Cientista da NASA defende que a Terra pode já ter sido visitada por extraterrestres

Wendy Stenzel. Daniel Rutter / NASA

O telescópio espacial Kepler, da NASA

Um cientista da NASA defende que a vida inteligente alienígena pode não ter nada a ver com aquilo que conhecemos e que, portanto, os extraterrestres já podem ter visitado a Terra.

O professor Silvano P. Colombano, cientista computacional no Centro de Investigação Ames da NASA, destaca num relatório publicado pela Agência Espacial Norte-americana, que a vida extraterrestre pode não precisar dos mesmos elementos que os humanos para sobreviver.

“A inteligência que poderemos encontrar e que pode escolher encontrar-nos (se já não o fez) pode não ser de todo produzida por organismos baseados em carbono como nós”, sublinha Colombano.

Assim, “as nossas típicas durações de vida não seriam uma limitação” e “o tamanho do ‘explorador’ pode ser o de uma entidade super-inteligente extremamente minúscula”, acrescenta.

Colombano refere ainda que os extraterrestres podem usar tecnologia que é incompreensível para os humanos e que poderão eventualmente realizar viagens interestelares facilmente, pelo que podem já ter aterrado na Terra.

O cientista da NASA propõe, assim, uma abordagem mais “agressiva” em futuras missões de exploração espacial, salientando que é preciso envolver os físicos no que se pode chamar de “física especulativa” que tem por base as “mais sólidas teorias” que conhecemos, mas que admite “alguma vontade de esticar possibilidades quanto à natureza do espaço-tempo e da energia”.

Colombano também recomenda à NASA que envolva especialistas em “explorações futuristas sobre como a tecnologia pode evoluir, especialmente com Inteligência Artificial, Sistemas de Robótica Evolutiva e simbiose de biologia com máquinas”.

Além disso, aconselha a “envolver sociólogos na especulação sobre que tipos de sociedades poderemos esperar dos desenvolvimentos referidos, e se e como poderão escolher comunicar”.

Ideias que o professor defende como forma de nos levar a adoptar “um novo conjunto de suposições sobre que formas de inteligência e tecnologia maiores poderemos encontrar”, o ponto de partida que ele considera essencial para “começar alguma investigação séria” sobre a procura de vida extraterrestre.

Colombano também nota que nem todos os visionamentos de OVNIs podem ser “explicados ou negados” e apela a que se considerem estes fenómenos como dignos de estudo, de modo a “desafiar algumas das nossas suposições” e apontando para “novas possibilidades para comunicação e descoberta”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Digam logo a verdade completa. A população merece saber e os que não acreditavam, irão se acostumar. Afinal tudo no universo é criação divina.

  2. O Antigo Testamento da Bíblia relata diversos eventos extraterrestres do Reino de Deus, mas o povo transforma tudo em religião. Inclusive, o profeta Ezequiel viajou num objeto voador conforme registrado em Ezequiel cap. 1.

  3. Este Colombano quando encharca a vela… tem muito que se lhe diga. Esta criatura pode ser apelidada de cientista? E estas vulgaridades podem ser admitidas enquanto ciência? É que se é assim eu conheço, e sou amigo pessoal, de grandes cientistas…sobretudo ao sábado à noite que é quando a ciência mais sobressai do pensamento deles, como resultado do vinho e de umas ervas… para chás… se é que me faço entender.

  4. Já foi visitada? Eles estao sempre a visitar nos. Há muitos avistamentos. Quando a verdade virá ao de cima? Quando vai haver finalmente o disclosure?

  5. Que grande novidade!
    Este cientista diz que a terra já foi visitada por extraterrestres.Daqui a 50 anos vem outro cientista dizer que somos visitados regularmente por extraterrestres. Daqui a 100 anos outro cientista diz que os extraterrestres vivem debaixo dos nossos narizes,tal como Robert Bigalow da Bigalow Aerospace afirmou!
    É um “disclosure” bem,bem lento!zzzzzz
    Zzzzzzz
    Zzzzzz

  6. Sem estar para aqui a dizer que há ou não extraterrestres, não seria interessante pelo menos admitir essa possibilidade? Não foi assim que evoluímos e descobrimos que a Terra afinal não é o centro do Universo? Não foi assim que descobrimos que a Terra não é plana?
    É preciso questionar sempre para evoluirmos, senão ainda estaríamos na mais completa ignorância.

  7. Concordo consigo, Manuel… é preciso, fundamental e essencial, termos a mente aberta… aqueles que tudo negam, pensando que tudo sabem, são afinal, os maiores ignorantes…

  8. Deviam era dizer como são formados os tornados.
    Não é preciso ser gênio para saber.

    Eis que os tornados são formados através de satélites e usam a natureza como desculpa.

    Mas enfim é só mais uma frase esquecida no tempo.

    Tudo acontece com um propósito.

RESPONDER

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …

Cientistas observaram pela primeira vez porcos a usar ferramentas

Uma equipa de cientistas registou pela primeira vez uma família de javalis das Visayas, num jardim zoológico em Paris, a usar paus para cavar e construir ninhos. Os porcos não gostam só de chafurdar na lama …

Transição verde: o mundo tem muito a aprender com uma pequena cidade na Islândia

Uma pequena cidade no norte da Islândia tornou-se quase neutra em dióxido de carbono (CO2). Uma equipa de cientistas viajou até ao país insular nórdico para descobrir como podemos aprender com esta cidade. Atualmente, as cidades …

Adolfo Mesquita Nunes não será candidato à liderança do CDS

Adolfo Mesquita Nunes anunciou este domingo que não será candidato à liderança do CDS. A garantia foi deixada pelo próprio, na sua página pessoal de Facebook, depois de ter sido desafiado por António Pires de …

Afastado desde a noite eleitoral, Rui Rio volta para lançar suspeitas sobre a RTP

Afastado dos holofotes desde a noite eleitoral e sem dizer se se vai recandidatar à liderança do PSD, Rui Rio recorreu ao Twitter para comentar as suas suspeitas sobre a RTP. O líder social-democrata recorreu às …