/

Células estaminais usadas para tratar doenças incuráveis

1

Cientistas dos Estados Unidos estão a usar células estaminais extraídas da pele para tratar doenças incuráveis.

Um grupo de cientistas da Universidade do Colorado alcançou resultados positivos numa experiência com células estaminais extraídas da pele e que têm “o potencial” de tratar com sucesso doenças até agora incuráveis.

Os cientistas reprogramaram “células adultas”, saudáveis ou doentes, em células estaminais pluripotentes (iPSC, em inglês), o que traz esperanças no tratamento de graves doenças e dá base ao início de futuras provas clínicas.

Segundo apontou à EFE Ganna Bilousova, do Centro Gates de Medicina Regenerativa, do campus médico Anschutz da Universidade do Colorado, e uma das responsáveis da investigação, os testes feitos permitiram resolver a ineficácia registada até à data relativamente à criação de células mãe a partir de células adultas.

Bilousova precisou que na atualidade, em cada 1.000 células adultas “só uma ou duas chegam a ser iPSC”, as quais foram descobertas por Shinya Yamanaka em 2006 e que posteriormente lhe trouxeram o prémio Nobel de Medicina.

  // EFE

1 Comment

  1. Afinal a ONU, pouco ou nada faz diante das violações a que as mulheres sírias são sujeitas, em troca de ajuda humanitária. Onde está a ONU no Médio Oriente? E o Secretário Geral da ONU o que faz, para se tentar acabar com esse flagelo? Sexo em troca de comida ou de simples pedaços de sabão! Que miséria a que ninguém consegue pôr cobro!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE