Desvendado o primeiro carro de corrida voador. Chama-se Airspeeder Mk3, é elétrico e pesa 100 kg

A Alauda Aeronautics acaba de revelar a sua mais recente aposta: um carro de corrida voador elétrico em tamanho real e totalmente funcional – o Airspeeder Mk3. 

A empresa australiana Alauda Aeronautics apresentou o seu mais recente carro de corrida voador. O Airspeeder Mk3 é um “veículo elétrico de descolagem e aterragem vertical operado remotamente” (eVTOL) e já está pronto para correr este ano.

Segundo o New Atlas, apesar de ter espaço na sua cabine, o veículo é controlado remotamente. A decisão da startup parece ter sido tomada por motivos de segurança relacionados com os possíveis riscos dos testes iniciais.

Ainda assim, a empresa já confirmou estar a trabalhar num novo modelo capaz de transportar seres humanos, o Airspeeder Mk4.

“A revelação do primeiro carro elétrico voador de corrida é um marco no desabrochar da revolução de mobilidade“, afirmou o fundador da Alauda, Matthew Pearson.



“É a competição que impulsiona o progresso e a nossa competição está a acelerar a chegada de tecnologia que transformará os transportes de passageiros, logística e mesmo mobilidade aérea avançada para aplicações médicas. As primeiras corridas de carros elétricos voadores do mundo terão lugar este ano e serão o desporto automóvel mais entusiasmante e progressivo do planeta”, acrescentou.

O Mk3 atinge os 100 km/h em apenas 2,3 segundos graças ao peso extremamente baixo da sua fuselagem, feita de fibra de carbono, com apenas 100 kg. A bateria potente de 96 kW tem suporte para trocas rápidas em pit-stops, tal como acontece nas corridas de Fórmula 1.

“Por exemplo, para percursos que exigem mais manobras, mas menos velocidade em linha reta, uma bateria mais leve pode ser facilmente selecionada para oferecer mais manobrabilidade ao custo de potência bruta ou resistência”, adianta a empresa.

Sem asas ou apêndices aerodinâmicos, o Mk3 conta com rotores no lugar das rodas, que permitem levantar voo e aterrar verticalmente e acelerar a 120 km/h. Segundo a fabricante, os oito rotores dispostos em X trazem vantagens em matéria de manobrabilidade e estabilidade.

Para adicionar alguma dinâmica visual dramática, estes “pássaros” serão capazes de voar próximos uns dos outros graças à inclusão de sistemas anti-colisão baseados em radar e sensores LiDAR.

As datas das corridas da série Airspeeder Mk3 ainda não foram anunciadas – mas são aguardadas com muita expectativa. Já em relação ao Airspeeder Mk4, a Alauda espera que o veículo seja introduzido em 2022.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

De olhos postos em Almada e com a aposta em Joana Mortágua, o Bloco volta a prometer passes a 20 euros

Em campanha em Almada com Joana Mortágua, a habitação e os passes sociais foram os temas em cima da mesa do Bloco de Esquerda. Depois de andar em campanha no Norte, o Bloco de Esquerda foi …

Brasil, EUA e Canadá. TAP prevê aumento de voos entre outubro e março

A TAP já está de olhos postos em novos voos para recuperar a sua operação no segundo semestre do ano e no inverno IATA – entre outubro e março. A empresa “espera progressos em termos de …

Vulcão, La Palma

Uma tragédia anunciada em Janeiro. Cinzas do vulcão de La Palma a caminho de Portugal

A lava do vulcão Cumbre Vieja continua a cobrir La Palma, nas Canárias, e já destruiu mais de 300 casas. Enquanto as cinzas vulcânicas se estão a deslocar para a Península Ibérica, surge a notícia …

Líder parlamentar do BE diz que Costa "transformou eleições numa caricatura"

O líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, afirmou na quarta-feira que António Costa transformou as eleições autárquicas de 26 de setembro numa “caricatura”, considerando que o primeiro-ministro “vai a todo o lado prometer tudo”. O …

Estalou o verniz entre a UEFA e a FIFA. Órgão Europeu critica Mundial a cada dois anos e admite boicote

A UEFA aponta vários riscos associados ao aumento da frequência do Mundial, como a perda de importância dos torneios femininos e juvenis, o impacto no calendário das outras competições e os efeitos na saúde dos …

Centro de Cancro do Pâncreas Botton-Champalimaud

Novo Centro de Cancro do Pâncreas em Lisboa é único no mundo (e tem a bênção dos Reis de Espanha)

Inaugura, na próxima segunda-feira, o novo Centro de Cancro do Pâncreas Botton-Champalimaud que resulta de uma parceria entre a Fundação Champalimaud e o casal espanhol Maurizio e Charlotte Botton. Os Reis de Espanha vão marcar …

Fiat, Jeep e Alfa Romeu julgadas em Lisboa por suspeita de falsearem emissões

Três fabricantes de carros são acusadas de instalar mecanismo que esconde a emissão de gases acima do limite legal. O Tribunal Central Cível de Lisboa aceitou julgar uma ação popular intentada por uma associação europeia de …

Entre sorrisos e avisos sobre a Irlanda do Norte, Biden chuta para canto acordo comercial com o Reino Unido pós-Brexit

Um possível acordo comercial, a fronteira entre as duas Irlandas, a retirada do Afeganistão e as alterações climáticas foram alguns dos temas em cima da mesa na recepção de Boris Johnson na Casa Branca. Foi um …

UEFA duplica prémios do Europeu feminino

De oito para 16 milhões de euros. Prémio monetário bem diferente do Europeu anterior. A UEFA informou nesta quinta-feira que vai ser duplicado o total do prémio monetário para as selecções participantes no próximo Europeu feminino. O …

Número de animais abatidos continua a cair nos canis portugueses

É esperada uma estabilização do número de abates, dois anos após a entrada em vigor da legislação que regula o ato. Dois últimos anos foram marcados por quedas. Em 2020, foram abatidos em nos canis portugueses …