O cérebro humano está desenhado para ter alucinações

As alucinações, normalmente associadas a distúrbios psicóticos, resultam na verdade de um processo natural do cérebro, quando este tenta “completar” a realidade quando sente que não lhe chegam informações suficientes.

Um grupo de cientistas das universidades de Cambridge (Inglaterra) e Cardiff (País de Gales) chegou a esta conclusão depois de uma série de experiências, cujos resultados foram publicados esta segunda-feira na Proceedings of the National Academy of Sciences.

De acordo com os investigadores britânicos, o cérebro humano tem uma poderosa capacidade de “completar” a visão de um acontecimento quando os dados são insuficientes ou incompletos.

Assim, o efeito colateral deste “prognóstico cerebral” é a capacidade de ver coisas que não existem na realidade – as alucinações, que ocorrem quando há uma intensificação dos processos normais de avaliação de uma situação no cérebro, baseando-se na informação existente combinada com prognósticos.

Este comportamento, segundo os cientistas, não é inerente apenas às pessoas com doenças mentais, mas acontece, por exemplo, quando “reconhecemos” o nosso gato no escuro mesmo quando este não passa de uma mancha.

Durante as experiências, os cientistas compararam as reações de pessoas saudáveis e das que tinham doenças mentais a determinadas imagens.

Os participantes tinham que detetar a silhueta de uma pessoa em imagens ininteligíveis a preto e branco – ou seja, para identificar a silhueta era preciso usar a imaginação.

Em seguida, eram mostradas imagens a cores a partir das quais tinham sido feitas as imagens anteriores a preto e branco.

As pessoas com psicoses ou com predisposição para doenças mentais acabavam por cumprir a tarefa mais facilmente olhando para as imagens, confirmando a teoria dos cientistas de que as alucinações ocorrem devido à tendência hipertrofiada de projetar na realidade ideias previamente existentes.

Paul Fletcher, do departamento de psiquiatria da Universidade de Cambridge, explica que “ter um cérebro preditivo torna-nos eficientes e propensos a criar uma imagem coerente de um mundo ambíguo e complexo, mas também significa que não estamos muito longe de percepcionar coisas que não existem na realidade – a definição de alucinação”.

“Estas descobertas são importantes porque nos mostram que a emergência de sintomas de doenças mentais podem ser enquadrados como uma alteração do equilíbrio das funções cerebrais normais, e também sugerem que estes sintomas e experiências não refletem um cérebro ‘estragado’, mas antes um que está em busca – de uma forma muito natural – de sentido para a informação que lhe parece ambígua”, completa Naresh Subramaniam, investigadora da mesma instituição.

ZAP / SN

PARTILHAR

RESPONDER

Revelada finalmente a identidade do homem que trabalhou 18 meses em 15 anos

Foi revelada a identidade do auxiliar médico que, entre baixas e férias, só trabalhou 18 meses em 15 anos. Chama-se Juan Carlos, tem 60 anos e fez culturismo. Na semana passada, a imprensa espanhola contou a …

Duterte quer ser morto a tiro caso se torne um ditador

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu para os militares o matarem a tiro caso tencione violar a Constituição e resolva permanecer no cargo mais do que o seu mandato lhe permite. "Caso permaneça no poder …

"The Shape of Water" lidera corrida aos Óscares com 13 nomeações

O filme "The Shape of Water" lidera as nomeações da 90.ª edição dos Óscares, que serão entregues a 4 de março, em Los Angeles, incluindo as categorias de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz, …

Queda de helicóptero da TV Globo faz duas vítimas mortais

Um helicóptero da Rede Globo caiu, esta terça-feira, na Praia do Pina, no Recife, provocando duas vítimas mortais. Um helicóptero da TV Globo caiu esta terça-feira na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul …

Tribunal de Beja pediu exame psiquiátrico a um morto

A Directora de Psiquiatria do Hospital de Beja nem queria acreditar quando recebeu do tribunal da cidade uma solicitação para realizar uma perícia médico-legal psiquiátrica a um morto. "Obviamente, não é possível", foi a resposta. Ana …

Erupção violenta no vulcão Mayon pode estar iminente. 40 mil pessoas procuram abrigo

O monte Mayon, o vulcão mais ativo das Filipinas, continuou esta terça-feira a emitir lava e cinzas, obrigando cerca de 40 mil habitantes a procurar abrigo em centros de evacuação. A lava foi projetada até 700 …

Polícia quer enviar cães pisteiros à Casa dos Horrores para procurar cadáveres

A polícia norte-americana quer enviar cães pisteiros nas novas buscas à casa do casal Turpin, acusado de ter mantido em cativeiro durante vários anos os seus 13 filhos, em Perris, na Califórnia, para procurar eventuais …

Portugueses fogem da Venezuela e refazem a vida em Madrid

Madrid é uma cidade de refúgio de muitos luso-venezuelanos, principalmente jovens da segunda e terceira geração de emigrantes portugueses, que falam melhor castelhano e que tiveram de sair da Venezuela. "Viemos para Madrid devido à situação …

Corrida para evitar a nova lei já esgotou os eucaliptos nos viveiros

A semente de eucalipto mais recomendada pelas celuloses, por crescer mais depressa, está esgotada nos viveiros devido à corrida dos proprietários que tentam fazer novas plantações antes da entrada em vigor da nova lei que …

"Tinham que meter Manuel Vicente no processo"

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e …