Há uma cidade onde é proibido morrer

Longyearbyen, capital do arquipélago de Svalbard, na Noruega, deu o passo muito incomum de proibir a morte naquela região.

Desde 1950, ninguém está legalmente autorizado a morrer na cidade. Até uma pessoa que lá tenha vivido a vida toda, se for um doente terminal, terá de se mudar para fora da ilha, onde viverá o resto dos seus dias. Se a morte for súbita, o corpo terá de ser enterrado noutro local.

A cidade tomou esta decisão para proteger os seus cidadãos. Em 1950, foi descoberto que os corpos que estavam enterrados no cemitério local não se estavam a decompor devido ao permafrost – “pergelissolo”, em português, que é um tipo de solo encontrado na região do Ártico.

Este solo constituído por terra, gelo e rochas permanentemente congelados. A camada é recoberta por uma camada de gelo e neve que, se no inverno chega a atingir 300 metros de profundidade em alguns locais, ao derreter-se no verão, reduz-se para de 0,5 a 2 metros, tornando a superfície do solo pantanosa, uma vez que as águas não são absorvidas pelo solo congelado.

Como os corpos não se estavam a decompor, vírus mortais dentro dos corpos poderiam manter-se vivos e, possivelmente, voltar a infetar a população viva quando o permafrost descongelasse.

Em agosto de 2016, houve um surto de antraz – infeção causada pela bactéria Bacillus anthracis – no norte da Sibéria, no qual um menino morreu e 90 outras pessoas foram hospitalizadas. Além disso, 2.300 renas morreram por causa da doença.

O surto mais recente antes disso ocorreu em 1941. O surto de 2016 ocorreu durante uma onda de calor na região, levando as autoridades a concluir que uma rena morta por antraz tinha descongelado, fazendo com que o vírus fosse libertado para o meio ambiente.

Em 1950, as autoridades de Longyearbyen estavam preocupadas que algo semelhante pudesse acontecer com bactérias e vírus escondidos nos moradores do seu cemitério.

Recentemente, amostras da gripe espanhola foram encontradas nos pulmões de vítimas da doença que tinham sido preservadas no permafrost do Alaska desde 1918. Também foram encontrados vestígios em Longyearbyen, de uma pessoa que morreu durante o surto de 1917.

Embora seja improvável que o descongelamento dos corpos em Longyearbyen causasse um surto de gripe espanhola, em 1998, uma equipa de cientistas que estudam o vírus tomou precauções extras. Ao extrair amostras das sepulturas, usaram trajes espaciais modificados e asseguraram que o tecido não descongelasse antes de chegar a uma instalação especializada nos EUA.

Não é claro quão grande é o risco de vírus e bactérias em cadáveres representam para residentes vivos mas, em 1950, a cidade decidiu ficar do lado da cautela e proibir a morte na cidade.

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Como é evidente, não se trata de ser proibido morrer ali – o que está em causa é não se enterrar pessoas nesse local.

  2. Já estive ai fica a 900 km do polo norte

    Recordo ir ao supermercado local e encontrar papel higienico Renova

    E azeite de ferreira do alentejo

        • Que foi exactamente o mesmo que tu fizeste com o teu comentário e, daí o meu!!
          Essa do Polo Norte derreter todo até 2014 é mesmo coisa de palermas para palermas!…

          • O pólo norte derreter ate 2014 é o que a face politica da narrativa do aquecimento global, Al Gore, nos disse em 2007 que ia acontecer em 2014 porque os cientistas assim o previam.
            Portanto eu disse algo, que quem falha as previsões todas, no caso os alarmistas do aquecimento global, quem falha sempre não tem credibilidade nenhuma. Assim como você

            • Os negacionistas das alterações climáticas fazem-me lembrar os violinistas do Titanic, a tocar enquanto o barquito afundava.
              Vá, vai tocando. E já agora sorri, enquanto tocas.

RESPONDER

Há mais recuperados do que apontam os dados oficiais

A diretora-geral da Saúde admitiu esta segunda-feira que o número de doentes recuperados de covid-19 é superior ao apontado pelos dados oficiais, disponibilizados no boletim diário da DGS, por atrasos na notificação. “Sabemos que há mais …

E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar. David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em …

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …

"Solução Milagrosa" também é vendida em Portugal para tratar covid-19. Infarmed avisa que é "uma lixívia"

A Solução Mineral Milagrosa, ou MMS, está também a ser vendida em Portugal como tratamento para a covid-19, tal como tem acontecido noutros países. Mas o Infarmed alerta que este produto é, basicamente, "uma lixívia" …

Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um "contribuinte de estabilidade política"

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um "contribuinte da estabilidade política", atuando "contra todos os extremismos" e valorizando as autonomias da Madeira e Açores. Carlos …

Marcelo assinala 75 anos da ONU com a frase que veio "mudar o mundo para sempre"

O Presidente da República apelou hoje ao compromisso de todos para com a ONU, 75 anos depois da sua criação. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que isso se torna ainda mais urgente com as consequências …

Pelo menos 270 baleias piloto estão encalhadas na Tasmânia. Austrália já lançou operação de resgate

Cerca de 270 baleias piloto ficaram encalhadas numa área remota da ilha da Tasmânia, no sul da Austrália, e três baleias corcundas conseguiram encontrar o caminho do mar após permanecerem num rio infestado de crocodilos …