“Canivete suíço genético” ganha um novo controlo on/off

A pesquisa liderada pela Caltech refinou a fórmula para ajudar a ferramenta a ampliar órgãos específicos, tecidos ou tipos de células.

A ferramenta CRISPR — família de sequências encontradas nos genomas de organismos procarióticos — está a desenvolver-se numa forma de editar os genes de bactérias, mamíferos, plantas, seres humanos e até répteis. É, por norma, chamado de “tesoura genética”, mas a nova melhoria transforma-a num “canivete suíço genético“.

O CRISPR contém duas partes principais: guiar as moléculas de RNA (ácido ribonucleico) que enviam a ferramenta para partes específicas do genoma e uma enzima que pode editar os genes naquele local específico. A enzima mais usada é o Cas9, mas outras variações estão a surgir, como Cas12a, Cas12b e CasX.

Por mais útil que seja o CRISPR, não é perfeito. Em vez de se concentrar na enzima, a equipa da Caltech fez melhorias no guia RNA. O problema que se propõem a resolver é que estas moléculas estão “sempre ativadas”. Isto significa que estas vão procurar o seu alvo, independentemente onde estiverem no organismo, o que pode ter como consequência mutações fora do alvo.

Um guia RNA (gRNA) envia a função de um CRISPR para um gene alvo, fornecendo uma plataforma programável versátil para a engenharia de diversos modos de regulação sintética (editar, silenciar, induzir, ligar), segundo a New Atlas.

No entanto, o facto de os gRNAs serem sempre ativos condiciona a capacidade de limitar a atividade do gRNA a um local e hora pretendidos. Para obter um controlo programável sobre a atividade do gRNA, os cientistas aplicaram princípios da nanotecnologia de RNA para projetar RNAs guia condicionais (cgRNAs).

Assim, os investigadores do novo estudo projetaram guias condicionais de RNA’s (cgRNAs) que são mais precisos e eficazes quando atingem seu objetivo. Os cgRNAs podem reagir à presença ou à ausência de um gatilho de RNA e, em seguida, tornam-se ativos ou inativos em resposta.

Na prática, isto significa que o CRISPR pode esperar até detetar certos biomarcadores numa célula — como os que indicam doenças — e então ativar ou silenciar um gene para ajudar a tratar essa doença. Como as células saudáveis não teriam esse biomarcador, os cgRNAs não seriam acionados lá, mantendo o tratamento direcionado.

A equipa de investigadores testou a técnica em bactérias e conseguiu demonstrar a lógica on/off e off/on. “Ainda há um longo caminho a percorrer para perceber a dinâmica do potencial da nanotecnologia de RNA para a engenharia de regulação condicional programável em organismos vivos”, explicou Niles Pierce, o principal autor do estudo.

No entanto, o investigador acrescentou que “os resultados com o CRISPR / Cas9 em células de bactérias e de mamíferos dão a prova que se pode vir a fornecer aos biólogos e médicos novas e poderosas ferramentas“. O estudo foi publicado na revista ACS Central Science.

DR, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …