Casa de 600 mil euros pode custar liderança do Podemos a Pablo Iglesias

GUE-NGL / Flickr

Pablo Iglesias, líder do partido espanhol Podemos

O líder do Podemos e a companheira, porta-voz do partido, poderão renunciar aos seus cargos de deputados devido à polémica compra de uma vivenda de 600 mil euros.

Segundo o Diário de Notícias, o líder do Podemos, Pablo Iglesias, está envolvido numa polémica, juntamente com a companheira e porta-voz do partido Irene Montero, devido à compra de uma vivenda de 600 mil euros no norte de Madrid.

Para pôr um ponto final no mal-estar que se originou dentro do partido, o líder de esquerda convocou um referendo. “Consideras que Pablo Iglesias e Irene Montero devem continuar à frente da secretaria-geral e do cargo de porta-voz parlamentar do Podemos?”, é a pergunta à qual devem responder os militantes do Podemos.

Caso ganhe o “não” na consulta interna, os dois renunciam ao cargo de deputados.

“Quando se questiona a credibilidade de alguém, essa pessoa não se pode esconder e precisa de dar a cara. Cabe aos militantes do Podemos decidirem se continuamos a ser dignos de manter as responsabilidades que temos ou se temos que nos demitir”, afirmou Iglesias numa conferência de imprensa, citado pelo DN.

Vários membros do Podemos consideram que comprar um chalé de luxo é uma afronta a tudo o que o partido defende. “O código de ética do Podemos não é uma formalidade. É um compromisso em viver como as pessoas de trabalho para que as possamos representar”, disse José María González, citado pelo Observador.

O casal, cuja relação se tornou pública no ano passado, está à espera de gémeos. Para já, vivem numa casa alugada e para comprar esta nova moradia, que inclui piscina e casa de hóspedes, pediram um empréstimo de 540 mil euros a 30 anos, devendo pagar uma prestação mensal a 1600 euros, escreve o jornal.

Num comunicado conjunto no Facebook, o casal garante que pode pagar a prestação graças ao salário que recebem e indicam que a entrada para a casa, assim como as obras, foram pagas com as poupanças de ambos, sendo que Irene teve ainda de pedir dinheiro emprestado aos pais. Já Iglesias, além do ordenado de deputado, também tem dois programas na televisão e recebe direitos de autor dos livros que escreveu.

A polémica adensou-se porque, em 2012, Iglesias publicou um comentário no Twitter a criticar o atual vice-presidente do Banco Central Europeu, Luis de Guindos, na altura ministro da Economia, por ter comprado uma casa do mesmo valor.

“Entregarias a política económica de um país a alguém que gasta 600 mil euros num apartamento de luxo?”, podia ler-se na rede social do líder do Podemos. Confrontada com esta situação pelos jornalistas no Congresso espanhol, a companheira respondeu que é diferente comprar uma casa para “empreender um projeto familiar” ou para “especular”.

No Facebook, até já foi criado um evento satírico, chamado “Churrasco na mansão do Pablo Iglesias e Irene Montero”, que supostamente acontece a 2 de junho, conta o jornal online.

De acordo com a euronews, o referendo interno começa esta terça-feira, decorre até domingo e os resultados serão conhecidos na próxima segunda-feira.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Que raio é que uma coisa tem a ver com outra ? Uma casa de 600K€ é sinal de infidelidade ao partido ?
    Se tem rendimentos que lhe pague o credito e ainda por cima à espera de 2 filhos qual é o problema ?
    Será que aqueles que levantam este auto também não terão telhados de vidro ? Será mesmo ?
    Isto vai de mal a pior ! Todos tem de viver em barracas para dar o exemplo.

  2. Caros “Pois” e “Pedro”… andais ambos distraídos. Então queiram lá ver que em Espanha consegue alguém pagar apenas 1600 euros por mês e num prazo de 30 anos para um empréstimo de 540 mil euros??? Ser espanhol é que vale a pena, ou então esta notícia tem aqui algo que não bate certo…

  3. parece que o dinheirinho dos camardas da Venezuela anda a ser bem aproveitado…por alguns, os chefes…lol

    esperemos que agora com uma boa casa e presumo que espaçosa possam convidar uns quantos amigos do médio oriente aos quais abriram as portas do país, podendo agora tb abrir a dele.

    artigos recomendados:

    “Pablo Iglesias “encheu os bolsos” com dinheiro da Venezuela e do Irão, acusa jornalista”
    “Venezuela ajudou com €7 milhões à criação do Podemos”
    “Venezuela financiou criação do Podemos: diz ex-ministro de Chávez”

RESPONDER

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …

IL rejeita Marcelo Rebelo de Sousa e aposta em Adolfo Mesquita Nunes

O Iniciativa Liberal (IL) não vai apoiar a eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Para o partido, um dos nomes em cima da mesa para as Presidenciais é "fácil" e só depende da "vontade …

Comissão Europeia "otimista" na rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar "razoavelmente otimista" sobre uma "rápida recuperação" económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país "controlou" a pandemia beneficiará a retoma do …

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …