Já podem ser publicadas as 27 cartas que podem tirar o trono ao Príncipe Carlos

(dr) Clarence House

Carlos, Príncipe de Gales

O Supremo Tribunal do Reino Unido deu o aval à publicação de 27 cartas do Príncipe Carlos, dirigidas ao governo, que podem, segundo alguns, custar-lhe a subida ao trono.

Após uma batalha judicial de mais de uma década, especialmente movida pelo jornal The Guardian, a mais alta instância judicial britânica decidiu que a correspondência secreta entre o Príncipe Carlos e sete ministérios pode ser publicada.

A preocupação em torno destas cartas prende-se com o facto de a imagem de neutralidade do Príncipe, que é vista como essencial para ele poder ser o próximo Rei de Inglaterra, poder ser negativamente afectada.

As 27 cartas terão sido enviadas entre Setembro de 2004 e Abril de 2005, durante o governo do primeiro-ministro Tony Blair, e nelas o Príncipe Carlos assumirá algumas posições que poderão ser vistas como críticas face às políticas encetadas na altura.

Um antigo Procurador do Ministério Público, citado pela BBC, terá sublinhado que as cartas são “particularmente francas” e esta fonte refere que estão cheias de “sublinhados e pontos de exclamação”.

O porta-voz da Casa Real britânica já veio salientar que é “decepcionante que o princípio da privacidade” não tenha sido valorizado, transcreve a BBC.

O próprio primeiro-ministro David Cameron manifestou-se decepcionado com a decisão, relevando o “princípio” de que a Família Real deve poder expressar as suas opiniões ao Governo “confidencialmente”.

No entanto, para o editor do The Guardian, Alan Rusbridger, a decisão do Supremo Tribunal é vista como essencial para “a transparência do governo” e reflexo de “um sistema judicial totalmente independente” e promotor de “uma imprensa livre”, cita a BBC.

“O governo gastou centenas e milhares de libras a tentar encobrir estas cartas, admitindo que a sua publicação ‘danificaria seriamente’ a percepção da neutralidade política do Príncipe. Agora, têm que as publicar para que o público faça o seu julgamento”, afirma Alan Rusbridger.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Protestos continuam em Londres. Ativistas invadem centro financeiro

Centenas de ativistas pelo clima do grupo Extinction Rebellion invadiram esta segunda-feira o centro financeiro de Londres para manifestarem repúdio por as grandes corporações financiarem os combustíveis fósseis. Muitos manifestantes, protegidos da intensa chuva com lonas …

"Tenho muitas dívidas, muito financiamento por pagar"

Isabel dos Santos explicou em entrevista à Lusa a origem dos seus investimentos, salientando serem totalmente privados, o que a levou a criar muitas dívidas. Disse ainda que os empresários têm dificuldade em trabalhar e …

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …

Professores regressam à greve ao trabalho extraordinário

A paralisação poderá comprometer as avaliações intercalares dos alunos, alertam os sindicatos que pedem o cumprimento do horário de 35 horas semanais. A greve dos professores ao trabalho extraordinário regressa esta segunda-feira às escolas, sem data …

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …