Eurico Figueiredo em greve de fome porque o Estado lhe deve dinheiro

Eurico Figueiredo / Facebook

O professor catedrático jubilado da Universidade do Porto Eurico Figueiredo

O cabeça de lista do Partido da Terra (MPT) pelo Porto, o psiquiatra Eurico Figueiredo, histórico ex-dirigente do PS iniciou esta terça-feira uma greve de fome por alegadamente a Segurança Social lhe dever mais de três mil euros, resultante de uma penhora ilegal.

Em declarações aos jornalistas, em frente ao edifício da Segurança Social do Porto, o ex-deputado explicou que, há três anos, lhe foi penhorada a reforma por uma alegada dívida relacionada com o não pagamento das contribuições entre maio de 2005 e novembro de 2008, enquanto administrador de uma empresa vitivinícola.

Em outubro de 2014, a penhora foi considerada ilegítima, tendo sido o dinheiro desbloqueado pelos bancos, mas a Segurança Social ainda não lhe reembolsou os mais de três mil euros de dívida ao fisco, referiu o professor catedrático jubilado da Universidade do Porto (UP).

“Este é um Estado delinquente que quero denunciar e garantir que, se for eleito deputado, vou ser intransigente e transformar um Estado delinquente num Estado de bem”, afirmou.

Eurico Figueiredo salientou que a greve de fome vai ser feita em casa e não na praça pública para não cair no “ridículo” e devido à sua idade (76 anos) e “condição pessoal”.

“O protesto vai ser acompanhado por um médico, meu amigo pessoal, que quando vir que estou a correr riscos óbvios será forçado a hospitalizar-me. Diariamente, serão colocadas informações do meu estado de saúde na minha página pessoal do Facebook”, realçou.

Questionado sobre a duração da greve de fome, Eurico Figueiredo disse que irá durar até obter uma resposta do Estado.

“É preciso combater comportamentos do Estado, mais compatíveis com um Estado delinquente do que com uma pessoa de bem, que prejudicam muitos portugueses, sobretudo quando estes passam sérias dificuldades e deveriam encontrar no Estado um apoio efetivo e não algo que ainda dificulta mais a resolução dos problemas”, adiantou.

Eurico Figueiredo revelou que a Segurança Social lhe cortou o acesso ao gasóleo verde (mais barato para os produtores agrícolas) por não ter pago, durante dois meses, as contribuições relativas a dois trabalhadores da sua empresa.

Não fiz o pagamento por falta de dinheiro“, acrescentou.

O candidato do MPT afirmou que o partido apoia a sua greve, embora seja de carácter individual.

Em comunicado, o presidente do partido, José Inácio Faria, mostrou-se solidário com Eurico Figueiredo, afirmando reconhecer-lhe “a combatividade que marca o seu percurso de vida e a coragem para, através do seu caso, demonstrar a insensibilidade do Estado perante os cidadãos”.

Psiquiatra portuense, histórico oposicionista do antigo regime e dirigente do Partido Socialista, Eurico Figueiredo desvinculou-se do PS em Maio do ano passado “para poder passar a intervir sem compromissos”.

Foi um dos fundadores do PDR, o partido de Marinho e Pinto, de quem foi “braço direito” até junho deste ano, altura em que “divergências profundas”, atitudes “nojentas” e “propostas irresponsáveis” levaram o psiquiatra a afastar-se do partido.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Já é possível ouvir a Via Láctea. NASA transforma dados de corpos celestes em música

A NASA converteu dados de astronomia em sons, permitindo ouvir composições musicais derivadas da própria estrutura do Universo. Especialistas da NASA transformaram dados da Via Láctea em sons graças a um processo conhecido como sonificação. …

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …