Cérebro feminino gere melhor multitarefas do que o masculino

Um estudo divulgado esta semana revelou que, quando confrontados com um desafio mental enquanto fazem uma caminhada, por exemplo, os homens mostram alterações nos movimentos, o que não acontece com a maioria das mulheres – o que reabre o debate sobre as diferenças cerebrais entre os géneros.

Os investigadores colocaram um grupo de homens e mulheres a caminhar numa passadeira, enquanto eram confrontados com um teste de linguagem complexo. As conclusões da equipa mostram que os participantes do sexo masculino e as mulheres com mais de 60 anos passaram a balançar menos o braço direito quando respondiam às questões.

Acredita-se que tanto a função da linguagem como o balanço do braço direito são controlados principalmente pelo hemisfério esquerdo do cérebro.

“As mulheres com menos de 60 anos pareciam resistentes a esse efeito, visto que eram capazes de realizar a tarefa verbal sem mudanças no balanço do braço”, diz Tim Killeen, neurocientista do Hospital Universitário Balgrist, na Suíça, e co-autor do estudo.

“Nos homens e nas mulheres mais velhas, a tarefa verbal parece sobrecarregar o hemisfério esquerdo, na medida em que o movimento do braço direito é reduzido”, acrescentou.

Os resultados do estudo foram publicados na revista Royal Society Open Science.

“Ficamos surpreendidos por encontrar uma diferença de género tão consistente na forma como dois comportamentos relativamente simples – controlo cognitivo e balanço do braço – interagem entre si”, disse Killeen.

A equipa usou câmaras infravermelhas para registar os padrões da caminhada na passadeira em 83 pessoas saudáveis, com idades compreendidas entre os 18 e 80 anos.

Os participantes foram convidados a caminhar – primeiro normalmente e, de seguida, enquanto executavam uma tarefa verbal chamada teste Stroop.

Desenvolvido na década de 1930, o teste consiste na impressão do nome de uma cor como “vermelho”, na tinta de uma cor não correspondente como verde, por exemplo. O objetivo  é pedir a uma pessoa que olhe para a palavra e diga qual é a cor da tinta.

Melhores na linguagem?

Segundo Killeen, o teste é difícil porque o cérebro “vê” tanto a palavra escrita como a cor da tinta e tem de conseguir conciliar as duas. Durante uma caminhada normal, os braços esquerdo e direito balançaram de forma igual.

“Quando adicionamos a tarefa verbal, nos homens de todas as idades e nas mulheres acima dos 60 anos, essa simetria foi rompida, com uma redução no balanço do braço direito, enquanto o braço esquerdo continuava a balançar normalmente”, explica.

Isso prova que as mulheres são melhores na realização de multitarefas? “Acho que isso mostra que as mulheres mais jovens podem ser capazes de resistir à interferência desses dois comportamentos bastante específicos”, disse.

Ainda não foi demonstrado se este padrão se aplica a outras atividades simultâneas – como conduzir e falar ou andar e enviar mensagens ao mesmo tempo, por exemplo.

Também não é claro se a habilidade de uma mulher de realizar o desafio para o cérebro no seu passo normal lhe confere qualquer vantagem sobre os homens, disse Killeen.

O facto de as mulheres com mais de 60 anos perderem a capacidade pode fornecer uma pista sobre a origem desta capacidade. Segundo os investigadores, os recetores cerebrais do estrogénio – uma hormona feminina – podem captar um maior impulso em mulheres mais jovens, que o possuem em maior quantidade.

“Alternativamente, as mulheres muitas vezes demonstram ter habilidades verbais um pouco melhores do que os homens” e podem achar o teste Stroop mais fácil, diz Killeen.

No entanto, isso não explica porque é que as mulheres mais velhas apresentam o “padrão masculino” depois dos 60”, admite.

Estudos anteriores discordaram sobre se as mulheres são realmente melhores do que os homens a fazer mais do que uma tarefa ao mesmo tempo.

ZAP // ABr

PARTILHAR

RESPONDER

“Os Maias” vão deixar de ser de leitura obrigatória no Secundário

Já a partir de setembro, os "Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", obras de Eça de Queirós, deixam de ser leituras obrigatórias no Ensino Secundário. Agora, cabe aos alunos em conjunto com os seus …

23 ex-gestores do BPN recebem carros topo de gama do Estado

A Parvalorem atribuiu a um grupo de altos quadros da empresa, ex-responsáveis do antigo BPN, 23 "viaturas familiares" topo de gama e várias regalias associadas como o pagamento do combustível até 300 euros por mês. O …

Preços praticados pela Airbnb não cumprem lei europeia

A plataforma Airbnb tem até ao final do mês de agosto para explicar os preços que pratica, dado que violam a legislação da União Europeia. A plataforma online de reserva de alojamento tem agora até ao …

Sarcófago negro encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, vai ser aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milénios. Os especialistas têm esperanças que o artefacto negro encontrado …

Vagas no Superior com aumento residual em ano de cortes em Lisboa e Porto

O concurso nacional de acesso ao Ensino Superior volta a registar um aumento de vagas, pelo terceiro ano consecutivo, ainda que residual e em ano de corte de vagas em Lisboa e Porto, por determinação …

A primavera chegou a Marte. E com ela, as misteriosas "aranhas marcianas"

A NASA publicou fotografias de um fenómeno peculiar avistado na superfície de Marte, que se assemelha com "aranhas". As imagens foram capturas na semana passada pela câmara HiRISE, instalada a bordo da nave espacial Mars …

As pessoas estão a ficar doentes após comerem salada do McDonald's

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald's, nos Estados Unidos. Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald's pode …

Descobertas 12 novas luas em torno de Júpiter

Cientistas nos Estados Unidos descobriram mais 12 luas em torno do planeta Júpiter, conjeturando que as suas órbitas opostas resultam de colisões entre outros corpos celestes maiores. Com a descoberta das luas, que foram vistas pela …

Há 3.500 anos, os egípcios já faziam cosméticos

Cientistas sintetizaram tintas e cosméticos com cerca de 3.500 anos, uma descoberta feita graças ao facto de a equipa ter desenvolvido uma nova técnica de datação de compostos carbonatados inorgânicos. Uma equipa de cientistas internacional sintetizou …

Encontrados restos de pão de há 14.400 anos na Jordânia

Um grupo de investigadores encontrou vestígios de pão, feito por caçadores-recoletores que viveram há 14.400 anos, quatro milhares de anos antes do surgimento da agricultura. Esta é a mais antiga prova da existência de pão …