“Sustentados em notícias de jornal”. Centeno revolta pais de crianças do IPO

António Cotrim / Lusa

Os pais das crianças em tratamento com quimioterapia que foram fotografados nos corredores do Hospital de São João, no Porto, estão revoltados com as palavras do ministro das Finanças, Mário Centeno, que recusou “participar em debates sustentados em notícias de jornal”.

O porta-voz dos pais das crianças internadas ou em tratamento oncológico no Hospital de São João manifestou-se “indignado” com as declarações de Mário Centeno, que recusou “participar em debates sustentados em notícias de jornal que não correspondem à verdade”.

Questionado no Parlamento sobre as condições existentes na ala pediátrica de oncologia da unidade hospitalar, o ministro das Finanças optou por criticar “as notícias de jornal que não correspondem à verdade e que deturpam, utilizando fotografias de crianças, a verdade daquilo que se passa no São João”.

“Se continuamos a debater questões com esta relevância, com base em fotografias com legendas erradas não estamos a fazer um bom serviço aos cuidados pediátricos e à nação”, justificou Mário Centeno.

Em declarações ao Jornal de Notícias, Jorge Pires, porta-voz dos pais das crianças, mostra-se indignado e diz quequem não falou a verdade foram os ministros, tanto o das Finanças como o da Saúde, que convido a visitar a unidade hospitalar como utentes para perceberem o que lá se passa e como são tratados os nossos filhos”.

“Foi com base em fotografias verdadeiras publicadas no JN que o caso foi denunciado e a situação como as crianças são tratadas melhorada”, acrescenta Jorge Pires.

No passado mês de abril, três famílias de crianças com cancro infantil denunciaram as condições em que os filhos estão a ser tratados no Hospital de São João, no Porto, onde são sujeitos a sessões de quimioterapia nos corredores da unidade hospitalar.

“As crianças acabam de fazer quimioterapia e têm de partilhar os elevadores com os caixotes de lixo. Além disso, os carrinhos de limpeza são colocados ao lado dos de comida”, contou na altura Jorge Pires, que dizia ter já enviado vários emails para a administração hospitalar.

(dr) Igor Martins / global Imagens

Criança em tratamento oncológico no corredor do HSJ. Uma das “fotografias com legenda errada” que, diz Mário Centeno, o JN publicou

Patrícia Ferraz, mãe de uma outra criança com doença oncológica, diz que quando os menores precisam de ser internados chegam a esperar quatro e cinco horas por uma ambulância “sem condições higiénicas” que os leve até ao Joãozinho, um percurso que se faz “em apenas alguns minutos”.

Outra mãe, Marlene Pinho, refere que se a situação na zona de quimioterapia no ambulatório “é caótica”, quando é preciso internar as crianças a situação é mil vezes mais grave. “Não se admite que as crianças em isolamento tenham quartos com buracos nas paredes.”

O presidente do Hospital de São João, António Oliveira e Silva, admitiu então que as condições do atendimento pediátrico são “indignas” e “miseráveis”, lamentando que a verba para a construção da nova unidade ainda não tenha sido desbloqueada.

Obras prometidas, mas entretanto adiadas para serem concretizadas até ao final da legislatura, acerca das quais Mário Centeno apenas referiu que “este investimento está a ser trabalhado, está a ser planeado, é um investimento de grande dimensão“.

Entretanto, realça Jorge Pires ao JN, o internamento ficou nos contentores. “Quando não há camas disponíveis, as crianças doentes são encaminhadas ou para a oncologia no corpo do edifício hospitalar ou para a pediatria normal”.

E como um mal nunca vem só, lamenta o porta-voz dos pais das crianças, o bloco operatório esteve no dia da inauguração fechado devido a uma praga de moscas“.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. São situações completamente absurdas a que temos vindo a assistir.
    Um (des)governo que se diz de esquerda, cujo primeiro ministro foi crítico acérrimo da contenção do seu antecessor, que desbaratou recursos por caprichos políticos no início da legislatura e que agora se vê a braços com a impossibilidade de dar resposta às questões mais elementares da nossa sociedade, chegando mesmo a assumir, abusivamente, compromissos que sabe de antemão não poder cumprir, parece-me de uma extrema falta de carácter.
    Temos vindo a assistir a uma bandalheira sem precedentes, a qual, diariamente, se vai agravando, comprometendo seriamente a onda de confiança económica a que assistimos durante um muito curto espaço de tempo.

  2. Mario Centeno Ministro das Finanças e Presidente do Eurogrupo !!!
    Aí estão “…notícias de jornal que não correspondem à verdade”, substanciadas com fotografias com legendas erradas.
    Será mais Carrasco das Finanças e ‘Padrone’ da Máfia FInanceira Europeia !!!!!

  3. a herança que o desgoverno d’empurrão Catherine deneuve/passarão deixaram e da qual se desculpam com a troika sabendo nós que o lema era ir para além da troika e que deu como resultado um país destruído, dá apesar dos esforços de reparação da destruição a continuação do que já se tinha visto no tempo em que eles reinaram. queixam-se que fecharam camas na MAC já ninguém se lembra que o desgoverno de empurrão quis fechá-la toda, faltam enfermeiros devido à mudança das 35h para as 40h, esqueceram que o desgoverno de empurrão fechou camas e despediu enfermeiros que migraram (sugeriam-lhe que deixassem a zona de conforto porque já não havia empregos para a vida, foi também quando o relvas apresentou ao país os famosos empreendedores) estas e muitas outras incompetências bárbaras praticadas por esses bandidos estão aí para durar. Reclamem mais que que tem toda a razão, vocês é que legitimaram tudo isso ao votar neles.

  4. Pouco a pouco o país vai percebendo onde irá esbarrar de novo ao se ter caído na tentação de abrir os cordões à bolsa sem que primeiro se garantisse a matéria prima para tal, o governo ao embarcar em ilusões extremistas por ganância de poder dá-nos agora a oportunidade de nos apercebermos de que afinal começa a faltar dinheiro para muita coisa e sobretudo onde mais falta faz casos da saúde, educação entre outras.

  5. Quando tenho dinheiro guardado para algo importante mas adio o gasto é porque ponho a hipótese de o gastar noutra coisa, ou então quero iludir os outros fazendo-os pensar que tenho mais do que na realidade. São assim as cativações e os milagres dos deficits…

  6. Mais um idiota que faz parte de um governo de idiotas que governam esta geringonça e AINDA POR CIMA nem ganharam as eleições, formaram uma geringonça sem que o povo podesse dizer que não…educação esquecam la isso, saude…caus a vista…incêndios vao ficar para a historia…financas enquanto o mialheiro da troica juntou….a geringonça gasta…

  7. Centeno, desde que começou a aquecer as nalgas no cadeirão do Presidente do Eurogrupa, começou a fazer, por encomenda, o trabalho sujo que Junkuer e Merkel, para defenderem a sua reputação, já não querem fazer. Centeno é pois um lacaio dos interesses dos mais poderosos dirigentes desta Europa, que foi construída para beneficiar as economias da Alemanha e da França.

RESPONDER

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …

Défice português “desaparece” em 2020, mas é preciso mais

O défice público de Portugal deve cair para 0,2% do PIB em 2019, como prevê o Governo, e em 2020 deve “desaparecer”, transformando-se num excedente de 0,1% do PIB, defende a OCDE. A organização dos países …