//

Australiano “desenhou” a capa de Nevermind nas ruas de Adelaide. Usou uma bicicleta e o GPS

1

Pete Stokes / Instagram

O australiano Pete Stokes fez cerca de 150 quilómetros de bicicleta para recriar a mítica capa do álbum Nevermind, dos Nirvana.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Trinta anos depois, Nevermind, dos Nirvana, continua a fazer história. Desta vez, o australiano Pete Stokes foi o autor de uma recriação, no mínimo, original: percorreu cerca de 150 quilómetros de bicicleta e desenhou a mítica capa do álbum nas ruas de Adelaide.

A cartografia como pano de fundo, uma pequena ajuda do GPS e muita força nas pernas para pedalar. Eis o resultado, oito horas depois:

“Os Nirvana têm um lugar na minha coleção de discos. Quando esse álbum saiu eu estava no liceu, tinha cerca de 14 anos, e é aí que se forma o nosso amor pela música“, disse Pete Stoke, em declarações ao The Guardian. O aficionado, de 45 anos, é gestor de projetos de parques nacionais.

O ciclista também desenhou Beethoven para assinalar o 250.º aniversário do compositor, fez dinossauros, dragões, raposas e até o seu próprio retrato.

Atletas de todo o mundo estão a fazer arte na Strava, uma app de gestão de atividades desportivas baseada em GPS.

Recorde-se que, em agosto, Spencer Elden interpôs uma ação em tribunal, acusando a banda Nirvana de exploração sexual e pornografia infantil pelo facto de a sua imagem, em bebé, ter sido usada na capa do álbum Nevermind, em 1991.

O álbum vendeu mais de 30 milhões de cópias e a capa é uma das mais icónicas do mundo da música.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.