O cérebro humano está desenhado para ter alucinações

As alucinações, normalmente associadas a distúrbios psicóticos, resultam na verdade de um processo natural do cérebro, quando este tenta “completar” a realidade quando sente que não lhe chegam informações suficientes.

Um grupo de cientistas das universidades de Cambridge (Inglaterra) e Cardiff (País de Gales) chegou a esta conclusão depois de uma série de experiências, cujos resultados foram publicados esta segunda-feira na Proceedings of the National Academy of Sciences.

De acordo com os investigadores britânicos, o cérebro humano tem uma poderosa capacidade de “completar” a visão de um acontecimento quando os dados são insuficientes ou incompletos.

Assim, o efeito colateral deste “prognóstico cerebral” é a capacidade de ver coisas que não existem na realidade – as alucinações, que ocorrem quando há uma intensificação dos processos normais de avaliação de uma situação no cérebro, baseando-se na informação existente combinada com prognósticos.

Este comportamento, segundo os cientistas, não é inerente apenas às pessoas com doenças mentais, mas acontece, por exemplo, quando “reconhecemos” o nosso gato no escuro mesmo quando este não passa de uma mancha.

Durante as experiências, os cientistas compararam as reações de pessoas saudáveis e das que tinham doenças mentais a determinadas imagens.

Os participantes tinham que detetar a silhueta de uma pessoa em imagens ininteligíveis a preto e branco – ou seja, para identificar a silhueta era preciso usar a imaginação.

Em seguida, eram mostradas imagens a cores a partir das quais tinham sido feitas as imagens anteriores a preto e branco.

As pessoas com psicoses ou com predisposição para doenças mentais acabavam por cumprir a tarefa mais facilmente olhando para as imagens, confirmando a teoria dos cientistas de que as alucinações ocorrem devido à tendência hipertrofiada de projetar na realidade ideias previamente existentes.

Paul Fletcher, do departamento de psiquiatria da Universidade de Cambridge, explica que “ter um cérebro preditivo torna-nos eficientes e propensos a criar uma imagem coerente de um mundo ambíguo e complexo, mas também significa que não estamos muito longe de percepcionar coisas que não existem na realidade – a definição de alucinação”.

“Estas descobertas são importantes porque nos mostram que a emergência de sintomas de doenças mentais podem ser enquadrados como uma alteração do equilíbrio das funções cerebrais normais, e também sugerem que estes sintomas e experiências não refletem um cérebro ‘estragado’, mas antes um que está em busca – de uma forma muito natural – de sentido para a informação que lhe parece ambígua”, completa Naresh Subramaniam, investigadora da mesma instituição.

ZAP / SN

RESPONDER

Um em cada seis pessoas não sabe que tem uma Hepatite Viral

Esta sexta-feira celebra-se o Dia Mundial das Hepatites Virais. Para assinalar a data, uma clínica especializada criou uma infografia com a qual pretende sensibilizar e dar a conhecer a doença - porque mais vale prevenir …

Nova solução para drones permite reforçar comunicações em cenários de emergência

Uma solução para drones que permite restabelecer ou reforçar as comunicações sem fios em cenários de emergência, festivais ou manifestações está a ser desenvolvida pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência …

Sócrates diz que direita o quis impedir de se candidatar à Presidência

O ex-primeiro-ministro português assegurou, esta quarta-feira, que o processo judicial em que está implicado por corrupção responde a uma campanha da direita para evitar que apresentasse a sua candidatura à Presidência de Portugal. "O objetivo foi …

11 jovens retiradas de casa de acolhimento pela Segurança Social "sem explicação"

A Segurança Social retirou 11 jovens de uma casa de acolhimento no Caramulo, em Tondela, "sem dar qualquer explicação", uma situação que já foi comunicada ao Ministério Público. De acordo com Marina Leitão, responsável da Associação …

Reino Unido vai proibir veículos a gasolina e diesel a partir de 2040

O governo britânico anunciou que, a partir de 2040, os novos veículos movidos a diesel e gasolina vão ser proibidos, com o objetivo de combater a poluição. A medida, que foi antecipada hoje pelo ministro do …

Bruxelas dá um mês à Polónia para recuar na reforma do sistema judiciário

A Comissão Europeia deu esta quarta-feira um prazo de um mês às autoridades polacas para resolverem os problemas identificados no seu projeto de reforma do sistema judiciário, advertindo que "está pronta" a tomar medidas se …

Trump proíbe pessoas transgénero de servir nas Forças Armadas

O Presidente dos Estados Unidos anunciou, esta quarta-feira, a decisão de proibir que os transexuais sirvam nas Forças Armadas do país, depois de se ter aconselhado com "generais e especialistas militares". Donald Trump fez o anúncio …

Rajoy nega envolvimento em caso de corrupção no Partido Popular

O chefe do Governo Espanhol negou, esta quarta-feira, ter beneficiado ou ter conhecimento de um esquema fraudulento que envolvesse o pagamento de quantias a troco da concessão de contratos públicos a responsáveis do Partido Popular, …

Descoberta nova espécie de peixe-lua gigante (e "ilusionista")

Com cerca de 3 metros de comprimento e quase duas toneladas de peso, é espantoso como é que esta nova espécie de peixe-lua gigante só agora foi descoberta. Este peixe-lua ilusionista, assim baptizado por ter andado …

Número 3 do Vaticano em tribunal em caso histórico de abuso sexual de menores

O cardeal George Pell, considerado o número três do Vaticano, compareceu num tribunal em Melbourne, na Austrália, numa sessão preliminar ao julgamento em que vai responder por acusações de pedofilia. Um momento considerado histórico pelas …