosme, em Famalicão, no distrito de Barcelos, levou à inutilização de 2400 vacinas. Um incidente que compromete a administração de doses no concelho numa …