Cientista cria fotossíntese artificial para limpar o ar e produzir energia

O professor de química da Universidade da Florida Central (EUA) Fernando Uribe-Romo encontrou uma maneira de desencadear artificialmente o processo de fotossíntese num material sintético.

Segundo o estudo publicado no Journal of Materials Chemistry A, o especialista conseguiu transformar gases de efeito estufa em ar limpo e produzir energia ao mesmo tempo.

Esta descoberta tem um grande potencial para a criação de uma tecnologia que pode reduzir significativamente os perigos do efeito estufa ligados à mudança climática e oferecer uma maneira mais amigável ao meio ambiente de gerar energia.

Uribe-Romo e a sua equipa conseguiram desencadear uma reação química num material sintético chamado “estrutura metal-orgânica” (MOF), que transforma o dióxido de carbono em materiais orgânicos inofensivos.

Basicamente, é um processo de fotossíntese artificial, semelhante à forma como as plantas convertem o dióxido de carbono e a luz solar em alimento. Em vez de produzir alimentos, o novo método produz energia solar.

Os cientistas de todo o mundo tentam realizar esta façanha há anos. O desafio era encontrar uma maneira de a luz visível desencadear a transformação química.

Os raios ultravioleta têm energia suficiente para permitir a reação em materiais comuns, como o dióxido de titânio, mas representam apenas cerca de 4% da luz que a Terra recebe do Sol. A parte visível dos comprimentos de onda representa a maioria dos raios solares, mas há poucos materiais que captam essas cores para criar a reação química que transforma o CO2 em combustível.

Os cientistas já testaram uma variedade de materiais, mas aqueles que podem absorver a luz visível tendem a ser raros e caros, como a platina, o rénio e o irídio.

Fernando Uribe-Romo usou titânio, um metal comum não tóxico, e adicionou moléculas orgânicas que agem como antenas para “recolher” a luz. Essas moléculas podem ser projetadas para absorver cores específicas de luz quando são incorporadas na estrutura metal-orgânica (MOF) e, neste caso, os cientistas escolheram a cor azul.

A equipa montou um fotorreactor LED, que imita o comprimento de onda azul do Sol e, ao alimentar a máquina com dióxido de carbono, observou uma reação química que criou duas formas reduzidas de carbono, formiato e formamida – dois tipos de combustível solar.

“O objetivo é continuar a aperfeiçoar a tecnologia, para que possamos criar maiores quantidades de carbono reduzido, de forma mais eficiente”, afirmou Uribe-Romo.

No futuro, os cientistas também pretendem testar se outros comprimentos de onda da luz visível são igualmente capazes de desencadear a reação. Caso funcione, o processo pode ser uma forma significativa de reduzir os gases de efeito estufa.

“A ideia seria montar estações para recolher CO2 perto de centrais hidroelétricas. O gás seria sugado para a estação, passando pelo processo que iria reciclar os seus efeitos nocivos e ao mesmo tempo produzir energia”, sugere o especialista.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Caro António Gomes Martins,
      Obrigado pelo seu reparo. O especialista não diz que as centrais hidroelétricas produzem CO2, diz que o melhor sítio para montar estações para recolher CO2 é perto de centrais hidroelétricas, para onde depois o CO2 é enviado.

  1. O cientista não diz isso, nem poderia dizê-lo, sendo cientista. De facto, ele refere-se bem nitidamente (do minuto 1:40 em diante) a centrais que produzem CO2 porque queimam carvão. Identifica a potencial utilização do processo que descobriu para transformar o CO2 em novo combustível que poderia ser usadona própria central. Não entra em detalhes, porque não é esse o seu objetivo, sobre o modo de produzir calor na central térmica a partir do combustível produzido pelo novo processo. Mas refere-se a uma central que queime carvão. Em nenhuma parte do vídeo há qualquer referência a centrais hidroelétricas, o que seria completamente despropositado no contexto.

Responder a PK Cancelar resposta

Lítio pode reverter malefícios de radiação no cérebro

Cientistas concluíram numa experiência com ratos que o lítio pode reverter os malefícios da radiação no cérebro, podendo o seu uso ser promissor para tratar crianças que foram sujeitas a radioterapia e desenvolveram posteriormente défices …

Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas nos clientes

https://vimeo.com/373176205 Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas para enganar, iludir ou persuadir os clientes. A tendência é que o recurso a estas práticas aumente nos próximos anos. Um estudo apresentado na semana …

Eurovisão procura voluntários para trabalhar 18 dias seguidos sem vencimento

A procura de voluntários para o Festival Eurovisão de 2020 está a gerar polémica. A organização quer disponibilidade total durante 18 dias, não oferecendo qualquer vencimento, nem pagando despesas de viagem ou estadia. O Festival Eurovisão …

Portugal 6 vs 0 Lituânia | Ronaldo e Cia destroem lituanos

Portugal goleou a Lituânia esta quinta-feira no Estádio Algarve, por 6-0, e está a uma vitória de garantir o apuramento para o Euro 2020, decisão que está marcada para o próximo domingo, quando a seleção …

Um “caixão” nuclear da Guerra Fria pode estar prestes a colapsar

Durante a Guerra Fria, os EUA lançaram 67 bombas atómicas nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico. No fim nos anos 70, os detritos expostos à radiação nas seis ilhas foram transportados para um poço gigante …

App usada para ler dados biométricos de europeus no Reino Unido pode ser pirateada

A aplicação digital criada pelo governo britânico para recolher dados biométricos dos europeus candidatos ao estatuto de residente no Reino Unido, obrigatório depois do Brexit e pedido por 210 mil portugueses, pode ser pirateada, alertou …

Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por não nomear comissário europeu

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira a abertura de um procedimento de infração contra o Reino Unido por este Estado-membro, que está em processo de saída da União Europeia (UE), não ter nomeado um comissário. “Enquanto …

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …