Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

(dr) Air New Zealand

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano.

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand anunciou que está a estudar a hipótese de incluir camas na classe económica em alguns dos seus voos mais longos. A empresa chama as camas de “Economy Skynest”, que consistem em camas com dois metros de comprimento e 58 centímetros de largura.

No entanto, a Air New Zealand avisa que ainda pode demorar um ano até que esta possibilidade se torne uma realidade. A companhia aérea terá seis camas nos seus aviões: dois beliches com três camas cada. As camas serão equipadas com almofadas, lençóis, cobertores e até tampões para os ouvidos e uma cortina para conferir privacidade.

Alguns dos voos desta companhia podem durar até quase 18 horas, como por exemplo de Auckland até Nova Iorque, que tem uma duração de 17 horas e 40 minutos. É nestes casos que as camas “Skynest” podem revelar-se úteis.

“O conceito foi projetado como uma cápsula para a qual você vai durante o voo”, disse uma porta-voz da empresa, citada pelo jornal britânico The Guardian. “Você terá ainda o seu assento económico separadamente para a outra parte do voo”.

A Air New Zealand ainda não sabe quanto custará este serviço, mas pondera incluí-lo como algo adicional ao preço normal do bilhete.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Universidade do Minho não terá aulas presenciais até ao final do semestre

A Universidade do Minho anunciou esta segunda-feira que não deverá retomar as aulas presenciais neste semestre e que vai alagar o ano letivo até 27 de julhopara responder às dificuldades que possam surgir com a …

Ginásios não podem cobrar mensalidade total. É um dos setores "mais afetados negativamente"

O setor dos ginásios e 'fitness', que abrange mais de meio milhão de clientes em Portugal, será "dos mais afetados negativamente" devido à pandemia de Covid-19, explicou à agência Lusa o especialista em gestão de …

Messi confirma corte salarial de 70% no plantel do FC Barcelona (e deixa críticas à direção)

O internacional argentino Lionel Messi confirmou, através de um comunicado publicado na sua página de Instagram, que o plantel principal do FC Barcelona aceitou uma redução salarial de 70% face à pandemia da covid-19. "Pela …

Lay-off simplificado: 1400 empresas já pediram apoio, pagamentos a 28 de abril

A Segurança Social recebeu até esta segunda-feira cerca de 1.400 pedidos de empresas que pretendem aderir ao ‘lay-off’ simplificado e os primeiros pagamentos serão feitos em 28 de abril, disse a ministra do Trabalho. “Ao dia …

Coronavírus não se transmite por via aérea, volta a avisar OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou novamente no domingo para o facto de o coronavírus, responsável pela doença Covid-19, não se transmitir através do ar. "O coronavírus é sobretudo transmitido através de gotículas geradas quando …

Poluição do ar diminuiu mas o "mal já está feito"

A poluição do ar caiu drasticamente nas cidades do mundo, pelas restrições impostas para fazer face à covid-19, mas "o mal já está feito" para os doentes, alerta a Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA …

Há mais de 12.000 profissionais de saúde infetados em Espanha

Espanha tem 12.298 profissionais de saúde infetados com covid-19, estando a grande maioria - entre 85% e 90% - a ter "muito boa evolução" e a recuperar da doença em casa, revelaram esta segunda-feira fontes …

Infetado com covid-19 detido em Ovar por furar confinamento obrigatório

Um homem foi detido em Ovar por andar a circular na via pública apesar do confinamento obrigatório a que é sujeito por estar infetado com o vírus da Covid-19, revelou esta segunda-feira o comando distrital …

Príncipe Carlos saiu de quarentena. Está "de boa saúde"

O príncipe Carlos saiu esta segunda-feira de quarentena, após sete dias em isolamento por ter contraído covid-19, informou Clarence House, a residência oficial do herdeiro do trono. De acordo com o seu gabinete, o príncipe, de …

Já há datas para os Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão realizar-se entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, praticamente um ano depois das datas previstas, anunciou esta segunda-feira o presidente da comissão organizadora japonesa, Yoshiro Mori. Os Jogos …