Contra todas as expectativas, a cerveja Corona sobreviveu ao ano em que surgiu uma pandemia com o seu nome

A pandemia do novo coronavírus surgiu no mundo e a marca mexicana de cerveja Corona temeu o pior, ou a pandemia não tivesse precisamente o nome do seu produto. Foram muitas as notícias que remeteram para o impacto negativo desta infeliz coincidência nas vendas da bebida, mas, passados mais de 10 meses, a marca parece ter dado a volta por cima.

Logo que começou a eclodir a pandemia, surgiram também algumas teorias de que a cerveja Corona não iria conseguir sobreviver ao ano de 2020, precisamente pelo seu nome ser o mesmo que o do novo vírus. O alerta foi dado e de imediato acatado pela equipa de marketing da marca desde o início.

John Alvarado, vice-presidente de marketing de marca, recorda ao WSJ que no início da pandemia a empresa se viu em mãos com problemas que todas as firmas estavam a ter. “Estávamos a enfrentar muitos dos mesmos desafios que os outros profissionais de marketing”, contudo, assume que a sua equipa teve tivemos uma tarefa mais difícil devido ao facto “do novo vírus ter o mesmo nome que a cerveja”.

No entanto, à medida que o ano foi avançando, e agora que o final de 2021 se aproxima cada vez mais, o feedback é bastante positivo, pois as vendas da cerveja Corona foram suficientemente fortes para sustentar a empresa.

As compras de cerveja da marca Corona nos EUA correspondem a 6,78% das que foram feitas no universo deste tipo de produtos até 6 de dezembro deste ano. Isto significa que os valores se mantiveram praticamente inalterados relativamente ao período equivalente ao ano anterior, de acordo com a IRI, uma empresa de pesquisa de mercado.

“Não houve nenhum tipo de impacto negativo nas vendas da Corona. Isso está claro nos dados”, disse Vivien Azer, diretora e analista de pesquisa do banco de investimentos Cowen Inc, ao jornal norte-americano. A especialista garante que a popularidade e a familiaridade da marca ajudaram-a a resistir ao impacto negativo que a pandemia de covid-19 prometia trazer.

A analista relembra que “durante os primeiros dias de confinamento, os consumidores optaram por grandes e confiáveis marcas”.

Para ultrapassar um ano que se adivinhava difícil, a Constellation Brands alicerçou os seus esforços regulares para chamar a atenção dos consumidores, mas com o passar dos meses percebeu que eram poucas as pessoas que estavam a associar a marca ao vírus que causa a covid-19, explicou Alvarado. Ainda assim, a empresa adaptou algumas campanhas à situação atual do mundo.

Em 2020 a firma lançou uma campanha de promoção de todas as marcas Corona, com o tema “La Vida Más Fina”, apresentada pelos cantores Snoop Dogg e Bad Bunny.

Atualmente, a cerveja Corona está também a exibir novamente o seu famoso anúncio de Natal “O Tannenpalm”, que fez a sua estreia em 1990 e tem aparecido todos os anos desde então, de acordo com a Constellation Brands.

“Somos uma marca otimista e este ano fez-nos ver isso. Quando pensamos sobre tudo o que aconteceu este ano, acho que essa mensagem é ainda mais necessária e fulcral”, rematou Ann Legan, vice-presidente de marketing da marca Corona.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …