Eurico Figueiredo em greve de fome porque o Estado lhe deve dinheiro

Eurico Figueiredo / Facebook

O professor catedrático jubilado da Universidade do Porto Eurico Figueiredo

O cabeça de lista do Partido da Terra (MPT) pelo Porto, o psiquiatra Eurico Figueiredo, histórico ex-dirigente do PS iniciou esta terça-feira uma greve de fome por alegadamente a Segurança Social lhe dever mais de três mil euros, resultante de uma penhora ilegal.

Em declarações aos jornalistas, em frente ao edifício da Segurança Social do Porto, o ex-deputado explicou que, há três anos, lhe foi penhorada a reforma por uma alegada dívida relacionada com o não pagamento das contribuições entre maio de 2005 e novembro de 2008, enquanto administrador de uma empresa vitivinícola.

Em outubro de 2014, a penhora foi considerada ilegítima, tendo sido o dinheiro desbloqueado pelos bancos, mas a Segurança Social ainda não lhe reembolsou os mais de três mil euros de dívida ao fisco, referiu o professor catedrático jubilado da Universidade do Porto (UP).

“Este é um Estado delinquente que quero denunciar e garantir que, se for eleito deputado, vou ser intransigente e transformar um Estado delinquente num Estado de bem”, afirmou.

Eurico Figueiredo salientou que a greve de fome vai ser feita em casa e não na praça pública para não cair no “ridículo” e devido à sua idade (76 anos) e “condição pessoal”.

“O protesto vai ser acompanhado por um médico, meu amigo pessoal, que quando vir que estou a correr riscos óbvios será forçado a hospitalizar-me. Diariamente, serão colocadas informações do meu estado de saúde na minha página pessoal do Facebook”, realçou.

Questionado sobre a duração da greve de fome, Eurico Figueiredo disse que irá durar até obter uma resposta do Estado.

“É preciso combater comportamentos do Estado, mais compatíveis com um Estado delinquente do que com uma pessoa de bem, que prejudicam muitos portugueses, sobretudo quando estes passam sérias dificuldades e deveriam encontrar no Estado um apoio efetivo e não algo que ainda dificulta mais a resolução dos problemas”, adiantou.

Eurico Figueiredo revelou que a Segurança Social lhe cortou o acesso ao gasóleo verde (mais barato para os produtores agrícolas) por não ter pago, durante dois meses, as contribuições relativas a dois trabalhadores da sua empresa.

Não fiz o pagamento por falta de dinheiro“, acrescentou.

O candidato do MPT afirmou que o partido apoia a sua greve, embora seja de carácter individual.

Em comunicado, o presidente do partido, José Inácio Faria, mostrou-se solidário com Eurico Figueiredo, afirmando reconhecer-lhe “a combatividade que marca o seu percurso de vida e a coragem para, através do seu caso, demonstrar a insensibilidade do Estado perante os cidadãos”.

Psiquiatra portuense, histórico oposicionista do antigo regime e dirigente do Partido Socialista, Eurico Figueiredo desvinculou-se do PS em Maio do ano passado “para poder passar a intervir sem compromissos”.

Foi um dos fundadores do PDR, o partido de Marinho e Pinto, de quem foi “braço direito” até junho deste ano, altura em que “divergências profundas”, atitudes “nojentas” e “propostas irresponsáveis” levaram o psiquiatra a afastar-se do partido.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …