Caos na British Airways foi provocado por funcionário que desligou a corrente

danielmennerich / Flickr

Avião Boeing 747-400 da British Airways estacionado no aeroporto de Heathrow, Londres

Avião Boeing 747-400 da British Airways estacionado no aeroporto de Heathrow, Londres

A falha informática que pode custar à British Airways cerca de 115 milhões de euros foi provocada por um erro humano. Um funcionário que fazia manutenção de rotina no sistema informático desligou a corrente de energia.

Durante o fim-de-semana passado, mais de 75 mil passageiros ficaram impedidos de viajar em voos da companhia aérea British Airways, depois de uma falha informática que levou ao cancelamento de cerca de 700 voos.

Sabe-se agora que essa falha geral nos computadores da empresa foi motivada por um erro humano de um trabalhador externo à companhia de aviação que estava a fazer a manutenção de rotina num data center da empresa.

O jornal The Sun avança que um trabalhador externo à empresa desligou sem querer o fornecimento de energia que dava suporte às máquinas de reserva, enquanto fazia a manutenção do sistema informático.

“Quando a potência foi transferida de volta para a fonte principal, o procedimento adequado não foi seguido. Foi comutada demasiado depressa, provocando um aumento de energia que colapsou todos os computadores da companhia“, acrescenta o tablóide.

A situação gerou o caos nos aeroportos de Heathrow e de Gatwick, em Londres, tornando impossível fazer o check-in online, controlar as bagagens ou até mesmo contactar os call centers da companhia.

A falha pode custar à companhia britânica cerca de 100 milhões de libras, ou seja, aproximadamente 115 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Muito simples a análise – o sistema devia impedir que isto ocorresse! Para dotar os sistemas com potencialidades que impeçam estas graves anomalias, não se pode estar à espera que elas aconteçam uma primeira vez. Há que realizar simulações para evitar que elas aconteçam ou para se criar planos B adequados se elas acontecerem mesmo assim.

  2. Esta noticia é quase de certeza falsa, eu não acredito que uma empresa desta dimensão fique assim por causa de falta de luz, se assim for, é mais fácil desligar a electricidade que colocar explosivos, arrangem uma desculpa melhor, ou melhor gestores.

    • Caro Nelson Trindade,
      O seu comentário é quase de certeza despropositado.
      Esta notícia foi dada pela generalidade dos órgãos de comunicação, e a British Airways não a desmentiu.
      Num mundo contaminado com notícias falsas maliciosamente fabricadas para distorcer a realidade, os jornalistas têm a responsabilidade de ter cuidado com as notícias o que escrevem.
      Tal como os leitores que as comentam.

      • Meu caro amigo sei que o Senhor não é ingénuo e sabe tão bem como eu hoje em dia os jornalistas não noticiam e investigam mas antes vendem notícias e não há noticia que se venda melhor que a desgraça, principalmente quando é causada por acidente por um David e afecta um Golias.Para o Golias também é muito bom porque tem desculpa para um erro. Por isso caro amigo hexistem milhares de órgãos informativos e cabe ao caro leitor pensar bem em qual acreditar. Não me parece que seja preciso grandes filosofias , pense apenas se e fiável pensar se uma empresa de milhões tinha este prejuízo simplesmente porque alguém desligar a electricidade. Não acredite em tudo que os jornalistas dizem e muito menos no que dizem as grandes empresas.

        • Caro Nelson, tem todo o direito de pensar por si e escolher aquilo em que acredita. A nossa objecção resume-se à “leveza” com que aponta a notícia como “de certeza falsa”.
          Mas permita-nos já agora, a propósito do tema, o seguinte comentário: a explicação de que uma empresa teve um problema que causou um prejuízo de 90 milhões porque um funcionário desligou a luz é tão surreal que só pode ser verdade.
          Antes de mais, porque o famoso princípio da Navalha de Occam nos diz que a explicação mais simples é normalmente a explicação certa.
          Mas principalmente porque, como disse um dia Napoleão Bonaparte, “não se deve atribuir à conspiração o que possa ser simplesmente explicado pela mera incompetência”.

          • Eu não falo em conspiração falo em logica, e como Napoleão também disse ” a primeira qualidade de um comandante é a cabeça fria. Não deve deixar se confundir quer por boas quer por más noticias. Isto é que dizer citações de Napoleão é fácil, tal como as noticias são muitas e para todos os gostos, eu, e talvez seja estranho na actualidade, prefiro pensar sobre elas.

RESPONDER

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …