Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Stephane De Sakutin / AFP

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024.

Os trabalhos de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, que se iniciaram no dia seguinte ao incêndio, foram concluídos de acordo com o calendário definido, refere em comunicado a instituição pública responsável pela sua conservação.

A catedral está agora totalmente segura” após esta fase que incluiu o desmantelamento do andaime que estava instalado durante o incêndio, “a remoção do grande órgão, a limpeza dos locais de ensaio em duas capelas, a instalação de cabides de madeira sob os contrafortes voadores ou a clareira e triagem dos restos mortais e assegurar a travessia transepto”.

Ao mesmo tempo, “a fase de restauro foi ativamente preparada e está agora resolutamente em curso para lançar as primeiras obras de restauro neste inverno”, anunciou a instituição, citada pela agência Lusa.

No Facebook, a task-force Rebâtir Notre-Dame de Paris anunciou que a catedral estava num bom caminho para reabrir em 2024, cumprindo o ambicioso prazo de cinco anos do Presidente Emmanuel Macron para a abrir no mesmo ano em que Paris acolhe os Jogos Olímpicos de Verão.

Segundo o The New York Times, os trabalhos de reconstrução devem começar nos próximos meses. “Amigos de Notre-Dame de Paris“, uma organização que ajuda a restaurar a catedral, está à procura de doações para restaurar dezenas de gárgulas, estátuas e pinturas.

Na altura do incidente, que destruiu a joia da arquitetura gótica, foram recebidos vários donativos para o restauro vindos de todo o mundo, incluindo de algumas das famílias mais ricas da França.

A restauração também esteve envolta em alguma polémica, depois de ter desencadeado uma enxurrada de argumentos sobre o novo desenho da catedral. No ano passado, Macron abandonou a sua impopular ideia de construir uma espiral moderna no topo da catedral.

Os investigadores ainda não descobriram a causa do incêndio, mas concentram-se em duas teorias: um curto-circuito perto da espiral ou negligência por parte dos trabalhadores que efetuavam renovações no monumento, uma teoria alimentada pela descoberta de pontas de cigarro no andaime.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Método usa "capa de invisibilidade sonora" para fazer desaparecer objetos

Uma equipa de investigadores do Instituto de Geofísica de Zurique, na Suíça, desenvolveu um método que usa a acústica para ocultar objetos.  Quando ouvimos música, não ouvimos apenas as notas produzidas pelos instrumentos: estamos também imersos …

O planeta Vénus

Vénus já teve oceanos? De maneira nenhuma, dizem astrofísicos

Vénus já teve oceanos? Não, segundo o novo estudo de uma equipa de astrofísicos da Universidade de Genebra e da NCCR PlanetS, na Suíça. Nos últimos anos, vários estudos têm sugerido que Vénus pode já ter …

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …