Os casos de gripe em Portugal são praticamente nulos. Máscara, inverno tardio e vacina podem estar a ajudar

A possibilidade de a covid-19 e a gripe andarem de “mãos dadas” era uma das principais preocupações dos especialistas para este inverno — que ainda não começou. Contudo, a infeção respiratória que todos os anos afeta uma grande parte da população, em ano de pandemia, não está a ter praticamente nenhuma incidência.

De acordo com relatório do Instituto Nacional Ricardo Jorge (INSA) ao qual o JN teve acesso, a incidência de casos de gripe em Portugal é praticamente nula, sendo que é tão baixa que o documento cita que a curva de casos não chegou a movimentar-se.

O documento sugere que os números tão baixos que não fizeram a taxa de incidência sair da chamada “zona basal”, ou seja, aquela em que é considerado que há ausência de atividade gripal.

Embora isto esteja a acontecer, os especialistas pedem para a população não baixar a guarda e recordam que todos os cuidados devem ser tidos, tais como o uso de máscara e a regular desinfeção das mãos – medidas de prevenção para a transmissão do SARS-CoV-2, mas que também ajudam a combater a gripe e outros vírus respiratórios.

Por esta razão, já são muitos os especialistas de saúde pública que têm pedido uma reflexão sobre o uso futuro de máscara em determinados grupos na próxima época.

O pneumologista Filipe Froes recorda ao JN que a prática já é executada em determinados países do Oriente, e em vários contextos, como é o caso do escolar, por exemplo. O especialista realça que os ganhos são múltiplos, a começar pela diminuição da transmissão do vírus na comunidade. Havendo menos influenza a circular, a pressão sobre os hospitais será menor, o que depois se poderia também refletir com um impacto positivo na pneumonia.

A redução da atividade gripal, diz Filipe Froes, já era de alguma forma esperada, tendo em conta o que aconteceu no Inverno do hemisfério sul. Além de salientar a possibilidade de um “início de atividade gripal mais à frente no tempo”, destaca outros fatores que podem explicar o baixo registo de casos de gripe e um eventual pico mais tardio, como é o caso do tempo, pois “as temperaturas mais baixas só se começaram a registar agora”.

A especialista Cátia Caneiras destaca também o efeito da vacina da gripe neste contexto. “Pelo segundo ano consecutivo temos uma vacina tetravalente, que garante maior abrangência dos serotipos em circulação. Já na época gripal 2019/20, comparativamente com a época anterior, tivemos uma intensidade mais baixa”, explica ao Público.

Este ano, a vacinação foi dividida em duas fases, a primeira que deu prioridade aos idosos em lares e aos profissionais de saúde.

AMM // ZAP

PARTILHAR

32 COMENTÁRIOS

  1. Já aqui tinha dito, penso que maio ou junho, que este inverno seria muito provavelmente o inverno com menor número de casos de gripe da história de Portugal. Efetivamente, todos os cuidados para o CORONAVÍRUS servem igualmente para a gripe. E este facto já ocorreu no hemisfério sul que já passaram o inverno.

  2. Sabe-se lá se não estão a confundir a gripe com o Covid-19… hoje em dia, tudo vale para construir uma imagem positiva de um país com:
    a) péssimos cuidados de saúde;
    b) péssimos acessos a cuidados de saúde;
    c) zero governantes no trono;
    d) fama de pobre e de rico ao mesmo tempo.

  3. Só se for por a vacina da gripe não estar a ser dada, pq nos outros anos em que era dada os casos eram muito mais.
    Ou assim a propaganda oficial o diz

    • Ai Joaquim, Joaquim! O amigo anda mesmo distraído. Então não viu o que se passou no Inverno no hemisfério sul?!! Países como a Austrália, África do Sul, Brasil… registaram o menor número de casos de gripe de sempre!!! É fácil compreender os motivos. As pessoas estão a usar máscara, a desinfetar as mãos, a evitar ambientes fechados com muitas pessoas…
      Um conselho: não perca tempo com as teorias da conspiração da treta. A sua cabeça dá para mais. Use-a!

      • Então, segundo a tua lógica fazer essas coisas todas resulta para controlar todas as doenças menos o coronavirus. Realmente és uma pessoa muito dotada de fazer 2 + 2

        • Tu começaste por aí, “O Camões”. Não julgues… se procedeste da mesma maneira, se passaste pela mesma coisa. 🙁

      • Bem, confesso que fiquei estupefacto com os comentário do zarolho e do zemanel. Não acreditam que assim seja?!!! Até já está provado pela comunidade científica!!!
        Decididamente têm de ler mais e ver menos bola. Procurem estimular os neurónios porque já vos restam poucos. Boa sorte nessa tarefa!
        Há gente mesmo muito limitada… e assim vai o país…

        • Não sei como estimula os seus neurónios mas não deve funcionar muito bem.
          Experimente ler livros de história, o que há mais são casos onde a “comunidade científica” chega a conclusões para depois mudar de opiniões ao fim de X tempo.
          Vá, tenha umas boas festas e não se esqueça de ir a uma biblioteca perto de si. E já agora desligue a televisão.

          • Caro zemanel. O que eles referem está certo. Já se verificou nos países que tiveram o inverno durante o período de pandemia. Não é difícil perceber o porquê. O vírus da gripe transmite-se praticamente da mesma forma que o vírus que promove a COVID 19. Assim, ao tomar medidas para a COVID 19 está necessariamente a reduzir a possibilidade de contágio pela gripe. É básico, meu caro!

  4. Por causa das vacinas?!
    Mas que vacinas?
    Aquelas que o a ministra e os outros garantiram que havia para todos e agora existe a conta gotas?!
    Tenham mas é vergonha…! Informem-se dobre a realidade existente nos centros de saúde e depois escrevam sobre o assunto.
    Se os responsáveis da Saúde fizerem outro tanto com as vacinas contra o Covid, então mais vale começarem a enterrar os portugueses desde já.

    • Mas qual conta gotas?
      99% das pessoas do grupo de risco foram vacinadas!
      A realidade dos centros de saúde não é o que passa nessa tua cabecinha alucinada!…

  5. Nao estao a confundir nada. Como aqui no EUA, tambem em Portugal, todos os virus, infecoes e mortes sao categorizadas como Covid 19. Todas as outras doencas foram erradicadas, so existe o Covid 19. Covid 19, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, esta tudo bem planeado.

  6. Tu também deves alinhar na equipa dos alucinados das conspirações. Pelo comentário, só pode mesmo. E essa do Manuel ter juízo LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLO
    Rebolei a rir com essa

RESPONDER

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …