Candidatos a juízes do TC consideram que não há excesso de garantias na defesa dos arguidos

Lusa

Três dos candidatos a juízes do Tribunal Constitucional (TC) consideram que não é preciso cortar garantias na defesa dos arguidos para tornar a justiça mais célere, tal como defendeu o presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Ao contrário do que defendeu o presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Henrique Araújo, em entrevista ao Observador, três dos candidatos a juízes do Tribunal Constitucional (TC) não concordam com a tese de que há excesso de garantias na defesa dos arguidos.

“Penso que no processo penal não há excesso de garantias. É um processo até relativamente equitativo e deverá haver um equilíbrio entre o arguido e o Ministério Público. Não se pode ser prejudicado na qualidade de arguido e ter menos direitos ou hipóteses para a sua defesa”, declarou António José Ramos, juiz presidente do Tribunal Judicial da Comarca de Leiria, que foi proposto pelo PS para as eleições para o TC.

Também o professor universitário Afonso Patrão — um dos três nomes propostos pelo PSD para o TC — disse “não conceber um Estado de Direito” sem as garantias de presunção da inocência, sem garantias de defesa e sem o direito de o arguido ser representado por um advogado e com retroatividade da lei penal, apontando para as garantias de defesa previstas no artigo 32.º da Constituição, incluindo o recurso.

É manifestamente errado. A celeridade [da Justiça] consegue-se com base noutras formas e não à custa das garantias que já existem”, disse a conselheira no Supremo Tribunal Administrativo, Maria Benedita Urbano, também proposta pelo PSD para o TC, que considera que “não é a um juiz que cabe decidir se há excesso de garantias” na defesa.

Os três juízes, em audição na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, manifestaram-se assim contra a posição de Henrique Araújo, que defendeu que para se conseguir uma justiça mais rápida é “preciso cortar com o excesso de garantias de defesa dos arguidos“.

Cautela relativamente à eutanásia

Já em relação à eutanásia, os três candidatos a juízes do TC mostraram-se cautelosos e, de acordo com o jornal Expresso, um deles preferiu mesmo não responder sobre esta matéria quanto confrontado sobre o ‘chumbo’ da morte medicamente assistida.

“Sendo juiz estou sempre limitado a um conceito de não comprometimento e de não antecipação da decisão. Não é nada pessoal ou fugir a questões, tem que ver com a maneira como sou juiz e fui até hoje. Mais tarde poderei ter que decidir e pode-me pôr numa situação delicada”, invocou o candidato António José Ramos.

“Se eu vier a merecer o voto de confiança dos deputados e se tiver que me pronunciar sobre esta matéria, a posição sobre a respetiva constitucionalidade só pode ser tomada face a essas normas. Julgo que as preocupações que o TC, como outros tribunais na Europa levantam, são justamente aquelas que se colocam nesta matéria”, disse o professor de Direito na Faculdade de Coimbra, Afonso Patrão, admitindo que a resposta à pergunta era “naturalmente difícil”.

Maria Benedita Urbano considerou, por sua vez, que como está em causa o direito à vida, o TC apontou alguma indeterminação relativamente a conceitos utilizados na lei da morte medicamente assistida.

Para a conselheira no Supremo Tribunal Administrativo, não houve uma grande intervenção” do TC em termos de inconstitucionalidade”, sendo importante apenas nesta matéria que a lei seja o “mais específica possível”.

A eleição dos quatro juízes para o TC está agendada para esta quinta-feira, mas poderá também ser adiada também para a rentrée, uma vez que o PSD insistiu no nome de José Eduardo Figueiredo Dias como um dos candidatos para aquele órgão, depois de ter falhado a eleição em março.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos desenterram (acidentalmente) ossadas com 800 anos no Peru

Os restos mortais de oito pessoas, com aproximadamente 800 anos de idade e enterrados com alimentos e instrumentos musicais na mesma câmara funerária, foram encontrados ao sul de Lima, no Peru, durante a instalação de …

Marcelo apela ao voto "por memória deste ano e meio que não esqueceremos"

O Presidente da República considerou que votar nas eleições autárquicas é mais importante do que nunca para o país recomeçar a viver e a sair das crises sanitária, económica e social. Este apelo ao voto foi …

Onde e como? Um guia para votar nas eleições autárquicas

As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos. Nos Açores, as urnas abrem …

Ensino Superior: 33% dos candidatos ficaram de fora. Veja se ficou entre os colocados

Mais de 49 mil novos estudantes entraram agora para o ensino superior, tendo ficado sem colocação 33% dos candidatos à primeira fase do concurso nacional de acesso, revelam dados divulgados hoje pelo Ministério do Ensino …

Pessoas mais pobres são vistas como menos suscetíveis à dor

Um novo estudo indica que os indivíduos de classe baixa são estereotipados como insensíveis à dor física, o que pode impactar os seus cuidados médicos. “As estatísticas de saúde indicam que as pessoas ricas recebem um …

As crianças têm dez vezes mais micro-plásticos nas fezes do que os adultos

Uma equipa de cientistas da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, usou espectrometria de massa para medir os níveis de micro-plásticos compostos de policarbonato (PC) e de polietileno tereftalato (PET) presentes nas fezes crianças …

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …