Desvendado o primeiro carro de corrida voador. Chama-se Airspeeder Mk3, é elétrico e pesa 100 kg

A Alauda Aeronautics acaba de revelar a sua mais recente aposta: um carro de corrida voador elétrico em tamanho real e totalmente funcional – o Airspeeder Mk3. 

A empresa australiana Alauda Aeronautics apresentou o seu mais recente carro de corrida voador. O Airspeeder Mk3 é um “veículo elétrico de descolagem e aterragem vertical operado remotamente” (eVTOL) e já está pronto para correr este ano.

Segundo o New Atlas, apesar de ter espaço na sua cabine, o veículo é controlado remotamente. A decisão da startup parece ter sido tomada por motivos de segurança relacionados com os possíveis riscos dos testes iniciais.

Ainda assim, a empresa já confirmou estar a trabalhar num novo modelo capaz de transportar seres humanos, o Airspeeder Mk4.

“A revelação do primeiro carro elétrico voador de corrida é um marco no desabrochar da revolução de mobilidade“, afirmou o fundador da Alauda, Matthew Pearson.

“É a competição que impulsiona o progresso e a nossa competição está a acelerar a chegada de tecnologia que transformará os transportes de passageiros, logística e mesmo mobilidade aérea avançada para aplicações médicas. As primeiras corridas de carros elétricos voadores do mundo terão lugar este ano e serão o desporto automóvel mais entusiasmante e progressivo do planeta”, acrescentou.

O Mk3 atinge os 100 km/h em apenas 2,3 segundos graças ao peso extremamente baixo da sua fuselagem, feita de fibra de carbono, com apenas 100 kg. A bateria potente de 96 kW tem suporte para trocas rápidas em pit-stops, tal como acontece nas corridas de Fórmula 1.

“Por exemplo, para percursos que exigem mais manobras, mas menos velocidade em linha reta, uma bateria mais leve pode ser facilmente selecionada para oferecer mais manobrabilidade ao custo de potência bruta ou resistência”, adianta a empresa.

Sem asas ou apêndices aerodinâmicos, o Mk3 conta com rotores no lugar das rodas, que permitem levantar voo e aterrar verticalmente e acelerar a 120 km/h. Segundo a fabricante, os oito rotores dispostos em X trazem vantagens em matéria de manobrabilidade e estabilidade.

Para adicionar alguma dinâmica visual dramática, estes “pássaros” serão capazes de voar próximos uns dos outros graças à inclusão de sistemas anti-colisão baseados em radar e sensores LiDAR.

As datas das corridas da série Airspeeder Mk3 ainda não foram anunciadas – mas são aguardadas com muita expectativa. Já em relação ao Airspeeder Mk4, a Alauda espera que o veículo seja introduzido em 2022.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arábia Saudita vai impor vacinação aos funcionários que queiram voltar ao local de trabalho

A Arábia Saudita quer alcançar a imunidade de grupo o quanto antes. Para aumentar os esforços de vacinação, foram abertos mais de 580 locais de vacinação no país. Além disso, os residentes já podem reservar …

Elon Musk revela que tem síndrome de Asperger

O empresário Elon Musk, de 49 anos, revelou este fim de semana, no Saturday Night Live (SNL), que tem síndrome de Asperger. Musk foi convidado para apresentar o Saturday Night Live - um papel cobiçado que …

Poeta birmanês terá morrido após ser torturado por militares. Aung San Suu Kyi comparece em tribunal

O poeta birmanês Khet Thi, conhecido pelo trabalho que incita à resistência contra a Junta Militar, morreu este fim de semana, enquanto estava detido. O seu corpo foi devolvido com os órgãos removidos. Segundo a esposa …

China injeta capitais para obter projeção mediática global, revela relatório

O Governo chinês tem tentado obter projeção mediática em órgãos de comunicação social de todo o mundo através da injeção de capitais, de acordo com um relatório da Federação Internacional de Jornalistas, que será divulgado …

Superliga. Juventus arrisca ser excluída da Serie A na próxima época

Se a Juventus continuar ainda a fazer parte da Superliga europeia no arranque da próxima temporada, não poderá competir na Serie A. A Juventus, clube no qual atua o português Cristiano Ronaldo, arrisca ser excluída do …

"Mataram Ihor Homeniuk", mas crime de homicídio cai. Inspetores do SEF condenados a 7 e 9 anos de prisão

Esta segunda-feira, o Tribunal Criminal de Lisboa condenou os inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) Luís Silva e Duarte Laja a nove anos de prisão e um terceiro elemento, Bruno Sousa, a sete …

Reino Unido desce nível de alerta. Governo espanhol apela à "responsabilidade"

No Reino Unido, quatro diretores gerais de Saúde defendem que o grau de alerta para a pandemia deve passar do nível 4 para o 3. Em Espanha, depois de as medidas restritivas terem sido aliviadas …

Primo da rainha Isabel II terá usado "estatuto real" para vender acesso ao Kremlin

Uma investigação do Sunday Times e Channel 4 revelou que o príncipe Michael de Kent estaria disposto a usar o seu estatuto real para lucro pessoal e fornecer acesso ao regime do presidente russo Vladimir …

Presidente da Câmara de Famalicão não vai voltar a ser candidato pelo PSD

Paulo Cunha reúne-se nesta segunda-feira com o coordenador autárquico nacional e secretário-geral do PSD, José Silvano, a quem vai comunicar a decisão de não se recandidatar a um terceiro mandato pela coligação PSD-CDS. O autarca já …

André Ventura julgado por chamar "bandidos" a família do Bairro da Jamaica. Mas voltaria a fazê-lo

Esta segunda-feira, André Ventura foi ouvido em tribunal devido ao processo movido pela família do Bairro da Jamaica a quem o líder do Chega apelidou de "bandidagem". André Ventura é réu num processo cível por ofensas …