Células estaminais usadas para tratar doenças incuráveis

Cientistas dos Estados Unidos estão a usar células estaminais extraídas da pele para tratar doenças incuráveis.

Um grupo de cientistas da Universidade do Colorado alcançou resultados positivos numa experiência com células estaminais extraídas da pele e que têm “o potencial” de tratar com sucesso doenças até agora incuráveis.

Os cientistas reprogramaram “células adultas”, saudáveis ou doentes, em células estaminais pluripotentes (iPSC, em inglês), o que traz esperanças no tratamento de graves doenças e dá base ao início de futuras provas clínicas.

Segundo apontou à EFE Ganna Bilousova, do Centro Gates de Medicina Regenerativa, do campus médico Anschutz da Universidade do Colorado, e uma das responsáveis da investigação, os testes feitos permitiram resolver a ineficácia registada até à data relativamente à criação de células mãe a partir de células adultas.

Bilousova precisou que na atualidade, em cada 1.000 células adultas “só uma ou duas chegam a ser iPSC”, as quais foram descobertas por Shinya Yamanaka em 2006 e que posteriormente lhe trouxeram o prémio Nobel de Medicina.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Afinal a ONU, pouco ou nada faz diante das violações a que as mulheres sírias são sujeitas, em troca de ajuda humanitária. Onde está a ONU no Médio Oriente? E o Secretário Geral da ONU o que faz, para se tentar acabar com esse flagelo? Sexo em troca de comida ou de simples pedaços de sabão! Que miséria a que ninguém consegue pôr cobro!

RESPONDER

Benfica, FC Porto e Sporting têm dívida superior a mil milhões de euros

No total, Benfica, FC Porto e Sporting terminaram a época passada com um passivo de 1,118 mil milhões de euros — menos 27 milhões de euros comparativamente à temporada de 2017/18. Os "três grandes" do futebol …

Tribunal de Contas chumba contrato para manter cabines telefónicas

O Tribunal de Contas chumbou o acordo do Governo com a Meo para prolongar o contrato que mantém a funcionar as 8.222 cabines telefónicas no país. A extensão do contrato custaria 2,5 milhões de euros ao …

Vaiado em Boticas, Galamba diz que foi obrigado a dar concessão de exploração de lítio

Depois de ter sido recebido com protestos em Boticas, devido à exploração do lítio, o secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, assegurou que o Governo foi obrigado a dar a concessão, em …

Juventus quer esquecer drama com Ronaldo, mas colegas esperam pedido de desculpas

A Juventus vai reunir-se com Cristiano Ronaldo para resolver a situação da forma mais pacífica possível. Os colegas de equipa esperam um pedido de desculpas do português. A novela de Cristiano Ronaldo no último jogo da …

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …