A canela queima células de gordura e ajuda na perda de peso

A canela pode ser o segredo para perder peso, de acordo com investigadores da Universidade de Michigan que estudaram a forma como a especiaria interage com as células de gordura.

Segundo um novo estudo, o cinamaldeído, composto orgânico que dá à canela o seu sabor, faz com que as células de gordura queimem calorias para criar calor, um processo conhecido como termogénese. Esta capacidade de transformar a gordura em energia faz com que a substância ganhe importância na luta contra a obesidade.

O estudo, publicado na revista Metabolism, recorda que o cinamaldeído já mostrou ter um efeito anti-obesidade em ratos, inclusivamente na prevenção de hiperglicemia, que é um nível alto de açúcar no sangue. A nova pesquisa analisou agora com detalhe o mecanismo por trás dessa qualidade protectora na canela.

A equipa de investigadores tratou células de ratos e de gordura humana com cinamaldeído e descobriu que o composto fez com que as células de ambas as espécies apresentem genes e enzimas ligados à actividade metabólica.

O tecido humano analisado foi retirado de múltiplos dadores, com diferentes etnias e idades, e com uma variedade de IMC, índice de massa corporal.

Segundo uma nota da Universidade de Michigan, os antepassados dos humanos não tinham disponíveis muitos alimentos ricos em gordura, pelo que o seu organismo guardava gordura, que era armazenada para ser usada quando estava frio. Em muitos casos, hoje, no entanto, esse armazenamento de gordura tornou-se excessivo e desnecessário.

O novo estudo fornece “uma explicação para os efeitos anti-obesidade do cinamaldeído e os seus benefícios metabólicos em seres humanos”, diz o professor Jun Wu, investigador do Instituto de Ciências da Vida da Universidade de Michigan e autor do estudo.

“Dado o amplo uso da canela na indústria alimentar, a noção de que este popular aditivo alimentar pode activar a termogénese em vez de uma qualquer droga, pode conduzir a novas abordagens terapêuticas contra a obesidade – que sejam muito mais adoptadas pelos participantes”, acrescenta o cientista.

“A canela tem feito parte da nossa dieta há milhares de anos, e as pessoas geralmente gostam dela”, explica Jun Wu. “Então, se pode ajudar-nos a proteger contra a obesidade, também pode tornar mais fácil que os pacientes a adoptem”.

São ainda necessários adicionais para entender melhor os efeitos do cinamaldeído no corpo, incluindo possíveis efeitos negativos da ingestão excessiva, e para descobrir a melhor forma de o usar na luta contra a obesidade. Até lá, sempre com moderação, não dispense uns pozinhos de canela no seu arroz doce ou pastel de natas.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É uma descoberta interessante, mas os efeitos reais no organismo como um todo serão provavelmente insignificantes, pois é totalmente diferente analisar os efeitos numa célula isolada e num ser constituído por muitas células. Para além disso, o consumo necessário para que haja manifestação dos resultados (algo que ativa se está a estudar, como o a notícia referiu) poderá ser bastante diferente do que a pessoa irá realmente consumir.

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …