Cientistas criaram material ultra-resistente com “diamantes espaciais”

Junkyardsparkle / Wikimedia

Brocas de 2mm laminadas a diamante, usadas na perfuração de materiais

Brocas de 2mm laminadas a diamante, usadas na perfuração de materiais

Cientistas de Novossibirsk, a terceira maior cidade da Rússia, criaram um material ultra-resistente inovador, a partir de diamantes com uma estrutura especial.

O material criado pelos cientistas siberianos permite aumentar várias vezes o tempo de vida dos instrumentos de corte e perfuração.

Os testes mostraram que os produtos fabricados com o novo material têm uma resistência 20 vezes superior à dos seus análogos de diamantes sintéticos ou das suas misturas com ligas duras.

O novo material garante uma velocidade de corte de mais de 140 metros por minuto, o que não é conseguido por nenhum material conhecido.

As qualidades únicas da nova liga são criadas pelos seus componentes: diamantes que existem apenas na Rússia.

Não se trata de pedras preciosas utilizadas na joalharia, mas de pequenos diamantes, cuja única fonte se encontra na cratera meteorítica da Yakútia, explicou à RVR o investigador Valentin Afanasiev, do Instituto de Geologia e Mineralogia da Seção Siberiana da Academia das Ciências da Rússia.

“A cratera formou-se há cerca de 36 milhões de anos atrás. Um corpo espacial chocou com rochas que continham muita grafite. O choque foi tão forte que as rochas se derreteram e a grafite tomou a forma de diamantes com uma estrutura especial devido à enorme pressão e temperatura”, diz Afanasiev.

“Graças a esta estrutura especial, estes diamantes têm uma grande capacidade abrasiva”, explica o cientista.

sibkray.ru

Diamantes extraídos da cratera meteorítica de Yakútia

Diamantes extraídos da cratera meteorítica de Yakútia

A Yakútia, ou República Sakha, a maior divisão federal da Federação da Rússia, com inúmeros recursos naturais, é um dos territórios mais misteriosos da Sibéria. É a terra natal de um fenómeno único chamado “xamanismo yakute”.

A extracção de diamantes a partir de crateras de meteoros tem-se revelado uma inesgotável fonte de riqueza para a Rússia.

Uma reportagem do Daily Mail revelava já em 2012 que as crateras russas poderão fornecer o planeta com diamantes de alta qualidade nos próximos 3.000 anos.

Segundo Afanasiev, na cratera meteorítica da Yakútia o conteúdo de diamantes “técnicos” é consideravelmente superior ao dos seus “irmãos” preciosos.

Мирный / Wikimedia

A famosa mina de diamantes a céu aberto de Mirny, na Yakútia, Sibéria, com 525 metros de profundidade

A famosa mina de diamantes a céu aberto de Mirny, na Yakútia, Sibéria, com 525 metros de profundidade

Valentin Afanasiev partilhou alguns segredos do seu material revolucionário.

“Pega-se em pó de diamante e aquece-se com um certo material. Nós, por exemplo, aquecíamos com cobalto e silício. Isso era feito em aparelhos que criavam alta pressão, até 100 mil atmosferas, e temperatura até 2.000 graus“, conta Afanasiev.

“Estes assados são o material altamente tecnológico que é usado nos buris e coroas de perfuração”.

Os cientistas realçam que o emprego de semelhante material é extremamente importante para a construção de máquinas e extracção de minério, especialmente gás de xisto.

Devido à grande complexidade dos trabalhos, os dispendiosos instrumentos de perfuração estragam-se rapidamente. Mas a super-resistencia do novo material permite aumentar significativamente o seu tempo de vida.

O preço do material não foi está definido. Assim que esteja, os autores da invenção tencionam colocá-la no mercado.

ZAP / RVR

PARTILHAR

RESPONDER

Simeone confessa que gostava que João Félix "tivesse mais gasolina"

O treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone, elogiou João Félix no final da partida deste sábado contra o Osasuna, mas confessou que gostava que o internacional português "tivesse mais gasolina na fase final dos …

Ex-diretor do FBI admite que houve "negligência" na investigação da ingerência russa

O ex-diretor do FBI James Comey admitiu este domingo que “verdadeiras negligências” foram cometidas pela polícia federal no início da investigação sobre a ingerência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos. Donald Trump, …

"Alcochete sempre". Equipa do Sporting vaiada à chegada aos Açores

A comitiva do Sporting foi este domingo vaiada à chegada ao hotel em Ponta Delgada, nos Açores, na véspera do jogo contra o Santa Clara. "Alcochete sempre", gritou um grupo de cerca de 30 adeptos à …

Os seus genes não são o único fator que determina o risco de Alzheimer

O desenvolvimento da doença de Alzheimer não está exclusivamente ligado à genética, sugere um artigo científico publicado recentemente. No primeiro estudo publicado sobre a doença de Alzheimer em trigémeos idênticos, os cientistas descobriram que, apesar de …

"Poções do amor" podem tornar-se na solução para uma relação eterna

Numa verdadeira fusão entre ficção e realidade, as nossas relações amorosas podem vir a ser salvas por uma "poção do amor". A solução passa por se recorrer à manipulação química do amor para tentar que …

Há uma segunda população estelar no disco espesso da Via Láctea

As estrelas que compõem o disco espesso da Via Láctea pertencem a duas populações estelares distintas, com características diferentes. Um novo estudo sobre a composição cinemática e química de uma amostra de estrelas nas proximidades do …

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …