Centros comerciais em risco de ter de devolver rendas a lojistas. Administrações assumem recurso à justiça

Em causa estão as rendas referentes aos meses compreendidos entre março e julho de 2020. Lei da retroatividade pode ser invocada mesmo por quem acordou redução do valor das rendas para esses meses.

Os lojistas que pagaram rendas entre março e julho de 2020 podem vir a ser ressarcidos desses valores. Estes poderão invocar a lei da retroatividade para pedir a devolução de rendas já pagas. Para já, o diploma ainda aguarda promulgação, mas os shoppings prometem levar a batalha pela inconstitucionalidade da medida até às últimas consequências.

Em causa está a aplicação da lei que determina o dia 13 de março como a data de entrada em vigor do regime que isenta as lojas do pagamento da componente fixa da renda.

António Sampaio de Mattos, presidente da Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC), confirma a hipótese e diz que “poderá ter interesse para os lojistas que não quiseram fazer acordos” .

Já para os arrendatários que assinaram acordos com os centros, “do ponto de vista financeiro, a lei não será vantajosa”, mas, “na prática, os lojistas poderão querer” beneficiar dela. “A questão teria de ser discutida do ponto de vista jurídico”, sublinha Sampaio de Mattos.

A lei, que resulta de uma proposta do PAN, foi aprovada pela Assembleia da República a 22 de dezembro, por um voto. O diploma aguarda pela promulgação do Presidente da República.

A isenção do pagamento de rendas fixas foi uma medida inscrita no Orçamento suplementar, que entrou em vigor a 25 de julho do ano passado. A medida gerou polémica de imediato, com os lojistas a reivindicarem a sua aplicação retroativa, para abranger o período em que as lojas estiveram encerradas. Por sua vez, os centros comerciais defenderam que a lei só deveria ser aplicada a partir do momento da sua publicação.

No entanto, a norma entretanto aprovada não colocará um ponto final na batalha dos centros comerciais pela declaração da sua inconstitucionalidade.

A APCC já fez um pedido ao Presidente da República para que o diploma seja enviado para o Tribunal Constitucional (TC) para fiscalização preventiva.

Caso Marcelo Rebelo de Sousa promulgue o diploma, “cada centro decidirá como agir”, adianta Sampaio de Mattos. O responsável diz-se “convencido” de que a “grande maioria” dos centros irá recorrer aos tribunais, com o intuito de tentar receber uma indemnização do Estado.

De acordo com o Jornal de Negócios, fonte oficial da Mundicenter, que gere os centros comerciais Amoreiras e o Braga Parque, garante que “usará de todos os meios ao seu dispor, incluindo o recurso à Justiça, para ser ressarcida dos prejuízos causados pela aplicação desta lei”.

Ana Moura, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

NASA vai construir telescópio espacial capaz de detetar asteroides ameaçadores

A NASA aprovou a produção de um telescópio espacial infravermelho para detetar asteroides que possam representar uma ameaça para a Terra. A agência está a desenvolver o telescópio espacial Near-Earth Object Surveyor - ou NEO Surveyor …

Muco marinho na costa da Turquia ameaça ecossistemas. E é só a ponta do icebergue

Esta semana, a Turquia lançou a maior limpeza marítima da sua história para fazer face à proliferação sem precedentes de muco marinho no Mar de Mármara, um sintoma de um problema ambiental muito maior. Debaixo das …

Fotografia da Rainha Isabel II removida da Universidade de Oxford devido à "história colonial"

Um grupo de estudantes da Universidade de Oxford removeu uma fotografia da Rainha Isabel II da sua área comum devido aos seus laços com a “história colonial”. A atitude gerou uma onda de controvérsia. A imprensa …

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …